Governo aprova voos entre países da UE, Espaço Schengen e Reino Unido

01-07-2020 (14h18)

Foto: Ross Parmly / Unsplash
Foto: Ross Parmly / Unsplash

O Governo aprovou novas medidas de tráfego aéreo para vigorarem entre 1 e 16 de Julho, permitindo voos com destino e a partir de Portugal para países da “União Europeia, Espaço Schengen e do Reino Unido”.

Em comunicado, o executivo anunciou ontem que “estas medidas têm em conta a Recomendação do Conselho da União Europeia”, cujo despacho prevê ainda a autorização de voos, a partir de 1 de Julho, com origem “em países com uma avaliação epidemiológica positiva” e “sob reserva de confirmação de reciprocidade”.

“Argélia, Canadá, Coreia do Sul, Marrocos, Tunísia e China” são os outros países autorizados, enquanto as restantes excepções “para viagens essenciais” contêm “voos com origem em países de expressão oficial portuguesa” e os Estados Unidos, mas do Brasil apenas serão admitidos voos provenientes e para São Paulo e Rio de Janeiro.

“Cidadãos nacionais da União Europeia, nacionais de Estados associados ao Espaço Schengen e membros das respectivas famílias, e nacionais de países terceiros com residência legal num Estado-Membro da União Europeia”, estão incluídos nas viagens consideradas essenciais.

Outros casos são as viagens de “nacionais de países terceiros em viagem por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias e de acordo com o princípio da reciprocidade”.

Os passageiros de voos provenientes dos países de língua oficial portuguesa e dos EUA têm de apresentar, no momento de partida, “comprovativo de teste à covid-19, com resultado negativo, realizado nas últimas 72 horas antes do embarque, sob pena de lhes ser recusada a entrada em território nacional”.

O documento refere ainda que o despacho é assinado pelos ministros de Estado e dos Negócios Estrangeiros, da Defesa Nacional, da Administração Interna, da Saúde e pelo secretário de Estado adjunto e das Comunicações.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Acidente com avião da Air India Express provocou pelo menos 16 mortos

08-08-2020 (09h18)

As autoridades indianas subiram para 16 o número de mortos no acidente com um avião da Air India Express à aterragem num aeroporto do Sul do país sob chuva torrencial.

Avião da Air India Express despenha-se ao aterrar no Sul da Índia e parte-se em dois

07-08-2020 (18h00)

Um avião comercial com 191 pessoas a bordo saiu hoje da pista e partiu-se em dois ao aterrar num aeroporto do Sul da Índia com chuva torrencial, indicaram as autoridades indianas e a imprensa local.

Aeroportos europeus perderam perto de 1.000 milhões de passageiros até ao fim de Julho

07-08-2020 (13h04)

Julho foi mais um mês de grande quebra de passageiros nos aeroportos europeus, informou hoje o Airports Council International (ACI), que avançou a estimativa de uma quebra de 208 milhões no mês, acrescentando que, dessa forma, desde o início do ano os aeroportos europeus estão com menos 969 milhões e passageiros que no período homólogo de 2019.

TAP requer teste molecular RT-PCR para viajantes do Brasil para Portugal

06-08-2020 (17h30)

A TAP Air Portugal, de acordo com o que foi determinado pelas autoridades portuguesas, requer um teste molecular RT-PCR à Covid-19 negativo a todos os viajantes do Brasil para Portugal.

TAAG recebe o primeiro de seis Dash 8-400 encomendados à Bombardier

06-08-2020 (15h57)

A TAAG - Linhas Aéreas de Angola recebeu a primeira de seis aeronaves Dash 8-400 encomendadas em 2018 à empresa canadiana Bombardier.

Opinião e Análise