TAP inaugura voos para destinos de praia em Marrocos e na Tunísia

05-07-2021 (14h15)

A TAP já está a voar para as estâncias balneares de Agadir e Oujda (Saïdia), em Marrocos, e Monastir e Djerba, na Tunísia, que a nova CEO da companhia apresenta como “importantes destinos turísticos” com “procura elevada em toda a Europa”.

Antes da pandemia de covid-19, estes quatro destinos eram comercializados durante o Verão em Portugal com voos charter de Lisboa e do Porto contratados por operadores turísticos portugueses.

Após o cancelamento das operações em 2020 devido à pandemia, os operadores turísticos portugueses programaram para este Verão a retoma dos charters para Saïdia, Monastir e Djerba, mas acabaram por cancelar devido ao impacto da incerteza nas reservas (clique para ler: Operadores turísticos portugueses cancelam charters para Tunísia e Marrocos).

A TAP, segundo confirmaram ao PressTUR fontes do mercado, chegou a ter planeado para o início de Junho a inauguração dos voos para Marrocos e Tunísia, mas acabou por adiar para os primeiros dias de Julho (clique para ler: TAP adia para Julho início dos voos para Marrocos e Tunísia).

A inauguração das quatro rotas foi hoje anunciada num comunicado onde é citada a nova CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, declarando que “o lançamento destas rotas faz parte do plano de recuperação da TAP e da retoma progressiva e crescimento da sua actividade, com o reforço da posição da companhia no Norte de África”.

A TAP alargou “a sua oferta a quatro importantes destinos turísticos da região, que registam procura elevada em toda a Europa", acrescentou a executiva.

Uma consulta ao website da TAP mostra que a companhia tem praticamente todos os voos fechados para estes destinos, o que fontes do mercado explicaram por reservas de operadores.

Para Marrocos, onde já opera voos para Casablanca, Marraquexe e Tanger, a companhia aérea começou a voar para Agadir com uma programação de quatro voos por semana, às segundas, sextas, Sábados e Domingos.

Os voos partem de Lisboa às 10h55 e chegam a Agadir às 13h35, em horas locais. De Agadir, os voos partem às 14h15 e chegam à capital portuguesa pelas 17h, em horas locais.

Outro destino inaugurado pela TAP em Marrocos é Oujda, o aeroporto mais próximo da estância balnear de Saïdia, com dois voos por semana, aos Sábados e Domingos.

Os voos partem de Portugal às 11h40 para chegar a Marrocos às 13h45. De Oujda, os voos partem às 14h25 para chegar a Lisboa às 16h30.

Para a Tunísia, os novos voos da TAP realizam-se uma vez por semana, às sextas para Monastir e aos Domingos para Djerba.

Os voos para Monastir partem de Lisboa às 10h10 para chegar à Tunísia às 13h05, regressando às 13h55 para chegar às 16h45.

Para Djerba, os voos partem às 9h55 e chegam às 12h55, regressando às 14h para chegarm às 16h55.

A TAP mantém uma política de flexibilidade que “oferece aos clientes que comprem bilhetes para esta rota até 31 de Julho de 2021 a possibilidade de fazer uma alteração de forma gratuita até três dias antes da partida”.

 

Clique para ver mais: TAP

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos enfrentam novas perdas e dívidas elevadas

26-10-2021 (15h32)

Os aeroportos europeus viram a sua dívida aumentar 200% em relação aos níveis anteriores à pandemia e muitos vão registar de novo perdas importantes este ano, advertiu hoje a associação do sector.

Thomas Ahlers é o novo director de Vendas do Grupo Lufthansa em Portugal

26-10-2021 (09h41)

O Grupo Lufthansa anunciou a nomeação de Thomas Ahlers para o cargo de general manager sales para Portugal, que estará baseado em Lisboa a partir de 1 de Novembro, sucedendo a Patrick Borg Hedley.

TICV retoma voos domésticos em Cabo Verde com mais de 400 passageiros num dia

25-10-2021 (13h50)

A Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV), detida pelo grupo angolano BestFly, retomou as ligações aéreas domésticas no arquipélago, com mais de 400 passageiros transportados e uma taxa de ocupação de 66% no primeiro dia, divulgou a companhia.

Aeroporto de Lisboa atenuou em Setembro a quebra de passageiros pela pandemia para menos de 45%

22-10-2021 (16h36)

O Aeroporto de Lisboa somou nos primeiros nove meses deste ano 7,77 milhões de passageiros de voos comerciais, registando assim uma quebra média de 70,2% face ao período homólogo de 2019, pré-pandemia, mas no mês de Setembro essa quebra atenuou-se para 44,8%.

Comunidade luso-venezuelana pede a Caracas que autorize a TAP a fazer voos directos para Portugal

22-10-2021 (13h55)

A comunidade luso-venezuelana espera que o Governo venezuelano autorize proximamente a TAP a realizar voos directos entre Caracas e Lisboa, a exemplo do que já aconteceu com outras empresas aéreas e outros destinos, mas está apreensiva devido à proximidade do Natal.

Opinião e Análise