Voos Espanha – Portugal superam os 5,6 milhões de passageiros, com aumento em 16%

14-01-2020 (16h53)

Foto: Nils Nedel / Unsplash
Foto: Nils Nedel / Unsplash

Os voos de/para Portugal foram, entre o Top10 de origens/destinos dos aeroportos espanhóis, os que tiveram o crescimento de passageiros mais forte em 2019, em 16%, com o qual ultrapassaram a marca de 5,6 milhões.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR indicam que de 2018 para 2019 mais 779,4 mil passageiros voaram de/para Portugal, que, por sua vez, é o quarto maior aumento, depois de Itália, com mais 956,7 mil, França, com mais 811,1 mil, e Reino Unido, com mais 784,9 mil.

A análise do PressTUR aos dados da AENA evidenciou que em todos os meses de 2019 os aeroportos espanhóis tiveram aumentos a dois dígitos de passageiros de voos de/para Portugal, com realce para +20,1% em Novembro e +20,7% em Dezembro.

O maiores aumentos mensais, porém, foram os meses de Verão, com mais 83,9 mil em Julho, mais 83,1 mil em Junho, mais 74,2 mil em Setembro e mais 73,4 mil em Agosto.

A mesma informação mostrou que em cinco meses de 2019 foi ultrapassada a marca de meio milhão de passageiros a voar entre Portugal e Espanha, com o recorde mensal a situar-se em 578,4 mil, no mês de Julho.

O segundo mês mais forte foi Agosto, com 573, mil, seguindo-se Setembro, com 541,5 mil, Junho, com 524, 6 mil, e Outubro, com 501,1 mil.

Estes dados evidenciam a relevância da procura portuguesa de férias em Espanha, que nos primeiros onze meses de 2019 atingiu a marca de 2,3 milhões, em alta de 5% (para ler mais clique: Número de turistas portugueses em Espanha iguala até Novembro o recorde de 2018).

Em 2019, os aeroportos espanhóis atingiram o recorde de 275,2 milhões de passageiros, 85,7 milhões em voos domésticos, que tiveram um aumento em 6,4%, enquanto o crescimento em voos internacionais ficou em 3,5%.

Para este crescimento mais moderado concorreram, nomeadamente, as quedas em voos de/para a Alemanha, segunda maior origem/destino internacional, em 2,1%, e Suíça, 6ª origem/destino internacional, em 0,1%, bem como os ‘magros’ aumentos nas ligações com o Reino Unido, 1ª origem/destino internacional, com apenas +1,8%, e Holanda, 5ª origem/destino, em 0,4%.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos espanhóis

Clique para mais notícias: Espanha

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pandemia de covid-19 ‘tira’ 1.200 milhões de euros de receitas ao grupo Lufthansa no 1º trimestre

03-06-2020 (09h23)

O grupo Lufthansa, nº 1 europeu da aviação comercial, comunicou hoje uma quebra de receitas no primeiro trimestre que atinge 1.200 milhões de euros pelo “drástico decréscimo do tráfico aéreo” devido à pandemia de covid-19.

Etihad Airways lança programa Etihad Wellness

02-06-2020 (17h58)

A companhia aérea Etihad Airways lançou o programa e guia de saúde e higiene para clientes Etihad Wellness.

Aviação já vai ganhando ‘altitude’ e Wizz Air sobressai

02-06-2020 (17h35)

A aviação mundial dá claros sinais de estar a levantar voo, que se traduz num aumento esta semana dos lugares disponíveis em cerca de 16%, de acordo com a consultora OAG, que não deixa de notar que se a comparação for com a semana homóloga de 2019, então a quebra ainda é dramática.

Air Europa retoma a 15 de Julho ligações com Lisboa, Porto e 15 destinos intercontinentais

02-06-2020 (17h31)

A Air Europa vai retomar as ligações com Lisboa e Porto, com voos diários de Madrid, no dia 15 de Julho, o mesmo dia em que tem programado voltar a operar 15 rotas intercontinentais a partir da capital espanhola.

Abril foi pior mês de sempre para as agência corporate brasileiras, ABRACORP

02-06-2020 (15h46)

As agências corporate brasileiras tiveram em Abril uma “queda sem precedentes” da sua actividade, informou ontem a sua associação, a ABRACORP, que enfatiza que se tratou de uma queda que “supera até mesmo os dados das semanas que sucederam ao fatídico atentado às torres gémeas, em 2001, nos EUA”.

Opinião e Análise