Lisboa e Faro começam 2017 nos Tops de crescimento dos aeroportos europeus

14-03-2017 (15h18)

O Aeroporto de Lisboa, com um aumento de passageiros em 21,6%, e o Aeroporto de Faro, com +25,4%, atingiram no primeiro mês deste ano os Tops de crescimento dos aeroportos europeus elaborados pelo Airports Council Internacional (ACI), que se apresenta como representante de mais de 500 aeroportos de 45 países europeus.

O Aeroporto de Lisboa integra na 5ª posição o Top5 de crescimento relativo do dos aeroportos com dez milhões a 25 milhões de passageiros por ano (Grupo 2) e o Aeroporto de Faro também se cotou na 5ª posição mas do Grupo 3, dos aeroportos que têm por ano entre cinco milhões e dez milhões de passageiros por ano.

De acordo com o ACI Europa, os aeroportos europeus tiveram “um grande começo” de 2017 com um aumento de passageiros em 8,9%, com um aumento médio de 10% nos países da União Europeia (UE) e com +5,4% nos restantes.

Entre os crescimentos na UE o ACI destaca que todos tiveram aumento de passageiros em Janeiro, incluindo 14 que cresceram a dois dígitos, entre os quais se contou Portugal, com +21,7%, a par de Chipre, com +25%, Luxemburgo, com +23,1% e Malta, com 27,3%, Estónia, com +21,8%, Polónia, com +24,3%, República Checa, com +21,7%, Luxemburgo, com +23,1%, Eslovénia, com +21,7%, e Roménia, com +32,2%.

Por dimensão dos aeroportos, os dados do ACI indicam que os majors (Grupo 1), que têm mais de 25 milhões de passageiros por ano, tiveram um aumento médio de passageiros em 5,8%, o crescimento médio do Grupo 2 (de que faz parte Lisboa) foi de 11,4%, o Grupo 3 (de que fazem parte Faro e o Porto) teve +13,1% e o Grupo 4 (de que fazem parte Funchal e Ponta Delgada) teve +11,7%.

As cinco maiores variações relativas no Grupo 1 foram +19,1% do Aeroporto de Moscovo Sheremetyevo, +18,1% em Manchester, +12,1% em Londres Gatwick, +11,4% em Barcelona e +11,2% em Barcelona.

No grupo 2, os maiores crescimentos foram dos aeroportos de Varsóvia, com +30,5%, São Petersburgo, com +29,8%, Berlim Schonefeld, com +26,5%, Praga, com +21,7%, e Lisboa, com +21,6%.

Keflavik, na Islândia, foi o aeroporto do Grupo 3 com o maior aumento relativo de passageiros em Janeiro, com +70%, seguido por Kiev, com +36,3%, Larnaca, com +33,3%, Malta, com +27,3%, e Faro, com +25,4%,

O Top do Grupo 4 integrou Bucareste, com +209,8%, Oradea, com +148,3%, Maribor e Kazynthos island, com +88,7%, Iasi e Mikonos, com +83,7%, e Palanga, com +81,8%.

Em relação a ‘flops’ que o ACI não assinala, os seus dados mostram que Istambul Ataturk teve a maior queda do mês, em 12,5%, para 4,03 milhões de passageiros.

O hub da Turkish Airlines manteve-se ainda assim o 5º maior aeroporto europeu, depois de Londres Heathrow, com 5,74 milhões de passageiros (+4,2% que em Janeiro de 2016), Paris Charles de Gaule, com 4,97 milhões (+6,1%), Amesterdão Schiphol, com 4,57 milhões (+11,2%), e Frankfurt, com 4,22 milhões (+1,8%).

Madrid Barajas, maior aeroporto espanhol, manteve-se o 6º a nível europeu, com 3,84 milhões de passageiros (+9,3% que em Fevereiro de 2016), seguido por Munique, com 2,92 milhões (+6,5%), Barcelona, com 2,8 milhões (+11,4%), Londres Gatwick, com 2,79 milhões (+12,1%) e Moscovo Sheremetyevo, com 2,71 milhões (+19,1%).

Estocolmo Arlanda, com 1,8 milhões de passageiros (+12,3% que em Janeiro de 2016) é o maior aeroporto do Grupo 2, de que faz parte Lisboa, e o 19º a nível europeu, seguido por Londres Stansted, com 1,74 milhões (+5%), e Lisboa, com 1,66 milhões (+21,6%), que em Janeiro beneficiou de um forte aumento de passageiros da TAP (para ler mais clique: TAP a crescer 30,5% ‘empurra’ Aeroporto de Lisboa para 3º aumento consecutivo acima de 20%).

/empresas---negocios/aviacao/tap-a-crescer-305--empurra-aeroporto-de-lisboa-para-3--aumento-consecutivo-acima-de-20-/

Bucareste foi em Janeiro o maior aeroporto do Grupo 3, com 847.222 passageiros (+23,8% que em Janeiro de 2016) e no ranking global cotou-se em 42º, enquanto o Porto foi 50º, com 692.523 passageiros (+23,5%), e Faro foi 97º, com 218.595 passageiros (+25,4%).

O Funchal, por sua vez, foi o 100º maior aeroporto europeu em Janeiro, com 213.038 passageiros (+17,3%) e Ponta Delgada cotou-se em 134º, com 94.006 (+12,6%).

 

Clique para mais notícias: Aeroportos europeus

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroporto de Lisboa atenuou em Setembro a quebra de passageiros pela pandemia para menos de 45%

22-10-2021 (16h36)

O Aeroporto de Lisboa somou nos primeiros nove meses deste ano 7,77 milhões de passageiros de voos comerciais, registando assim uma quebra média de 70,2% face ao período homólogo de 2019, pré-pandemia, mas no mês de Setembro essa quebra atenuou-se para 44,8%.

Comunidade luso-venezuelana pede a Caracas que autorize a TAP a fazer voos directos para Portugal

22-10-2021 (13h55)

A comunidade luso-venezuelana espera que o Governo venezuelano autorize proximamente a TAP a realizar voos directos entre Caracas e Lisboa, a exemplo do que já aconteceu com outras empresas aéreas e outros destinos, mas está apreensiva devido à proximidade do Natal.

China cancela centenas de voos domésticos após diagnosticar dezenas de casos

21-10-2021 (16h34)

A China cancelou hoje centenas de voos, encerrou escolas e intensificou os testes em algumas áreas, após ter descoberto surtos de covid-19 ligados a um grupo de turistas.

Ana Francisca Major eleita nova presidente do conselho de administração da TAAG

21-10-2021 (09h07)

Os accionistas da companhia aérea angolana TAAG elegeram hoje um novo conselho de administração presidido por Ana Francisca da Silva Major, um presidente da comissão executiva, quatro administradores executivos e um não executivo, anunciou o Governo.

Venezuela restringe voos internacionais por tempo indeterminado

20-10-2021 (15h25)

As autoridades venezuelanas prolongaram, por tempo indeterminado, as restrições às operações aéreas internacionais em vigor no país, devido à quarentena preventiva da covid-19.

Opinião e Análise