Vendas de voos das agências de viagens portuguesas caem 324 milhões de euros no 1º semestre

16-07-2020 (17h13)

Foto: Ross Parmly / Unsplash
Foto: Ross Parmly / Unsplash

A agências de viagens portuguesas participantes no BSP registaram uma quebra das vendas de voos no primeiro semestre que ascende a 324 milhões de euros, para o mínimo histórico neste período do ano de 172,8 milhões.

Dados do BSP Portugal a que o PressTUR teve acesso indicam que essa quebra ocorreu designadamente por um decréscimo do número de bilhetes vendidos em 56,8%, de 1,69 milhões nos primeiros seis meses de 2019 para 730,4 mil no primeiro semestre deste ano.

A pandemia de covid-19 é a causa unanimemente apontada para explicar essa ‘hecatombe’, nomeadamente por que levou a quase imobilização total de TAP, que contava para cerca de 50% das vendas de voos pelas agências de viagens portuguesas.

Ainda assim, ao contrário do que aconteceu em Espanha, em Portugal não se verificaram ‘vendas negativas’, quando os reembolsos são processados pelo BSP e somam mais que as vendas.

Em Espanha, de acordo com a imprensa especializada em turismo, ocorreram ‘vendas negativas’ quer em Abril quer em Maio, nos montantes de -4,3 milhões e de -9,5 milhões, respectivamente.

No conjunto do semestre, as vendas BSP em Espanha elevaram-se a 891,4 milhões de euros, com uma quebra de 67,3% em relação ao período homólogo de 2019, com quebra no mês de Junho a elevar-se a 94,9%, para 23,1 milhões.

Para ler mais clique:

Vendas de voos pelas agências de viagens recuperam muito timidamente

 

Clique para mais notícias: BSP Portugal

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Évora acolhe projecto de nova aeronave do CEiiA e de empresa brasileira

25-09-2020 (16h36)

O primeiro programa aeronáutico completo de Portugal, o ATL-100, para desenvolver, fabricar e operar uma nova aeronave ligeira, é apresentado hoje, sexta-feira 25 de Setembro, em Évora, numa parceria entre o CEiiA e a empresa brasileira DESAER.

Air Macau antecipa o dobro de passageiros em Outubro

25-09-2020 (16h15)

A companhia aérea Air Macau afirmou hoje que espera vir a ter o dobro do número de passageiros em Outubro, em comparação com o mês anterior, ainda assim muito longe do habitual em anos anteriores.

Ryanair anuncia que Beauvais passa a ser a sua nova base em França

25-09-2020 (15h35)

A low cost Ryanair que de há muito opta por voar para Beauvais, a 79 quilómetros de Paris, como se fosse a capital francesa, anunciou agora o seu ‘upgrade’ a base, com dois aviões dedicados.

KLM avisa que o seu calendário de Inverno será “muito mais restricto” devido à covid-19

25-09-2020 (14h10)

A companhia de aviação holandesa KLM informou que devido às restrições para travar a disseminação da covid-19, terá um programa de voos no próximo Inverno “muito mais restricto” que há um ano e especificou que em Novembro, primeiro mês do chamado Inverno IATA 20/21, terá apenas cerca de 55% da capacidade do mês homólogo de 2019.

Aeroporto de Helsínquia recorre a cães para detectar casos de coronavírus

25-09-2020 (13h23)

As autoridades finlandesas decidiram enviar cães pisteiros para detectar o novo coronavírus no maior aeroporto internacional da Finlândia para testar, durante os próximos quatro meses, um método alternativo que será mais barato e mais rápido na identificação de viajantes infectados.

Opinião e Análise