Plano de apoio à Lufthansa enfrenta ventos contrários

29-05-2020 (16h23)

O plano de apoio à Lufthansa face à pandemia de covid-19 e que ultrapassa os nove mil milhões de euros enfrenta ventos contrários de grande intensidade, especialmente por parte da comissária europeia da concorrência Margrethe Vestager.

O que está em causa é a exigência de compensações pelo apoio financeiro que vai receber e que passam pela cedência de slots nos aeroportos de Frankfurt e Munique, que são os seus dois principais hubs e onde tem cerca de dois terços do tráfego.

A Lufthansa já ripostou que pode estar em causa a sua solvabilidade de o plano não se concretizar, enquanto fontes citadas pela Reuters avançam que as exigências de Margrethe Vestager resumem-se a 72 slots utilizados por 12 de 300 aviões baseados nos dois aeroportos, mas que enquanto a Lufthansa quer ter a possibilidade de recuperá-los após pagar o financiamento, a Comissão não o aceita.

O plano para a Lufthansa prevê seis mil milhões de euros a título de aquisição de uma “silent participation” de 20%, e apoios à contracção de empréstimos no montante de três mil milhões.

O ministro alemão da Economia, Peter Altmaier, já saiu em defesa da Lufthansa, salientando que está em causa o interesse europeu e não apenas da Alemanha.

Mas também há quem conteste o acordo, como é o caso da Ryanair, que no entanto não deixou de encaixar 600 milhões de libras do Covid Corporate Financing Facility criado pelo Governo britânico para apoiar as companhias de aviação face à pandemia de covid-19.

 

Para ler mais clique:

Estado alemão entra para o capital do grupo Lufthansa... mas não para mandar

 

Clique para mais notícias: Lufthansa

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo Air France vai despedir 42% do staff da Hop! e 16% da Air France

06-07-2020 (19h09)

O Grupo Air France vai apresentar, em finais de Julho, um plano de reconstrução até 2022 que inclui a redução de 42% do staff na companhia aérea regional Hop! e 16% na companhia aérea Air France, num total de cerca de 7.580 postos de trabalho.

Voos de e para Luanda limitados a 75% da capacidade e 1/3 da frequência

06-07-2020 (17h28)

Os voos de/para Luanda, uma rota em que no ano passado voaram 517,2 mil passageiros e que a TAP indica no seu website ter planeado retomar duas vezes por semana este mês e chegar a quatro por semana em Agosto, terão limitações de capacidade e frequência fixadas por Angola.

British Airways programa 20 voos para Lisboa e Faro esta semana

06-07-2020 (16h59)

A programação da companhia britânica British Airways para esta semana inclui 20 voos para Lisboa e Faro de Londres Heathrow, a despeito da imposição de quarentenas aos passageiros que cheguem de Portugal.

Aegean retoma voos para Lisboa este mês, duas vezes por semana

06-07-2020 (16h52)

A companhia de aviação grega Aegean Airlines tem programados para este mês dois voos por semana entre o seu hub de Atenas Eleftherios Venizelos e Lisboa, às terças e Sábados.

TAP informa mercado sobre acordo de princípio entre Estado e privados

03-07-2020 (19h02)

A TAP informou hoje o mercado, através de um comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), do acordo de princípio atingido esta quinta-feira à noite entre os privados e o Estado, para viabilizar a empresa.

Opinião e Análise