Ryanair invoca “razões comerciais” para cessar voos entre Lisboa e Porto

18-09-2019 (18h07)

A Ryanair decidiu abandonar a rota entre o Porto e Lisboa “por razões comerciais”, segundo fonte oficial da low cost citada pela Agência Lusa, a qual realçou que, ainda assim, continuará a “operar 57 rotas do Porto e 30 de Lisboa”.

O fim da rota segue-se à redução que efectuou em Abril e coincide com um anunciado reforço da TAP nessa linha, intensificando a ‘ponte aérea’.

A Agência Lusa relatou que questionou a Ryanair sobre o fecho da rota Lisboa - Porto e que lhe foi respondido: “devido a razões comerciais, a nossa ligação entre o Porto e Lisboa deixará de operar a partir de 25 de Outubro”.

“No entanto, continuaremos a operar 57 rotas do Porto e 30 de Lisboa no inverno de 2019”, acrescenta a resposta.

 

Para ler mais clique:

Ryanair cessa voos entre Lisboa e Porto

Ryanair reduz oferta de voos Lisboa – Porto para seis por semana a partir de Abril

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

euroAtlantic faz voo da China para o Porto com material sanitário

26-05-2020 (17h44)

A companhia de aviação portuguesa euroAtlantic realiza hoje um voo da China para o Porto com 23 toneladas de material sanitário usado para combater a pandemia de covid-19.

Administrador financeiro da easyJet renuncia ao cargo em Maio de 2021

26-05-2020 (16h37)

O administrador financeiro (CFO) da easyJet, Andrew Findlay, vai deixar o cargo em Maio de 2021, mas disse estar comprometido com a administração da companhia aérea para superar a crise provocada pela pandemia da covid-19.

easyJet volta a voar Belfast – Faro no dia 16 de Junho

26-05-2020 (14h51)

A easyJet vai retomar as ligações entre Belfast, na Irlanda do Norte, e Faro, no Algarve, no dia 16 de Junho, com três voos por semana.

Transavia retoma voos para Lisboa e Faro a 4 de Junho

26-05-2020 (12h35)

A Transavia, low cost do grupo Air France KLM, está a anunciar a retoma a 4 de Junho de voos de Amesterdão para Lisboa e para Faro.

Estado alemão entra para o capital do grupo Lufthansa... mas não para mandar

26-05-2020 (11h57)

O grupo alemão Lufthansa anunciou que já tem a aprovação de um apoio estatal até nove mil milhões de euros, incluindo 4,7 mil milhões em participação societária, que descreve como “silent participation”, ou seja, que não confere o direito de “mandar”, como em Portugal é exigido pelo ministro Pedro Nuno Santos em relação a um eventual apoio à TAP.

Opinião e Análise