Barceló e Globalia vão receber resgate de 235 milhões de euros para concretizar fusão

19-11-2020 (11h08)

A holding das participações estatais de Espanha (SEPI) vai conceder um empréstimo de 235 milhões de euros aos grupos Barceló e Globalia para concretizarem a fusão dos seus negócios de agências de viagens e operação turística.

O empréstimo poderá ser aprovado nas próximas semanas, estando muito avançadas as negociações entre a SEPI (Sociedad Estatal de Participaciones Industriales), a Ávoris (Barceló) e a Halcón Viajes (Globalia), segundo fontes citadas pelo jornal espanhol “El Confidencial”.

Após aprovação pela SEPI, é esperada antes do final do ano a autorização do governo espanhol em conselho de ministros.

Para o empréstimo ser aprovado as empresas devem retomar a negociação da fusão e renegociar as paticipações, ficando a Barceló com 60% da nova empresa. O Estado espanhol, por sua vez, terá presença no Conselho de Administração da nova empresa e poderá nomear um CEO, avança o “El Confidencial”.

A fusão dará origem ao maior grupo espanhol de agências de viagens e operação turística, com uma facturação anual de cerca de 3.700 milhões de euros, com 6.000 trabalhadores e 1.500 pontos de venda.

A Globalia entrará com as marcas Halcón Viajes, Viajes Ecuador, Geomoon, Travelplan, Welcome, Globalia Meetings and Events, Globalia Corporate Travel e Globalia Autocares, enquanto a Barceló entrará com a Ávoris, que tem as marcas B the Travel Brand, Catai, Rhodasol, Bedtoyou, BCD Travels, BCD Meetings & Events e a companhia aérea Evelop.

O acordo inicial previa que a empresa resultante da fusão seria 50,5% da Barceló e 49,5% da Globalia, mas negócio foi suspenso em Julho devido ao impacto da pandemia de covid-19.

 

Clique para ver mais: Globalia

Clique para ver mais: Barceló

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

IAG só prevê ter este trimestre 20% da capacidade de há um ano

01-03-2021 (16h39)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, de que fazem parte a British Airways, a Iberia, a Vueling e a Aer Lingus, só prevê ter este trimestre 20% da capacidade que teve há um ano, sem avançar mais além desse período dada a “elevada incerteza” que predomina.

MSC Seaside volta aos cruzeiros a 1 de Maio

01-03-2021 (16h36)

A MSC Cruzeiros anunciou que o MSC Seaside vai voltar aos cruzeiros a 1 de Maio, juntando-se assim ao MSC Grandiosa que está a fazer itinerários no Mediterrâneo Oriental.

Comissão Europeia propõe este mês passe digital para permitir retoma das viagens

01-03-2021 (16h03)

A Comissão Europeia vai propor este mês um “Digital Green Pass” com indicações de vacinação, teste negativo ou recuperação recente da covid-19 para que se possa retomar a mobilidade, “que muitos Estados esperam ocorra em toda a Europa antes de Maio”.

Vila Galé junta 2.500 colaboradores de Portugal e do Brasil em convenção digital

01-03-2021 (15h43)

A Vila Galé começa hoje a sua convenção anual que vai reunir pela primeira vez todos os 2.500 colaboradores de Portugal e do Brasil em simultâneo, em formato digital, além de convidados como a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e o ministro de Turismo do Brasil, Gilson Machado Neto.

Ritz-Carlton Yacht Collection recebe o seu primeiro navio em Abril

01-03-2021 (15h04)

A Ritz-Carlton Yacht Collection vai receber a sua primeira embarcação, o Evrima, a 22 de Abril, depois de uma subsidiária da proprietária do navio ter tomado controlo do estaleiro onde este está a ser construído.

Opinião e Análise