LAM transportou menos 44% de passageiros em Janeiro

19-02-2021 (17h38)

Foto: www.lam.co.mz
Foto: www.lam.co.mz

As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) transportaram em Janeiro menos 44% de passageiros que no mês homólogo do ano passado, que a companhia aérea justifica com o impacto da pandemia de covid-19.

A LAM transportou 29.923 passageiros no primeiro mês deste ano, quando em Janeiro de 2020, antes dos impactos da covid-19, tinha transportado 53.249 passageiros.

As rotas com mais passageiros em Janeiro foram Maputo-Nampula-Maputo com 6.438 passageiros, Maputo-Beira-Maputo com 4.793, Maputo-Tete-Maputo com 4.226, e Maputo-Pemba-Maputo com 3.706 passageiros transportados.

Em comunicado citado pela Lusa, a LAM disse que assegurou um índice de pontualidade operacional de 91% num universo de 608 partidas, significando um acréscimo de três pontos percentuais em relação ao período homólogo de 2020, em que a pontualidade registada foi de 88% para 1.088 partidas.

A nota de imprensa acrescenta que a transportadora “aumentou a frequência de voos para Quelimane”, capital da província da Zambézia, no centro do país, e terá mais voos à quarta-feira entre Quelimane e Beira e ao Sábado em sentido inverso. A LAM também vai voar entre Quelimane e Tete à sexta-feira, com regresso ao Domingo.

A LAM suspendeu no início do ano os voos entre Maputo e Lisboa que operava desde Julho (clique para ler: Operação da LAM entre Maputo e Lisboa termina devido à pandemia).

 

Clique para ver mais: LAM

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Iberia vai testar aplicação de validação de testes em voos para os Estados Unidos

26-02-2021 (17h38)

A companha aérea Iberia vai testar a aplicação VeriFLY, que valida a documentação de passageiros relativa a testes à covid-19, nos voos de Espanha para Miami e Nova Iorque, até 23 de Abril.

Amadeus revela quebra de 472,8 milhões de reservas de voos por agências de viagens

26-02-2021 (16h12)

A pandemia de covid-19 provocou uma quebra astronómica de reservas aéreas de agências de viagens de viagens, como evidencia o maior sistema global de reservas (GDS), o Amadeus, que revelou ter registado em 2020 uma quebra que atinge os 472,8 milhões.

IAG assina com Amadeus para chegar às agências de viagens via NDC

26-02-2021 (13h54)

As companhias aéreas British Airways, Iberia, Aer Lingus e Vueling, que constituem o IAG, anunciaram hoje que vão ter os seus voos e serviços disponíveis para agências de viagens através de soluções NDC na Amadeus Travel Platform.

Travelport anuncia nova plataforma que irá “reinventar o retalho de viagens”

25-02-2021 (17h27)

A Travelport, empresa a que pertence o Galileo, sistema global de reservas (GDS) mais utilizado pelas agências de viagens portuguesas, está a investir na “reconstrução completa” da sua plataforma para apresentar um novo marketplace quer irá “reinventar o retalho de viagens”.

França faz pleno da liderança de passageiros nos três maiores aeroportos portugueses

25-02-2021 (17h07)

França foi a primeira origem/destino de passageiros dos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro no primeiro mês deste ano, destronando o Reino Unido no Algarve, onde os voos de/para as ilhas britânicas tiveram uma quebra em 96%, que é a maior de todos os aeroportos em Janeiro.

Ultimas Noticias

Opinião e Análise