Costa Cruzeiros quer “papel de liderança” no mercado português, Luigi Stefanelli

13-12-2019 (14h55)

A Costa Cruzeiros vai investir em Portugal para alcançar um “papel de liderança” como tem noutros países europeus, disse ao PressTUR Luigi Stefanelli, director-geral da subsidiária para Espanha e Portugal da líder mundial de cruzeiros, a Carnival Corp.

“A Costa Cruzeiros decidiu fazer uma aposta mais forte no mercado português e por isso estamos aqui”, enfatizou o executivo numa apresentação para agentes de viagens portugueses esta quinta-feira em Lisboa.

“Vamos gerir o mercado de maneira directa, sem nenhum intermediário, porque vocês nos pediram, em primeiro lugar, e porque faz muito sentido”, continuou Luigi Stefanelli, acrescentando que assim a operadora pode “garantir um nível de serviço melhor”.

“Queremos fazer parte do crescimento deste mercado, que é um mercado que está a crescer muito”, mas que “ainda tem uma penetração de cruzeiros bastante baixa e, então, para nós é um mercado muito interessante”, frisou.

Ao PressTUR, Luigi Stefanelli disse que a companhia tem crescido em Portugal “mas não tanto como o mercado” e que a perspectiva é que “gerir o mercado directamente vai ajudar-nos a crescer”.

Sem revelar números absolutos, Stefanelli destacou que a empresa está “a crescer a dois dígitos” em Portugal e quer continuar. “O nosso objectivo é ter um papel de liderança como temos noutros países na Europa”.

“Somos líderes na Europa, mas ainda não somos em Portugal. Impulsionar o mercado requer atenção, esforço, investimento e nós estamos prontos para fazer investimentos”, assegurou.

Por um lado, o potencial de crescimento reside na quantidade de pessoas que ainda não faz cruzeiros. “O mercado português tem mais ou menos 60 mil passageiros, o que significa que anualmente cerca de 0,6% da população portuguesa faz um cruzeiro”.

Por outro lado, há margem para crescer através da melhoria do serviço prestado aos agentes de viagens, que comercializam os cruzeiros. “O modelo de serviço que prestamos aos agentes de viagens espanhóis é algo que queremos replicar aqui”, disse Stefanelli, reconhecendo que “obviamente há diferenças no mercado e temos que nos adaptar”.

A Costa Cruzeiros está a apostar mais nos programas com tudo incluído, o que possibilita “tornar a mensagem muito simples, fácil de vender”.

“Do ponto de vista do agente de viagens, ele tem tudo, não tem que se preocupar, não há custos escondidos, taxas, gorjetas, e isto também ajuda a colocar a Costa na mente do agente de viagens”, defendeu Stefanelli.

Luigi Stefanelli assumiu os comandos da Costa no mercado espanhol este ano, a 1 de Outubro, e passou a liderar também o mercado português a 1 de Dezembro.

O executivo está na Costa Cruzeiros desde 2011 e passou pelas marcas Costa, Costa Asia e Aida, representando a companhia em Xangai, na Áustria e na Suíça.

Em Portugal, Henrique Mateus e Ricardo Lopes são os representantes da companhia, com os cargos de senior sales manager e sales manager, respectivamente.

A Costa Cruzeiros tem um departamento de reservas em Barcelona e um departamento de grupos em Madrid, ambos com atendimento em português.

Ver também:

Costa Cruzeiros vai quase septuplicar a capacidade disponível para o mercado português

Costa Cruzeiros passa a gerir directamente o mercado português

 

Clique para ver mais: Costa Cruzeiros

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cabo Verde corta 25% do investimento no terminal de cruzeiros em São Vicente

27-07-2020 (16h24)

O Governo cabo-verdiano vai cortar um quarto do investimento que previa fazer este ano na construção do terminal de cruzeiros em São Vicente, uma empreitada de 26 milhões de euros e lançada a concurso público no início do ano.

Princess Cruises prolonga suspensão de operações até 15 de Dezembro

23-07-2020 (18h12)

A Princess Cruises prolongou a suspensão das suas operações até 15 de Dezembro, “devido ao progresso da covid-19 e tendo em conta as decisões dos governos, autoridades sanitárias e companhias aéreas sobre restrições de viagem”.

Grupo Royal Caribbean prolonga reservas flexíveis até 30 de Setembro

23-07-2020 (18h05)

O Grupo Royal Caribbean prolongou até 30 de Setembro o período em que permite reservas de cruzeiros com possibilidade de cancelamento até 48 horas antes da partida.

Grupo Royal Caribbean prolonga suspensão de cruzeiros até 30 de Setembro

20-07-2020 (11h43)

O Grupo Royal Caribbean Cruises, que inclui as companhias Royal Caribbean International, Celebrity Cruises e Azamara, prolongou a suspensão das suas operações até 30 de Setembro.

MSC Cruzeiros prolonga suspensão de operações no Mediterrâneo até 15 de Agosto

17-07-2020 (17h31)

A MSC Cruzeiros prolongou a suspensão das suas operações no Mediterrâneo até 15 de Agosto.

Opinião e Análise