Mais de 20 voos cancelados na Madeira devido ao mau tempo

05-12-2019 (17h01)

Os ventos fortes que se fazem sentir no arquipélago da Madeira obrigaram ao cancelamento de mais de 20 voos programados para hoje, de acordo com a informação da ANA - Aeroportos de Portugal consultada pelo PressTUR.

Os dados disponíveis no website da gestora dos aeroportos portugueses, consultados às 17h de hoje, dia 5 de Dezembro, indicam que foram cancelados dois voos da TAP para o Funchal à saída do Porto, com previsão de chegada às 00h10 (TP1713) e às 8h (TP1711), bem como os quatro voos da TAP de Lisboa com chegada prevista para a 1h (TP1693), para as 9h15 (TP1699), para as 10h50 (TP1685) e as 13h25 (TP1689).

Outros voos cancelados foram os da Binter Canárias com origem no Porto Santo (NT931) e da TUIFly provenientes de Munique (X32846), de Hamburgo (X32848), de Dusseldorf (X32852), de Colónia-Bonn (X32184), de Estugarda (X32218), de Berlim (X32834) e de Hanover (X32830).

Os dados indicam que também foram cancelados hoje os voos da Transavia com origem em Amesterdão (HV6629), da Condor Flugdienst à saída de Frankfurt (DE3584), da easyJet Europe de Lisboa (EC7601 e EC7605) e do Porto (EC7585) e da easyJet Airlines de Londres (U28137).

Outras voos cancelados foram os da TAP com origem em Lisboa para chegar às 18h55, 21h e 1h de sexta-feira (TP1687, TP1691 e TP1693) e com origem no Porto para chegar às 00h10 e 8h de sexta-feira (TP1713 e TP1711), bem como o voos de Lisboa da easyJet Europe previsto chegar ao Funchal pelas 20h40 (EC7605).

O vento forte que mantém o arquipélago debaixo de um aviso laranja até às 15h de hoje foi emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Dados do IPMA na Madeira dão conta que entre a meia-noite e as 6h da manhã a rajada mais forte sentida foi de 150 km/h, registada por uma estação no Chão do Areeiro, nas zonas montanhosas.

No aeroporto, a rajada mais forte foi de 108 km/h também de acordo com os dados do IPMA.

As más condições atmosféricas atingem ainda o mar e a Capitania do Porto do Funchal emitiu igualmente um aviso de agitação marítima forte até às 18h horas de quinta-feira, aconselhando as embarcações a regressar aos portos de abrigo.

A Porto Santo Line, na sua página de Internet, informa também ter cancelado as viagens de quinta-feira do Lobo Marinho para a ilha do Porto Santo devido "às más condições meteorológicas que põem em causa a segurança do navio e dos seus passageiros".

O Instituto das Florestas e Conservação da Natureza emitiu um alerta para a não realização de percursos na natureza, enquanto durar o aviso.

O Serviço Regional de Proteção Civil emitiu também um aviso a recomendar às pessoas que fechem as portas e janelas, evitem viajar nas zonas afetadas pelo aviso meteorológico, não circulem por zonas com prédios degradados e prestem atenção às estruturas montadas (andaimes, toldos, tendas, telhados).

(PressTUR com Agência Lusa)

Ver também:

Navio de cruzeiros Mein Schiff Herz cancela turnaround no Funchal devido ao mau tempo

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Madeira

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAAG recebe o primeiro de seis Dash 8-400 encomendados à Bombardier

06-08-2020 (15h57)

A TAAG - Linhas Aéreas de Angola recebeu a primeira de seis aeronaves Dash 8-400 encomendadas em 2018 à empresa canadiana Bombardier.

CEO do grupo Lufthansa advoga ‘acto de contrição’ da aviação

06-08-2020 (14h31)

A pandemia de covid-19 é também “uma oportunidade única para a aviação se recalibrar”, defende o CEO do grupo Lufthansa, o maior grupo europeu de companhias de aviação de rede, que propõe que se questione o status quo e “em lugar de se batalhar por ‘crescimento a qualquer preço’ se “crie valor de forma sustentável e responsável”.

Emirates vai retomar voo em A380 para Guangzhou a partir de Sábado

05-08-2020 (18h39)

A Emirates, uma das maiores transportadoras aéreas do Médio Oriente, com base no Dubai, anunciou a retoma de voos em aeronave A380 para Guangzhou, na China, a partir de Sábado.

Virgin Australia encerra filial lowcost e corta 3.000 postos de trabalho

05-08-2020 (17h49)

A companhia aérea Virgin Australia anunciou hoje que vai fechar a sua filial Tigerair Australia e suprimir 3.000 postos de trabalho, devido à crise de Covid-19 que afectou drasticamente as empresas de aviação.

Tribunal condena Ryanair/Crewlink a reintegrar tripulante

05-08-2020 (17h42)

O Tribunal da Comarca dos Açores “condenou a Ryanair por despedimento ilícito, e consequente reintegração” de um tripulante “despedido na sequência da greve”, disse hoje o SNPVAC – Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil.

Opinião e Análise