Cunard só volta aos cruzeiros a partir de 25 de Março de 2021

25-08-2020 (15h01)

A companhia de cruzeiros Cunard, que tem os navios Queen Elizabeth, Queen Mary 2 e Queen Victoria, prolongou a suspensão das suas operações de Novembro para 25 de Março de 2021.

A decisão decorre das recomendações do governo britânico sobre viagens e da complexidade das viagens mundiais organizadas pela companhia, segundo um comunicado.

A Cunard prevê voltar a navegar com o Queen Elizabeth a partir de 25 de Março de 2021, com o Queen Mary 2 a partir de 18 de Abril de 2021 e com o Queen victoria a partir de 16 de Maio de 2021.

Citado no comunicado, o presidente da Cunard, Simon Palethorpe, lamentou os cancelamentos das viagens programadas e justificou a decisão: “simplesmente não achamos que seja sensato começar a navegar novamente com nossa programação actual”.

O navio Queen Elizabeth regressou ao Reino Unido e devido à “contínua incerteza sobre a reabertura de muitos portos e países” terá a sua programação alterada em 2021.

Todas as partidas do Queen Elizabeth para o período entre 26 de Março de 2021 e 13 de Dezembro de 2021 pela Austrália, Japão e Alasca serão canceladas.

“Estas viagens serão substituídas por um programa de férias europeias de menor duração, de três a 14 noites, com partida de Southampton”, a começar no final de Março de 2021 “com uma série de viagens panorâmicas ao redor da costa da Cornualha, da costa Oeste da Irlanda e das ilhas escocesas”, frisou o presidente da Cunard.

Os itinerários do Queen Elizabeth, continuou Simon Palethorpe, terão escalas em Amesterdão com pernoita na cidade, “bem como viagens para destinos do Norte e do Sul da Europa, incluindo a Noruega e a Costa Ibérica, com vários desses roteiros a incluir pernoitas em cidades”.

A temporada do Queen Elizabeth será concluída com uma série de viagens de sete e de 14 noites no Mediterrâneo, com partidas de Barcelona.

Todas as viagens do Queen Elizabeth estarão disponíveis para reservas a partir de 29 de Setembro.

O executivo acrescentou que o Queen Mary 2, que teve a sua volta ao mundo reduzida este ano e cancelada a do próximo, fará uma volta ao mundo clássica em 2022, que substitui as viagens planeadas para começar a 3 de Janeiro de 2022 e 3 de Abril de 2022, incluindo a viagem para a América do Sul.

O novo itinerário de 118 noites começa em Nova Iorque no dia 3 de Janeiro de 2022 e inclui paragens na Grécia, Dubai, Sri Lanka, Singapura, Vietname, Hong Kong, Austráli e Bali, antes de regressar a Southampton, fazendo escalas em Abu Dhabi, Omã, Itália e Portugal. O Queen Mary 2 navegará pelo Canal de Suez tanto na viagem de ida quanto na volta.

O itinerário poderá ser reservado como volta ao mundo completa ou como um de seis sectores, estando as vendas disponíveis a partir de 8 de Setembro.

Os clientes afectados podem receber um voucher com a totalidade do valor pago e um bónus de 25% ou pedir o reembolso através do website da companhia.

 

Clique para ver mais: Cunard

Clique para ver mais: Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Carnival vende navios de cruzeiros Fascination e Imagination

16-09-2020 (18h09)

A Carnival Cruise Line vendeu dois navios de cruzeiros da década de 1990, o Carnival Fascination e o Carnival Imagination, "uma medida necessária" para a empresa poder apostar em navios mais eficientes e com melhores instalações, segundo Christine Duffy, presidente da companhia.

Carnival adia retoma das operações de quatro navios de cruzeiros

16-09-2020 (18h04)

A Carnival Cruise Line anunciou hoje o adiamento até ao primeiro semestre de 2021 da retoma das operações de quatro navios (Magic, Paradise, Valor e Spirit), para concluir as suas renovações.

Subiu para oito número de infectados com covid-19 em navio de cruzeiro no Douro

15-09-2020 (11h45)

A Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) informou que há um sexto tripulante infectado com covid-19 no navio cruzeiro da empresa CroisiEurope que opera no rio Douro, além de dois passageiros.

Governo prolonga interdição aos cruzeiros até 30 de Setembro

14-09-2020 (13h45)

O Governou prolongou até 30 de Setembro a interdição ao desembarque e licenças para terra de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro nos portos portugueses devido à pandemia de covid-19.

Madeira espera voltar a receber cruzeiros em Novembro

14-09-2020 (10h25)

O movimento de navios de cruzeiros nos portos da Madeira deverá ser retomado em Novembro, mas tudo dependerá da situação internacional da pandemia da covid-19, disse o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque.

Opinião e Análise