LAM adia retoma dos voos entre Maputo e Lisboa

22-05-2020 (16h34)

Foto: Nils Nedel / Unsplash
Foto: Nils Nedel / Unsplash

A companhia de aviação LAM – Linhas Aéreas de Moçambique  adiou a retoma dos voos entre Maputo e Lisboa operados pela Hi Fly da família Mirpuri, que tinha previsto para o dia 2 de Junho, de Lisboa, para 2 de Julho, mas só tem disponíveis reservas a partir de 2 de Agosto.

O recomeço da ligações chegou a estar indicado para 31 de Março, mas logo em Fevereiro foi adiado para de Junho

O calendário da LAM prevê voos de Lisboa (TM703) aos Sábados às 16h25, às quintas, às 17h15, e às terças, às 17h40, com chegadas a Maputo sempre no dia seguinte, respectivamente às 3h50, às 4h40 e às 5h05.

Os voos de Maputo (TM704) são às quartas, pelas 13h25, e às sextas e segundas, pelas 21h00, com chegadas a Lisboa pelas 23h15 e pelas 6h45 do dia seguinte.

Os voos serão em Airbus A330.

Para ver mais clique:

LAM retoma ligações Maputo – Lisboa a 2 de Junho

LAM mantém para 2 de Junho início dos voos entre Lisboa e Maputo

 

Clique para mais notícias: Linhas Aéreas de Moçambique

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP informa mercado sobre acordo de princípio entre Estado e privados

03-07-2020 (19h02)

A TAP informou hoje o mercado, através de um comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), do acordo de princípio atingido esta quinta-feira à noite entre os privados e o Estado, para viabilizar a empresa.

Frasquilho avisa que próximos tempos na TAP serão difíceis, mas superados

03-07-2020 (18h57)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, alertou os trabalhadores numa mensagem a que o PressTUR teve acesso que os próximos tempos serão difíceis, mas serão superados “com alguns sacrifícios”.

Azul anuncia venda da participação na TAP ao Governo português

03-07-2020 (14h03)

A Azul anunciou hoje que chegou a acordo com o Governo português para vender a sua participação indirecta na TAP de 6%, por aproximadamente 65 milhões de reais (10,84 milhões de euros), e abdicar do direito de conversão dos bónus séniores de 90 milhões de euros que venciam em 2026.

Ryanair acusa agências de viagens online de bloquear reembolsos

03-07-2020 (12h32)

A Ryanair acusou hoje "agências de viagens online não autorizadas" de bloquear reembolsos de clientes, por utilizarem "emails falsos e cartões de crédito virtuais" impedindo que as reservas "possam ser rastreadas até ao consumidor individual".

CEO da TAP cessa funções de imediato

02-07-2020 (23h57)

Antonoaldo Neves, CEO da TAP, vai ser substituído "de imediato", anunciou o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, revelando que o Governo vai recorrer a uma empresa para recrutar uma nova equipa de gestão para a companhia.

Opinião e Análise