Lisboa passou a ser a rota nº 1 no Aeroporto do Porto

18-01-2017 (13h53)

Foi a única ligação a somar mais de um milhão de passageiros em 2016

Os voos de/para Lisboa destronaram em 2016 as ligações com o aeroporto parisiense de Orly e tornaram-se a primeira rota do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, sendo aliás a única a somar mais de um milhão de passageiros (1,035 milhões).

A rota de Lisboa, em que operam a TAP e a Ryanair, ‘disparou’ a partir da introdução pela companhia portuguesa do serviço de ‘ponte aérea’ entre as duas maiores cidades portuguesas, com o qual no conjunto do ano se verificou um aumento de passageiros em 53,6% ou 361,2 mil, de acordo com dados do Aeroporto Francisco Sá Carneiro a que o PressTUR teve acesso.

Esses dados mostram que com esse crescimento a rota de Lisboa gerou 11,2% do total de embarques e desembarques no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, mais 2,7 pontos que no ano de 2015.

Paris Orly baixou assim para segunda rota ‘mais voada’ de/para o Porto, com 806,7 mil passageiros, o que equivale a 8,7% do total de embarques/desembarques de voos regulares, abaixo do ano de 2015 em 0,9 pontos, já que o seu crescimento médio, em 5,9% ou 45,2 mil passageiros, foi inferior à média do mercado.

Nas posições seguintes entre as rotas com mais passageiros no Aeroporto do Porto em 2016 e que concentraram mais de 3% do tráfego total do ano estiveram Genebra, com 625,6 mil (6,8% do total do tráfego regular), Madrid, com 533,1 mil (5,8%), Barcelona, com 346,7 mil (3,8%), Frankfurt, com 323,5 mil (3,5%), Madeira, com 321,5 mil (3,5%), Londres Stansted, com 302 mil (3,3%), Paris Beauvais, com 286 mil (3,1%), Londres Gatwick, com 282,4 mil (3,1%), e Bruxelas, com 275,7 mil (3%).

Entre estas origens/destinos, tiveram aumentos de passageiros a dois dígitos Genebra (+14,7% ou mais 80,3 mil), Madrid (+10,5% ou mais 50,4 mil), Madeira (+13,9% ou mais 39,2 mil), Londres Stansted (+14,1% ou mais 37,4 mil) e Londres Gatwick (+17,6% ou mais 42,3 mil).

Em queda, por sua vez, estiveram as ligações com Barcelona (-1,3% ou menos 4,5 mil), provavelmente reflectindo a decisão da TAP de deixar essa rota, e Bruxelas (-1,8% ou menos 5,1 mil).

Com aumentos de um dígito estiveram Frankfurt (+2,6% ou mais 8,3 mil) e Paris Beauvais (+0,5% ou mais 1,5 mil).

Entre as rotas que em 2016 não chegaram a representar 3% do total de passageiros do Aeroporto Francisco Sá Carneiro as que tiveram maiores aumentos de passageiros face a 2015 foram Lyon St Exupéry, com mais 86,3 mil (+61,5%, para 226,6 mil), Luxemburgo, com mais 65,6 mil (+38,7%, para 235 mil), Amesterdão, com mais 58,9 mil (+45,5%, para 188,6 mil), Colónia Bona, com mais 58,6 mil (+473,7%, para 70,9 mil), Zurique, com mais 38,9 mil (+29,5%, para 170,8 mil).

As maiores quedas do ano, por sua vez, foram nas ligações com Milão Malpensa, com menos 16 mil passageiros (-30,7%, para 36,2 mil), e Frankfurt Hahn, com menos 14,8 mil (-9,9%, para 134,5 mil).

 

Para ler mais clique:

Aeroporto do Porto ‘fecha’ 2016 com aumento de 1,29 milhões de passageiros e chega a recorde de 9,37 milhões

Companhias low cost ‘fizeram’ 72% do aumento de passageiros do Aeroporto do Porto em 2016

 

Clique para mais notícias: Aeroporto do Porto

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroporto de Lisboa atenuou em Setembro a quebra de passageiros pela pandemia para menos de 45%

22-10-2021 (16h36)

O Aeroporto de Lisboa somou nos primeiros nove meses deste ano 7,77 milhões de passageiros de voos comerciais, registando assim uma quebra média de 70,2% face ao período homólogo de 2019, pré-pandemia, mas no mês de Setembro essa quebra atenuou-se para 44,8%.

Comunidade luso-venezuelana pede a Caracas que autorize a TAP a fazer voos directos para Portugal

22-10-2021 (13h55)

A comunidade luso-venezuelana espera que o Governo venezuelano autorize proximamente a TAP a realizar voos directos entre Caracas e Lisboa, a exemplo do que já aconteceu com outras empresas aéreas e outros destinos, mas está apreensiva devido à proximidade do Natal.

China cancela centenas de voos domésticos após diagnosticar dezenas de casos

21-10-2021 (16h34)

A China cancelou hoje centenas de voos, encerrou escolas e intensificou os testes em algumas áreas, após ter descoberto surtos de covid-19 ligados a um grupo de turistas.

Ana Francisca Major eleita nova presidente do conselho de administração da TAAG

21-10-2021 (09h07)

Os accionistas da companhia aérea angolana TAAG elegeram hoje um novo conselho de administração presidido por Ana Francisca da Silva Major, um presidente da comissão executiva, quatro administradores executivos e um não executivo, anunciou o Governo.

Venezuela restringe voos internacionais por tempo indeterminado

20-10-2021 (15h25)

As autoridades venezuelanas prolongaram, por tempo indeterminado, as restrições às operações aéreas internacionais em vigor no país, devido à quarentena preventiva da covid-19.

Opinião e Análise