Lufthansa alarma mercados com revisão em forte baixa da previsão de resultados

17-06-2019 (14h46)

Imagem: Lufthansa
Imagem: Lufthansa

A Lufthansa revelou hoje uma previsão de queda acentuada do resultado operacional ajustado de não recorrentes, que conduziu a forte quebra da sua cotação na Bolsa de Frankfurt e ‘ondas de choque’ nos títulos das outras companhias de aviação europeias.

O grupo alemão indicou que a sua nova previsão de resultado operacional (EBIT, do inglês para resultados antes de juros e impostos) aponta para 2.000 a 2.400 milhões de euros este ano, que compara com 2.836 milhões em 2018 e 2.969 milhões em 2017.

A informação indica ainda que assim o grupo antecipa uma margem operacional antes de não recorrentes entre 5,5% e 6,5%, quando antes previa uma margem entre 6,5% e 8% e em 2018 registara 7,9% e em 2019 tivera 8,3%.

A informação avança que o grupo prevê que a margem operacional ajustada das suas companhia de rede (Lufthansa, Swiss e Austrian) se situe entre 7% e 9%, quando anteriormente previa 7,5% a 9,5%.

Para a subsidiária Eurowings, que inclui a Brussels e que é associada ao negócio de voos low cost a degradação é mais drástica, pois passa de uma previsão de ‘equilíbrio’, com margem zero, para prejuízos, com a margem a situar-se entre -4% e -6%.

De acordo com a imprensa internacional a divulgação destas previsões atirou as acções do grupo para terreno negativo, com a queda a chegar aos 17% antes de ajustar para os 12% por volta das 9h00 e colocou também no ‘vermelho’ as acções de concorrentes como a Ryanair, a British Airways, a Wizz Air, a Air France e a easyJet, que registavam quedas até 4,4%.

 

 

Clique para mais notícias: Lufthansa

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Transavia França anuncia retoma de voos para Portugal a 15 de Junho

29-05-2020 (17h04)

A Transavia França, low cost do grupo Air France KLM com operações de/para aeroportos franceses, anunciou a retoma de voos de/para Portugal de Lyon e Nantes, a 15 de Junho, e de Paris Orly e Montpellier, a 26 de Junho.

Finnair retoma voos para a Ásia a 1 de Julho

29-05-2020 (16h25)

A Finnair, companhia de aviação com hub em Helsínquia que tem forte implantação no transporte aéreo de passageiros entre a Europa e a Ásia, retoma essas ligações a 1 de Julho, com 10 rotas.

Plano de apoio à Lufthansa enfrenta ventos contrários

29-05-2020 (16h23)

O plano de apoio à Lufthansa face à pandemia de covid-19 e que ultrapassa os nove mil milhões de euros enfrenta ventos contrários de grande intensidade, especialmente por parte da comissária europeia da concorrência Margrethe Vestager.

Passageiros da Ryanair continuam à espera de reembolsos, Which?

29-05-2020 (15h51)

Um inquérito promovido pela Which?, organização de defesa dos consumidores britânicos, apontou a Ryanair como a pior companhia em matéria de reembolsos, com cerca de 84% dos respondentes a dizerem que continuam à espera.

Grupo Lufthansa anuncia a expansão da rede para “mais de 130 destinos” já em Junho

29-05-2020 (13h08)

O grupo Lufthansa, maior grupo europeu de companhias de aviação, anunciou que na segunda quinzena de Junho aumentará a sua rede para “mais de 130 destinos a nível mundial” para os quais terá mais de dois mil voos por semana, incluindo novas ligações para Porto e Faro.

Opinião e Análise