Responsabilidades das companhias de aviação com bilhetes não voados ascendem a 35 mil milhões de dólares, IATA

02-04-2020 (16h06)

Foto: Natalia Mroz/IATA
Foto: Natalia Mroz/IATA

As responsabilidades das companhias de aviação com bilhetes de avião vendidos e não voados devido às restrições provocadas pela pandemia de covid-19 elevam-se a 35 mil milhões de dólares.

A estimativa foi avançada pelo director-geral da IATA, Alexandre de Juniac, que se referiu a "uma responsabilidade enorme com reembolsos" como "uma fraqueza" relativamente à qual apenas alguns países já tomaram medidas, nomeadamente Brasil, Canadá, Colômbia, Itália e Holanda.

Alexandre de Juniac frisou que se trata de responsabilidades provocadas pelo "número maciço de voos que foram cancelados" devido às medidas governamentais e restrição das viagens para travar o avanço da covid-19.

O dirigente associativo diz que Canadá, Colômbia e Holanda decidiram permitir que as companhias de aviação lancem vouchers, o que, frisou, lhe permitirá preservar o dinheiro de que necessitam para continuarem as operações de transporte de carga e preservar a capacidade de ficarem totalmente operacionais quando a indústria puder voltar a operar sem limites.

 

Clique para mais notícias: IATA

Clique para mais notícias: Coronavírus

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

LAM adia retoma dos voos entre Maputo e Lisboa

22-05-2020 (16h34)

A companhia de aviação LAM – Linhas Aéreas de Moçambique  adiou a retoma dos voos entre Maputo e Lisboa operados pela Hi Fly da família Mirpuri, que tinha previsto para o dia 2 de Junho, de Lisboa, para 2 de Julho, mas só tem disponíveis reservas a partir de 2 de Agosto.

Avião que caiu no Paquistão levava 98 pessoas a bordo - autoridades

22-05-2020 (16h19)

O avião da Pakistan International Airlines (PIA) que hoje se despenhou ao aproximar-se do aeroporto de Carachi, no Sul do Paquistão, transportava 98 pessoas a bordo, anunciaram as autoridades locais.

Aegean planeia retomar operação em Portugal em meados de Junho

22-05-2020 (16h06)

A companhia aérea grega Aegean Airlines planeia voltar a operar em Portugal, a partir de Lisboa, em meados de Junho.

Turkish Arilines prolonga suspensão de voos internacionais até 10 de Junho

22-05-2020 (10h35)

A Turkish Airlines prolongou a suspensão dos voos internacionais até dia 10 de Junho, enquanto os voos internos vão ser retomados no dia 4 do próximo mês.

Voos de/para Portugal deixam de ter lotação reduzida a partir de 1 de Junho

22-05-2020 (10h22)

Os voos de e para Portugal deixam de ter lotação de passageiros reduzida a partir de 1 de Junho, anunciou o Governo, indicando que assim está a “alinhar as regras nacionais pelas regras europeias”.

Opinião e Análise