Brasileira Azul lança empresa de aviação regional

12-08-2020 (20h37)

Imagem: www.voeazul.com.br
Imagem: www.voeazul.com.br

A companhia aérea brasileira Azul lançou na terça-feira uma nova subsidiária para o mercado de voos regionais, denominada Azul Conecta, que pretende chegar a 200 cidades nos próximos anos.

A Azul Conecta, que inicia a operação em 36 destinos brasileiros, é fruto da compra da companhia TwoFlex, concretizada em Maio, por 123 milhões de reais (19,4 milhões de euros).

A frota da nova transportadora é composta por 17 aeronaves modelo "Cesna Gran Caravan", com capacidade para nove passageiros. Dos 17 aparelhos, três são exclusivamente para carga.

"Acreditamos muito na aviação sub-regional, no atendimento das cidades que hoje não conseguiríamos fazer com a frota que temos. Essa versatilidade de frota ajuda muito a atender esses mercados menores", disse à imprensa o vice-presidente técnico operacional da Azul, Flávio Costa, durante a cerimónia de lançamento da nova companhia aérea, em Jundiaí, no estado de São Paulo.

O presidente da Azul, John Rodgerson, mostrou-se otimista em relação à crise que o mundo atravessa, afirmando que o Brasil precisa de olhar para o futuro.

"Sei que todos estão tristes com tudo o que está a acontecer no mundo, mas isso vai acabar e precisamos olhar para o futuro e em como o Brasil vai crescer. Com essas aeronaves vamos transformar o país mais uma vez, chegar a mais 200 destinos", declarou.

Também o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, sublinhou a importância da aviação regional para o país, uma das prioridades da Secretaria que lidera.

"O Brasil tem mais de cinco mil municípios e tem grandes dificuldades em conexão aérea. No Sudeste, com os melhores terminais brasileiros, isso não é tão sentido, mas há cidades da Amazónia, no centro-Oeste e no Nordeste que não tem infraestrutura para aeronaves de médio e grande portes, e sabemos que chegar com esses modelos que a Azul Conecta opera é fundamental para o desenvolvimento do país", afirmou Glanzmann, citado pela imprensa local.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Brasil

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CCB quer fechar contrato este ano com Mota Engil para hotel e zona comercial

01-10-2020 (16h57)

O Centro Cultural de Belém (CCB) espera assinar ainda este ano o contrato com a construtora Mota Engil, para a construção e exploração de um hotel e zona comercial nos módulos que faltam ao edifício original.

Tailândia prolonga estado de emergência até 31 de Outubro

01-10-2020 (16h41)

A Tailândia prolongou até 31 de Outubro o Estado de Emergência decretado para conter a propagação da covid-19.

Marriott estreia marca Aloft no Japão

01-10-2020 (16h22)

A Marriott International abriu o primeiro hotel da sua marca Aloft no Japão, em Tóquio, uma unidade hoteleira com um design arrojado e cores brilhantes, num piscar de olho ao movimento cultural dos anos 1960 Miyuki-zoku.

Quebra de dormidas de turistas estrangeiros em Portugal atingiu 4,46 milhões

01-10-2020 (15h28)

O alojamento turístico português sofreu em Agosto uma quebra das dormidas de turistas residentes no estrangeiro em 72%, com quebras acima de 80% em sete dos 16 principais emissores, nomeadamente os de longo curso.

United e American Airlines vão despedir 32.000 trabalhadores

01-10-2020 (15h26)

A companhia aérea norte-americana United Airlines anunciou que vai despedir a partir de hoje 13.000 funcionários, poucas horas depois da American Airlines ter anunciado que iria dispensar 19.000.

Opinião e Análise