LATAM Brasil reforça rota São Paulo - Lisboa que vai ter voo diário este Inverno IATA

01-07-2019 (15h31)

Foto: LATAM
Foto: LATAM

A companhia de aviação brasileira LATAM Brasil vai aumentar a frequência de voos entre o seu hub no Aeroporto de São Paulo Guarulhos e o Aeroporto Humberto Delgado em Lisboa para sete por semana, a partir de 27 de Outubro, início do chamado Inverno IATA, mas que no Brasil é a aproximação do Verão.

A companhia, antiga TAM brasileira, começou a voar para Lisboa a 3 de Setembro de 2018 e actualmente está com cinco voos por semana numa rota que CEO da transportadora, Jerome Cadier, descreveu como “promissora”.

“Esta é uma rota que se mostrou promissora desde o início, exactamente como imaginávamos, e queremos ainda mais oportunidades para crescer neste mercado”, diz uma declaração de Jerome Cadier citada pela imprensa brasileira.

A declaração diz ainda: “o voo para Portugal é nosso oitavo destino entre Brasil e Europa e buscamos aumentar a frequência de empresas nacionais para Lisboa, oferecendo cada vez mais possibilidades para o brasileiros que querem visitar a capital portuguesa”.

De acordo com a imprensa brasileira, “o voo LA8146 está programado para descolar do Aeroporto de São Paulo/Guarulhos às 17h35* às quartas e sábados e pousar em Lisboa às 6h35* dos dias seguintes, em uma viagem com 10 horas de duração”.

“O voo de volta, LA8147, está programado para descolar de Lisboa às 8h35* às quintas e domingos e pousar em São Paulo/Guarulhos às 16h15* dos mesmos dias, em uma viagem com 10 horas e 40 minutos de duração”, acrescenta a informação, que diz ainda que “a rota é operada por um Boeing 767, que acomoda 191 clientes em classe Económica e 30 em Premium Business”.

As notícias acrescentam que 122.835 passageiros voaram entre Guarulhos e Lisboa nos primeiros cinco meses deste ano, representando um aumento em 80,74% relativamente ao período homólogo de 2018.

A mesma informação acrescenta que 80,74% desses passageiros voaram em TAP, que actualmente está com 18 voos por semana, e os restantes em LATAM Brasil.

Estes dados não incluem o voo da Azul que é entre Viracopos (Campinas) e Lisboa.

A LATAM é, de acordo com a autoridade aeronáutica do Brasil, ANAC, a empresa aérea líder em transporte internacional, com uma quota de mercado do tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados) de 68,4%.

Em número de passageiros embarcados em voos internacionais, com 2,419 milhões nos primeiros cinco meses do ano, a LATAM tem uma quota de 55,4%.

 

Clique para mais notícias: LATAM

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP informa mercado sobre acordo de princípio entre Estado e privados

03-07-2020 (19h02)

A TAP informou hoje o mercado, através de um comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), do acordo de princípio atingido esta quinta-feira à noite entre os privados e o Estado, para viabilizar a empresa.

Frasquilho avisa que próximos tempos na TAP serão difíceis, mas superados

03-07-2020 (18h57)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, alertou os trabalhadores numa mensagem a que o PressTUR teve acesso que os próximos tempos serão difíceis, mas serão superados “com alguns sacrifícios”.

Azul anuncia venda da participação na TAP ao Governo português

03-07-2020 (14h03)

A Azul anunciou hoje que chegou a acordo com o Governo português para vender a sua participação indirecta na TAP de 6%, por aproximadamente 65 milhões de reais (10,84 milhões de euros), e abdicar do direito de conversão dos bónus séniores de 90 milhões de euros que venciam em 2026.

Ryanair acusa agências de viagens online de bloquear reembolsos

03-07-2020 (12h32)

A Ryanair acusou hoje "agências de viagens online não autorizadas" de bloquear reembolsos de clientes, por utilizarem "emails falsos e cartões de crédito virtuais" impedindo que as reservas "possam ser rastreadas até ao consumidor individual".

CEO da TAP cessa funções de imediato

02-07-2020 (23h57)

Antonoaldo Neves, CEO da TAP, vai ser substituído "de imediato", anunciou o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, revelando que o Governo vai recorrer a uma empresa para recrutar uma nova equipa de gestão para a companhia.

Opinião e Análise