LAM transporta mais 6,6% de passageiros até Setembro

24-10-2019 (12h19)

Website LAM
Website LAM

A companhia de aviação estatal moçambicana LAM, Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) informou hoje em comunicado que até Setembro teve um aumento de passageiros em 6,6% ou 17,5 mil, atingindo um total de 415,7 mil.

A LAM, que tem previsto ter voos para Lisboa a partir de Março, numa operação em ACMI (aluguer que inclui avião, tripulação, manutenção e seguros) da Hi Fly da família Mirpuri, actualmente voa para todas as províncias do país que tem uma extensão de cerca de 2.000 quilómetros e liga Moçambique a capitais vizinhas como Joanesburgo (África do Sul), Dar-Es-Salaam (Tanzânia) e Nairobi (Quénia).

A LAM anunciou também melhorias ao nível da pontualidade, dizendo que 83% dos voos no mesmo período cumpriram os horários, numa melhoria de 11% em relação ao período homólogo de 2018.

A par destes indicadores, “a companhia está em fase avançada para a introdução de mais um Boeing 737-700 e dois Bombardier Q400 para consolidar a sua frota”.

Com a finalização deste processo, a LAM passará a contar com três aeronaves Boeing 737-700 e duas Bombardier Q400.

João Carlos Pó Jorge, diretor-geral da LAM, disse recentemente à Lusa, em Lisboa, que a companhia vai investir até 120 milhões de dólares (109 milhões de euros) em novos aviões e intensificar a presença nas rotas africanas, querendo ligar África do Sul a Lisboa.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: LAM

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP informa mercado sobre acordo de princípio entre Estado e privados

03-07-2020 (19h02)

A TAP informou hoje o mercado, através de um comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), do acordo de princípio atingido esta quinta-feira à noite entre os privados e o Estado, para viabilizar a empresa.

Frasquilho avisa que próximos tempos na TAP serão difíceis, mas superados

03-07-2020 (18h57)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, alertou os trabalhadores numa mensagem a que o PressTUR teve acesso que os próximos tempos serão difíceis, mas serão superados “com alguns sacrifícios”.

Azul anuncia venda da participação na TAP ao Governo português

03-07-2020 (14h03)

A Azul anunciou hoje que chegou a acordo com o Governo português para vender a sua participação indirecta na TAP de 6%, por aproximadamente 65 milhões de reais (10,84 milhões de euros), e abdicar do direito de conversão dos bónus séniores de 90 milhões de euros que venciam em 2026.

Ryanair acusa agências de viagens online de bloquear reembolsos

03-07-2020 (12h32)

A Ryanair acusou hoje "agências de viagens online não autorizadas" de bloquear reembolsos de clientes, por utilizarem "emails falsos e cartões de crédito virtuais" impedindo que as reservas "possam ser rastreadas até ao consumidor individual".

CEO da TAP cessa funções de imediato

02-07-2020 (23h57)

Antonoaldo Neves, CEO da TAP, vai ser substituído "de imediato", anunciou o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, revelando que o Governo vai recorrer a uma empresa para recrutar uma nova equipa de gestão para a companhia.

Opinião e Análise