IATA suspende Cabo Verde Airlines do BSP Portugal

22-04-2020 (17h38)

Foto: Cabo Verde Airlines
Foto: Cabo Verde Airlines

As agências de viagens credenciadas pela IATA em Portugal devem “suspender imediatamente todas as actividades de emissão de bilhetes em nome da Cabo Verde Airlines”, diz um documento da Associação a que o PressTUR teve acesso, no qual é comunicada a suspensão da companhia aérea cabo-verdiana do BSP Portugal.

A IATA informou os agentes de viagens do BSP (do inglês para Billing and Settlement Plan), que é o sistema da IATA para a regularização das vendas de voos pelas agências de viagens, que também devem suspender "o uso de quaisquer sistemas automatizados de processamento de reembolsos ou outras transações em nome da Cabo Verde Airlines".

Os agentes de viagens devem "parar de usar imediatamente o nome da Cabo Verde Airlines e seu código numérico como companhia aérea emissora de bilhetes", frisa o documento.

A IATA diz que "é necessário que todas as contas em aberto, incluindo vendas pendentes e reclamações de reembolso também pendentes, assim como quaisquer transações futuras, sejam liquidadas directamente com a Cabo Verde Airlines".

"Os valores totais a ser pagos por agentes de viagens do BSP em datas de remessa futuras não incluirão quaisquer valores devidos ou a ser recebidos pela Cabo Verde Airlines, entre eles quaisquer reembolsos efectiva ou possivelmente pendentes devidos pela Cabo Verde Airlines", acrescenta a Associação.

A IATA sublinha ainda que "nenhum reembolso pode ser deduzido ou transportado das contas pendentes, das vendas pendentes ou de qualquer transacção futura da Cabo Verde Airlines".

Uma informação no website da IATA indica que uma companhia aérea pode ser suspensa do BSP quando "interrompe as suas operações, temporária ou permanentemente, devido a razões financeiras ou outras, ou fica sujeita a falência, moratória da dívida, reorganização ou procedimentos relacionados, ou falha uma obrigação material do BSP".

A suspensão "significa que todas as transações são congeladas e a emissão de bilhetes não é possível por meio de agentes credenciados pela IATA".

 

Clique para ver mais: Cabo Verde Airlines

Clique para ver mais: BSP

Clique para ver mais: IATA

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo prevê injectar este ano mais 970 milhões de euros na TAP

16-04-2021 (16h24)

O Governo prevê injectar 970 milhões de euros na TAP este ano, uma medida classificada como temporária e cujo efeito nas contas públicas é revertido em 2022 e 2023, de acordo com o Programa de Estabilidade (PE) hoje conhecido.

Agências de viagens portuguesas atingem máximo de vendas de voos em BSP durante a pandemia

16-04-2021 (15h47)

As vendas de voos regulares pelas agências de viagens IATA portuguesas ascenderam em Março a 13,5 milhões de euros, que é um máximo em tempos de pandemia.

Portugal passa a permitir voos do Brasil e Reino Unido para viagens essenciais

16-04-2021 (15h27)

O Governo português anunciou que os voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido são permitidos a partir de hoje para viagens essenciais, mantendo-se as medidas restritivas do tráfego aéreo devido à pandemia de covid-19.

Iberia planeia quatro rotas regulares de/para Portugal este Verão

15-04-2021 (19h47)

A Iberia anunciou ao mercado a sua programação para este Verão, que inclui 112 rotas, quatro delas ligações regulares de e para Portugal e uma operação charter para Porto Santo.

Regresso de avião da Cabo Verde Airlines “marca a retoma dos voos” da companhia

15-04-2021 (13h41)

O Boeing 757 da Cabo Verde Airlines (CVA), "Baía do Tarrafal", regressou ao arquipélago, mais de um ano depois de ser colocado em situação de armazenamento no exterior, o que segundo o Governo “marca a retoma dos voos” da companhia de bandeira.

Opinião e Análise