Ryanair aponta agora 2022 para superar a TAP em passageiros transportados de/para Portugal

29-11-2021 (17h25)

O CEO do Grupo Ryanair, Michael O'Leary, voltou hoje a repetir uma previsão que já fez várias vezes nos últimos anos, a de superar a TAP em número de passageiros transportados de/para Portugal. A low cost, segundo O'Leary, será nº1 em Portugal em 2022.

Em conferência de imprensa hoje em Lisboa, Michael O’Leary perspectivou que a Ryanair será líder em Portugal em 2022 com cerca de 13,5 milhões de passageiros transportados, enquanto a TAP deverá transportar cerca de 11,5 milhões de passageiros.

“A TAP, que em 2019 transportou quase 17 milhões de passageiros, deverá cair para cerca de 11 milhões, e nós vamos crescer de cerca de 11 milhões para 13,5 milhões de passageiros”, perspectivou o executivo.

O’Leary justificou a previsão dizendo que a TAP reduziu a sua frota e por isso está a “encolher”, enquanto a Ryanair está a crescer, tendo uma encomenda à Boeing de 210 aviões para os próximos cinco anos.

“No próximo Verão teremos mais 65 aviões, e 10% desse crescimento estará em Portugal”, com uma nova base com dois aviões na Madeira, mais três aviões em Lisboa e mais um avião no Porto.

Este crescimento “seria maior se a TAP libertasse alguns dos slots que não está a usar na Portela”, sublinhou ainda o exectivo, voltando assim a acusar a companhia portuguesa de solicitar slots em Lisboa que sabe que não irá utilizar, embora voltando a reconhecer que não se trata de violação da lei, como já havia feito em Agosto, também em Lisboa (clique para ler: Ryanair insiste na ‘guerra’ à TAP, desta vez para lhe retirar slots).

“Seremos maiores que a TAP, com zero de ajudas estatais”, sublinhou Michael O’Leary.

A Ryanair anunciou “a sua maior programação de Verão para Portugal” em 2022, com 17 novas rotas a partir de Lisboa, Porto, Faro, Ponta Delgada e Funchal, para um total de 170 rotas.

Em Lisboa, a companhia aérea anunciou que terá novas rotas para Bari, Madeira, Oujda (Saïdia), Poitiers e Veneza. A low cost programou para o próximo Verão ter sete aviões baseados em Lisboa, para operar 53 rotas e transportar assim mais de cinco milhões de passageiros por ano.

Em Faro, a novidade para o próximo Verão é uma rota para Luxemburgo, enquanto no Porto, que tem sido o seu maior aeroporto em Portugal e onde á a companhia líder, as novas rotas são Billund, Madeira e Verona.

A estas rotas acrescem as já anunciadas da Madeira para Bruxelas, Dublin, Lisboa, Londres, Manchester, Marselha, Milão, Nuremberga, Paris e Porto (clique para ler: Ryanair e a reviravolta para a Madeira – “nunca dizemos nunca”, Michael O’Leary).

A Ryanair terá dois aviões baseados na Madeira para operar 10 rotas e transportar mais de 600 mil passageiros.


Para ler mais clique:


Ryanair e a reviravolta para a Madeira­ — “nunca dizemos nunca”, Michael O’Leary


Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Madeira

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hong Kong proíbe trânsito de passageiros aéreos de 153 países, Portugal incluído

14-01-2022 (11h22)

O aeroporto de Hong Kong anunciou hoje a proibição do trânsito de passageiros de mais de 150 países a partir de Domingo, Portugal incluído, de forma a evitar a propagação da covid-19.

Emirates retoma ligações com Angola e mais quatro países africanos

14-01-2022 (11h09)

A Emirates anunciou a retoma dos voos entre Dubai e Angola, Guiné-Conacri, Costa do Marfim, Gana e Uganda, que estavam suspensos há duas semanas devido ao aumento de casos de covid-19.

TAP encerra operações de manutenção e engenharia no Brasil

12-01-2022 (16h54)

A TAP Air Portugal vai encerrar operações de manutenção e engenharia no Brasil, medida que estava prevista de acordo com o plano de reestruturação aprovado pela Comissão Europeia.

Boeing recupera encomendas em 2021 mas ainda longe dos níveis pré-pandemia

12-01-2022 (14h44)

A fabricante de aviões norte-americana Boeing registou um maior número de entregas e encomendas de aeronaves em 2021, após dois anos de crise, embora os valores ainda não tenham atingido os níveis pré-pandemia.

Mais de 2.200 passageiros e 41 companhias multados nas fronteiras áreas

11-01-2022 (14h04)

O Ministério da Administração Interna indicou hoje que foram multados mais de 2.200 passageiros e 41 companhias de aviação, respectivamente por tentarem entrar em Portugal sem teste negativo à covid-19 e por embarcarem passageiros sem o respectivo teste negativo, entre 1 de Dezembro e 10 de Janeiro.

Opinião e Análise