MSC World Europa “determinará os padrões para o cruzeiro do futuro”

30-06-2020 (15h20)

Foto: MSC Cruzeiros
Foto: MSC Cruzeiros

A MSC Cruzeiros celebrou ontem a colocação da quilha no MSC World Europa, um navio que “determinará os padrões para o cruzeiro do futuro” segundo o director-geral dos estaleiros Chantier de l’Atlantique, Laurent Castaing.

“É com muito orgulho que iniciamos a construção de um navio que determinará os padrões para o cruzeiro do futuro”, Laurent Castaing, citado num comunicado, acrescentando que “é um marco essencial” na história da cooperação de 20 anos com a MSC Cruzeiros.

O navio, que terá mais de 200 mil toneladas e deverá começar a navegar em 2022, será o primeiro da frota da MSC Cruzeiros a ser movido a gás natural liquefeito (GNL).

“Será um dos navios de cruzeiro movidos a GNL mais avançados tecnológica e ambientalmente da sua classe e o primeiro a ser construído em França”, sublinha um comunicado da empresa.

O MSC World Europa, acrescenta o comunicado, terá “um novo sistema demonstrador de 50 quilowatts que incorpora a tecnologia de célula de combustível de óxido sólido (SOFC) e utiliza o GNL para produzir electricidade e calor a bordo, a primeira vez que uma célula de combustível movida a GNL será usada num navio de cruzeiro”.

Esta solução “reduzirá as emissões de gases de efeito estufa (GEE) em cerca de 30% em comparação com um motor GNL convencional, sem emissões de óxidos de nitrogénio, óxidos de enxofre ou partículas finas”, salienta a MSC Cruzeiros, acrescentando que o navio terá ainda a “vantagem de ser compatível com GNL, bem como vários combustíveis baixos em carbono, como tipos de metanol, amónia e hidrogénio”.

O sistema de tratamento de águas residuais do navio também “supera alguns dos padrões regulamentados mais rigorosos do mundo, para além de outras tecnologias ambientais de última geração”, acrescenta a empresa.

“O MSC World Europa é mais uma prova do nosso compromisso para com a gestão ambiental, pois está preparado para reduzir as emissões de carbono ainda mais do que muitos outros navios de cruzeiro existentes movidos a GNL, que é actualmente o combustível mais ecológico para operações marítimas comerciais”, afirmou Pierfrancesco Vago, executive chairman da MSC Cruises, citado no comunicado.

Em 2021, antes de receber o MSC World Europa, a companhia de cruzeiros prevê receber o navio MSC Virtuosa, actualmente em construção em Saint-Nazaire.

A MSC Cruzeiros tem ainda encomendas fixas com os Chantiers de l'Atlantique para mais dois navios movidos a GNL, um para cada uma das classes de navios, MSC World e Meraviglia.

 

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: MSC Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Reino Unido desaconselha viagens de cruzeiros

10-07-2020 (13h24)

O Governo do Reino Unido emitiu um aviso a desaconselhar viagens de cruzeiros devido à pandemia da covid-19 e com base nas recomendações das autoridades de saúde inglesas.

MSC Cruzeiros junta grupo de especialistas para ajudar a desenvolver protocolo de segurança

09-07-2020 (17h48)

A MSC Cruzeiros criou o grupo de especialistas Covid Blue-Ribbon para ajudar no desenvolvimento de um protocolo de segurança que cumpra as orientações estabelecidades para lidar com as consequências da pandemia do novo coronavírus.

Companhias de cruzeiros juntam especialistas em saúde para definir padrões de segurança

08-07-2020 (16h21)

As empresas de cruzeiros Royal Caribbean Cruises e Norwegian Cruise Line juntaram vários especialistas em saúde para definir os “padrões de segurança e saúde para as companhias de cruzeiros”, esperando ter as primeiras recomendações até ao final de Agosto.

WTTC e Carnival promovem conferência virtual sobre “a nova normalidade”

06-07-2020 (18h25)

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) e a Carnival, de que fazem parte as companhias de cruzeiros como a Costa e a AIDA, vão realizar no dia 23 de Julho uma conferência virtual sobre a covid-19 e a “nova normalidade”.

Costa Cruzeiros prolonga suspensão de operação até 15 de Agosto

03-07-2020 (14h02)

A Costa Cruzeiros vai prolongar a suspensão de operação até 15 de Agosto e cancelar todos os cruzeiros no Norte da Europa para o Verão de 2020 e os itinerários do Costa Victoria.

Opinião e Análise