TAP reforça liderança em voos Portugal - Espanha até Setembro, embora com perda de quota no Verão

22-10-2018 (18h02)

A TAP foi a companhia de aviação em que viajaram 39,7% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nos primeiros nove meses deste ano, a ganhar assim 0,2 pontos em relação ao período homólogo de 2017, embora no Verão (Junho a Setembro) tenha ficado em 37,6%, a baixar 0,6 pontos.

Os dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, a que o PressTUR teve acesso, indicam que a TAP transportou de/para os seus aeroportos, entre Janeiro e Setembro, 1,47 milhões de passageiros, com um aumento em 14,7% ou 189,6 mil, embora no período do Verão (Janeiro a Setembro) tenha registado um abrandamento do crescimento para 9,7% (mais 63,3 mil, para 715,7 mil).

O maior aeroportos espanhol da TAP voltou a ser este ano Barcelona, no qual somou 506,9 mil passageiros, com um aumento em 19,3% ou 82,1 mil, o qual está associado ao facto de ter retomado os voos de/para o Porto, que tinha retirado.

A TAP foi assim a companhia de aviação que transportou 43,8% dos passageiros que voaram entre Portugal e Barcelona, em alta de 1,8 pontos.

Já nas ligações entre Portugal e Madrid, a TAP perdeu três pontos de quota de mercado, para 28,4%, porque teve um aumento do número de passageiros de apenas 1,5% ou 7,4 mil, para 495,2 mil.

O terceiro maior aeroporto espanhol da TAP até Setembro foi Sevilha, no qual teve 96,7 mil passageiros, seguindo-se Valência, com 91,2 mil, Málaga, com 69,7 mil, Bilbau, com 60,5 mil, Gran Canária com 53,5 mil, Alicante, com 30,6 mil, Astúrias (Oviedo), com 24,8 mil, Vigo, com 24,8 mil, e A Coruña, com 20,8 mil.

Em Gran Canária e Alicante, novas ‘rotas espanholas’ da TAP, a companhia portuguesa teve, pelo efeito de não se comparar com períodos iguais, crescimentos a três dígitos, em 129,1% (mais 30,1 mil) e em 104,4% (mais 30,6 mil).

Entre as restantes linhas sobressaíram Sevilha, com aumento em 41,3% (mais 28,2 mil), Valência, com +22,1% (mais 16,5 mil), e Málaga, com mais 10% (mais 6,3 mil).

Com aumentos de apenas um dígito estiveram os voos da companhia portuguesas de/para A Coruña, com +5,1% (mais mil passageiros), Astúrias, com +9,9% (mais 2,2 mil), Bilbau, com +2,9% (mais 1,7 mil), e Vigo, com mais 1,6% (mais 385).

Nos meses de Verão (Junho a Setembro), em que o crescimento da TAP abrandou para 9,7% (mais 63,3 mil passageiros, para 715,7 mil), a companhia portuguesa teve mesmo queda do número de passageiros em voos de/para Madrid (-0,8% ou menos 1,7 mil, para 230,4 mil), Alicante (-1-3% ou menos cerca de 190, para 14,8 mil), Bilbau (-0,9% ou menos cerca de 270, para 29,3 mil) e Vigo (-5,8% ou menos cerca de 800, para 13 mil).

A compensar essas quedas estiveram especialmente os aumentos nos voos de/para Barcelona, em 23,2% ou 48,7 mil passageiros, para 259,1 mil, e de/para Sevilha, em 42,9% ou 13,4 mil, para 44,8 mil.

A companhia portuguesa também teve aumentos de passageiros nos seus voos de/para A Coruña (+3% ou mais cerca de 340, para 11,9 mil), Astúrias (+4,7% ou mais cerca de 600, para 13,3 mil), Gran Canária (+6,9% ou mais 1,6 mil, para 24,9 mil), Málaga (+4,4% ou mais 1,3 mil, para 30,6 mil) e Valência (+5,8% ou mais 2,3 mil, para 43,2 mil).

 

Para ler mais clique:

Voos entre Espanha e Portugal crescem a 14,1% até Setembro e atingem 3,7 milhões passageiros

 

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Espanha

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

United e American Airlines vão despedir 32.000 trabalhadores

01-10-2020 (15h26)

A companhia aérea norte-americana United Airlines anunciou que vai despedir a partir de hoje 13.000 funcionários, poucas horas depois da American Airlines ter anunciado que iria dispensar 19.000.

‘Família’ Pedrosa sai da Administração da TAP, mas grupo Barraqueiro mantém ‘representante’ (Actualiza)

01-10-2020 (12h41)

A TAP anunciou hoje a renúncia de Humberto Pedrosa e do seu filho David Pedrosa dos cargos que exerciam no grupo aéreo, nomeadamente de presidente da Administração e Vogal da Administração da companhia aérea TAP, SA, mas sem que o seu Grupo Barraqueiro deixe de estar representado.

Humberto e David Pedrosa renunciam aos cargos na administração na TAP

01-10-2020 (09h14)

Humberto e David Pedrosa apresentaram na quarta-feira a renúncia aos cargos de presidente e vogal, respectivamente, na TAP e nas demais sociedades do Grupo TAP onde exercem funções de administração.

Aer Lingus programa ter quatro voos por semana Dublin – Faro este Outubro

30-09-2020 (17h53)

A companhia de aviação irlandesa Aer Lingus, do IAG, tem programado fazer quatro voos por semana entre Dublin e Faro de 1 a 24 de Outubro, que são as últimas semanas do chamado Verão IATA.

TAP liga 25% mais cidades mesmo tendo só 30% da capacidade, diz o seu Chief Revenue & Network

30-09-2020 (17h46)

O Chief Revenue & Network da TAP, Arik De, comentou nas redes sociais que a companhia, embora tenha a sua capacidade reduzida a 30% do que tinha há um ano, liga 25% mais de cidades do que antes da pandemia, com uma redução de 92% no tempo médio de ligação.

Opinião e Análise