TAP e TAAG fazem mais oito voos Luanda-Lisboa no final de Julho e em Agosto

29-07-2020 (14h41)

As companhias aéreas portuguesa TAP e angolana TAAG vão realizar mais oito voos no final Julho e durante o mês de Agosto para ligar a capital de Angola, Luanda, que continua sob cerca sanitária devido à covid-19, a Portugal.

De acordo com informações disponibilizadas pelo Consulado de Portugal em Luanda, deverão ser operados voos da TAP na rota Luanda-Lisboa nos dias 29 e 31 de Julho, às 22h45, devendo os interessados contactar as companhias aéreas ou agências de viagens.

Também a TAAG tem vários voos previstos para ligar Luanda a Lisboa. Segundo informações das agências de viagens foi realizado um voo no dia 28 e serão operados voos nos dias 30 de Julho e 6, 13, 20 e 27 de Agosto.

Todos os passageiros que embarcam nestes voos deverão fazer testes laboratoriais para despistar a infeção por covid-19 previamente, de acordo com as recomendações do Consulado de Portugal em Luanda.

"Por razões de controlo sanitário, passou a ser exigido a todos os passageiros destes voos a apresentação de um comprovativo de teste laboratorial para despiste da infeção por SARS-CoV-2, com resultado negativo, realizado nas últimas 72 horas antes do embarque, sob pena de lhes ser recusada a entrada em território nacional", indica o consulado de Portugal.

Os cidadãos nacionais e estrangeiros com "residência em Portugal que excecionalmente não sejam portadores de realização do teste acima referido, serão submetidos, à chegada a território nacional, ao referido teste a expensas próprias", avisa a representação diplomática de Portugal em Luanda.

No entanto, "estão isentos da apresentação do comprovativo do teste covid-19 os cidadãos estrangeiros em trânsito por Portugal com destino aos seus países, desde que não saiam da zona internacional do aeroporto, salvo se o agravamento da situação epidemiológica assim o determinar", acrescenta-se ainda.

As autoridades portuguesas recordam que, além dos cidadãos com residência na União Europeia e no espaço Schengen, "será igualmente permitida a entrada de nacionais de países terceiros em viagem por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias, de acordo com o princípio da reciprocidade".

"Estes casos devem ser validados pelo Consulado Geral de Portugal em Luanda, através do envio do pedido para consulado.luanda@mne.pt", refere a entidade.

Angola mantém todas as suas fronteiras encerradas desde o dia 20 de Março, autorizando apenas voos de carga ou de caráter humanitário para transporte de cidadãos estrangeiros que desejam regressar ao seu país ou repatriamento de angolanos.

O país e a província de Luanda, foco da pandemia, estão sob cerca sanitária, pelo menos até 9 de Agosto.

Depois do período de estado de emergência, Angola vive, desde 26 de maio, situação de calamidade pública e conta com 950 casos da covid-19, sendo 667 ativos, 242 recuperados e 41 óbitos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 654 mil mortos e infetou mais de 16,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: TAP

Clique para ver mais: TAAG

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Companhia aérea brasileira Azul regista prejuízo de 450 milhões de euros no segundo trimestre

14-08-2020 (18h45)

A companhia aérea brasileira Azul registou um prejuízo de 2,9 mil milhões de reais (450 milhões de euros) no segundo trimestre de 2020, segundo balanço financeiro divulgado pela empresa.

EuroAtlantic vai ter novo horário na ligação para Bissau

14-08-2020 (18h12)

A euroAtlantic vai começar voar para a Guiné-Bissau num novo horário, com chegada diurna à capital guineense, a partir de 4 de Setembro, informou a companhia aérea.

Brasileira Azul lança empresa de aviação regional

12-08-2020 (20h37)

A companhia aérea brasileira Azul lançou na terça-feira uma nova subsidiária para o mercado de voos regionais, denominada Azul Conecta, que pretende chegar a 200 cidades nos próximos anos.

Portugal mantém-se no final de Julho a 8ª maior origem/destino de passageiros dos aeroportos espanhóis

12-08-2020 (17h03)

Os aeroportos espanhóis contabilizaram 1,077 milhões de passageiros em voos de/para Portugal nos primeiros sete meses deste ano, o que mantém o país como 8ª maior origem/destino de passageiros, ainda que a pandemia tenha causado uma quebra em 66% ou 2,087 milhões.

Pandemia já tirou mais de 105 milhões de passageiros aos aeroportos espanhóis

12-08-2020 (15h35)

Os aeroportos espanhóis tiveram em Julho quase sete milhões de passageiros, mas ainda assim ficaram 76,3% ou 22,4 milhões abaixo do mês homólogo de 2019, elevando a quebra desde o início do ano para 106,8 milhões (-67,9%), de acordo com os dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis recolhidos pelo PressTUR.

Opinião e Análise