Venda de voos TAP pelas agências de viagens portuguesas cresce 9,9% até Outubro - Paula Canada

26-11-2018 (13h25)

As agências de viagens portuguesas aumentaram as vendas de voos TAP em 9,9% até ao fim de Outubro, revelou ao PressTUR a directora de Vendas e Marketing da companhia de aviação portuguesa, Paula Canada, que assim indica que a companhia ganhou quota no BSP Portugal.

As vendas em BSP (do inglês para Billing and Settlement Plan), sistema da IATA que regula as vendas de voos regulares pelas agências de viagens credenciadas, excluindo charters e parte das vendas de companhias low cost, estão com um crescimento global de cerca de 7% entre Janeiro e Outubro, tendo atingido, de acordo com dados a que o PressTUR teve acesso, o montante de 767,2 milhões de euros.

A comercialização de voos da TAP no BSP Portugal está, assim, com um ritmo de crescimento 2,9 pontos percentuais acima do aumento médio global das vendas de todas as companhias participantes, que são todas as chamadas ‘tradicionais’, bem como, mais recentemente, as low cost como a Ryanair e easyJet, as quais aderiram precisamente para tentarem crescer no mercado corporate.

Paula Canada revelou ao PressTUR o aumento médio das vendas de voos TAP no BSP Portugal até Outubro durante o 44º Congresso da APAVT, em Ponta Delgada, nos Açores.

Anteriormente, Abílio Martins, Chief Marketing and Sales Officer da companhia de aviação portuguesa, revelara à agência Lusa que as vendas de voos da TAP em BSP estavam com aumentos de 20% em voos domésticos e 6,9% em voos internacionais, os quais, de acordo com os dados a que o PressTUR teve acesso representam aproximadamente 90% das vendas da companhia pelas agências de viagens portuguesas.

No caso dos voos domésticos, a ponte aérea Lisboa – Porto é a rota que mais impulsiona o aumento das vendas de voos TAP pelas agências de viagens portuguesas, especificou a executiva.

Na venda de voos para o exterior, por sua vez, “há muitos destinos internacionais que estão a crescer muito, nomeadamente destinos europeus” e Estados Unidos, ao contrário de Angola, que “está a cair, por vicissitudes várias, ligadas a questões de transferências de dinheiro, etc”.

O Brasil, por sua vez, “está a passar um momento difícil, mas estamos convictos que no início do ano vai retomar”, acrescentou Paula Canada, que considerou que as eleições presidenciais e o Campeonato Mundial de Futebol fizeram “o Brasil estancar um bocadinho, mas está a começar a notar-se já uns sinais de recuperação”.

“Estamos também a incentivar a venda na Europa para o destino Brasil, mas não consegue compensar o abrandamento do mercado brasileiro”, que é “um mercado muito importante para nós, que representa 25% da nossa receita”, concluiu a executiva.


Ver também:

Negócio corporate da TAP “está todo nas agências [de viagens] e vai continuar a estar” – Paula Canada 


Clique para ver mais: TAP

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Foram multadas 13 companhias aéreas no segundo dia de restrições

03-12-2021 (17h33)

No segundo dia da obrigatoriedade de desembarcarem em Portugal continental apenas passageiros com teste negativo à covid-19 ou certificado de recuperação, 13 companhias aéreas e 59 passageiros foram multados nos aeroportos portugueses.

Apoio à TAP “deve ser visto como um investimento” – ministro da Economia

03-12-2021 (12h24)

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, afirmou hoje que o apoio estatal à TAP "deve ser visto como um investimento que todos estamos a fazer num activo que é estratégico para o país", naquela que considera ser uma "das empresas mais críticas para o nosso futuro colectivo".

ANA alerta para urgência de decidir sobre o aeroporto de Lisboa, por estar a recuperar níveis de 2019

02-12-2021 (17h20)

O Chief Commercial Officer da ANA Aeroportos, Francisco Pita, alertou hoje para a urgência de aumentar a capacidade aeroportuária da região de Lisboa, indicando que os movimentos de aeronaves na Portela atingiram “em muitos dias de Novembro” números idênticos a 2019.

Portugal já multou 152 passageiros e dez companhias aéreas por incumprimento das novas regras covid-19

02-12-2021 (17h14)

A PSP e o SEF registaram na quarta-feira 152 contraordenações de pessoas que desembarcaram nos aeroportos portugueses sem teste negativo à covid-19 ou certificado de recuperação, revelou hoje à Lusa o Ministério da Administração Interna (MAI).

United Airlines anuncia novas datas para a rota Ponta Delgada-Nova Iorque

02-12-2021 (16h31)

A companhia aérea norte-americana United Airlines vai voar entre Ponta Delgada e Nova Iorque, a partir de 14 Maio de 2022, e vai retomar as ligações entre Porto e Nova Iorque e entre Lisboa e Washington D.C. no dia 27 de Março.

Opinião e Análise