TAP marca passo apesar de “interesse público”

10-07-2020 (15h34)

Uma semana depois de o Governo anunciar mudanças de fundo da TAP, entre elas a do CEO da companhia, inerentes ao reforço da sua posição para mais de 70% do capital, ainda nada mudou e é Antonoaldo Neves que continua a comandar a transportadora aérea.

“Antonoaldo continua como se nada tivesse acontecido”, comentaram fontes da TAP ao PressTUR que, aliás, avançaram que o CEO designado por David Neeleman, que alegadamente vai deixar de ter participação na companhia portuguesa a troco de 55 milhões, “continua a liderar reuniões de top management”.

As mesmas fontes dizem também que o executivo que veio do Brasil, onde foi CEO da Azul, para a TAP, diz ter contrato até Janeiro e que não foi notificado da sua substituição à frente da companhia portuguesa anunciada pelo ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos.

As fontes do PressTUR realçam que já passou mais de uma semana que o Conselho de Ministros anunciou que “aprovou uma resolução fundamentada que reconhece o excepcional interesse público subjacente à operação de auxílio” à TAP, que seria o passo necessário para ultrapassar a providência cautelar interposta pela Associação Comercial do Porto.

“A resolução reconhece que existe grave prejuízo para o interesse público na inibição do acto administrativo que conceda ou autorize que se conceda ajuda financeira ao Grupo TAP ou à TAP, com as consequentes repercussões, de natureza económica e social, para o país”, informou então o Executivo.

Porém, sem prazos, o que permite que a TAP se mantenha praticamente inactiva e vá ‘desconfinar’ com base no plano idealizado pelo CEO que o ministro diabolizou, sem que apareça o gestor que irá substituí-lo interinamente, até uma empresa de ‘caça-talentos’ sugerir uma equipa para a companhia portuguesa, como aconteceu em 2000, quando a então Swissair escolheu Fernando Pinto.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Companhia aérea brasileira Azul regista prejuízo de 450 milhões de euros no segundo trimestre

14-08-2020 (18h45)

A companhia aérea brasileira Azul registou um prejuízo de 2,9 mil milhões de reais (450 milhões de euros) no segundo trimestre de 2020, segundo balanço financeiro divulgado pela empresa.

EuroAtlantic vai ter novo horário na ligação para Bissau

14-08-2020 (18h12)

A euroAtlantic vai começar voar para a Guiné-Bissau num novo horário, com chegada diurna à capital guineense, a partir de 4 de Setembro, informou a companhia aérea.

Brasileira Azul lança empresa de aviação regional

12-08-2020 (20h37)

A companhia aérea brasileira Azul lançou na terça-feira uma nova subsidiária para o mercado de voos regionais, denominada Azul Conecta, que pretende chegar a 200 cidades nos próximos anos.

Portugal mantém-se no final de Julho a 8ª maior origem/destino de passageiros dos aeroportos espanhóis

12-08-2020 (17h03)

Os aeroportos espanhóis contabilizaram 1,077 milhões de passageiros em voos de/para Portugal nos primeiros sete meses deste ano, o que mantém o país como 8ª maior origem/destino de passageiros, ainda que a pandemia tenha causado uma quebra em 66% ou 2,087 milhões.

Pandemia já tirou mais de 105 milhões de passageiros aos aeroportos espanhóis

12-08-2020 (15h35)

Os aeroportos espanhóis tiveram em Julho quase sete milhões de passageiros, mas ainda assim ficaram 76,3% ou 22,4 milhões abaixo do mês homólogo de 2019, elevando a quebra desde o início do ano para 106,8 milhões (-67,9%), de acordo com os dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis recolhidos pelo PressTUR.

Opinião e Análise