Norwegian Cruise Line suspende cruzeiros até 11 de Abril

14-03-2020 (15h12)

Foto: www.ncl.com
Foto: www.ncl.com

A operadora de cruzeiros Norwegian Cruise Line Holdings anunciou a suspensão voluntária de todos os cruzeiros das suas três marcas até 11 de Abril para prevenir a propagação de Covid-19.

Em comunicado, a empresa especifica que a suspensão abrange as marcas Norwegian Cruise Line, Oceania Cruises e Regent Seven Seas Cruises, apesar de, como salienta, não haver qualquer caso confirmado de Covid-19 na sua frota de 28 barcos.

A Norwegian Cruise Line Holdings diz que a suspensão é temporária e tem o objectivo de contribuir para os esforços em todo o mundo para conter a disseminação de Covid-19.

"A segurança e o bem-estar dos nossos hóspedes e tripulantes são a nossa maior prioridade. Com o Covid-19, o coronavírus, a afectar comunidades em todo o mundo, promulgamos uma suspensão temporária voluntária das viagens de cruzeiro pelas nossas marcas com efeito imediato", disse o presidente e CEO da Norwegian Cruise Line Holdings, Frank Del Rio, citado no comunicado.

O executivo disse ainda lamentar os inconvenientes que a interrupção pode causar a clientes e parceiros de viagem.

A empresa esclareceu que os clientes que já estão em viagens vão conclui-las e desembarcar assim que seja possível.

A empresa informou também que as pessoas que têm reservas para viagens com data de embarque até 11 de Abril na Norwegian Cruise Line, na Oceania Cruises ou na Regent Seven Seas Cruises devem entrar em contacto com as agências de viagem ou com a linha de cruzeiros para obter informações.

Todos os clientes vão receber um reembolso de 125% da tarifa paga na forma de um crédito de cruzeiro futuro, que pode ser aplicado a qualquer cruzeiro até 31 de dezembro de 2022.

"Para os que desejam não usufruir dos 125% de crédito em futuro cruzeiro, 100% da tarifa paga será reembolsada na forma do pagamento original até 90 dias após a sua solicitação", indicou também a empresa.

A Norwegian também informou que as comissões de parceiros de viagem em cruzeiros cancelados serão protegidas conforme a política normal.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Norwegian

Clique para mais notícias: Coronavírus

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

NCL tem “Portugal no radar como mercado emissor e como destino”

23-02-2021 (19h29)

A Norwegian Cruise Line (NCL), que antes da pandemia de covid-19 estava a investir em Portugal como destino e mercado emissor para os seus cruzeiros, vai continuar a investir no seu crescimento no país, anunciaram hoje os directores da companhia Kevin Bubolz e Jürgen Stille numa conferência de imprensa online.

Quantum of the Seas vai ficar mais três meses em Singapura

23-02-2021 (18h29)

O Quantum of the Seas, embarcação da companhia de cruzeiros Royal Caribbean, vai prolongar a sua temporada em Singapura, onde está a fazer cruzeiros de duas, três e quatro noites, por mais três meses.

NCL cria plataforma para agentes de viagens que permitirá “regressar em força” às vendas

23-02-2021 (17h33)

A Norwegian Cruise Line (NCL) aproveitou a suspensão das operações para investir numa plataforma que permitirá aos agentes de viagens "vender melhor os nossos cruzeiros" e, assim, "regressar em força", anunciaram hoje os directores da companhia Kevin Bubolz e Jürgen Stille numa conferência de imprensa online.

MSC Seashore traz novidades em relação aos navios da sua classe

19-02-2021 (18h54)

A MSC Cruzeiros vai inaugurar o seu maior navio, o MSC Seashore, em Agosto, a primeira embarcação da subclasse Seaside EVO, que traz novidades em relação aos navios da classe Seaside.

Arvia será o nome do segundo navio movido a GNL da P&O Cruises

18-02-2021 (17h00)

A P&O Cruises, subsidiária da Carnival Corporation, vai dar o nome de Arvia ao seu segundo navio movido a gás natural liquefeito (GNL), que vai entrar ao serviço em Dezembro de 2022.

Ultimas Noticias

Opinião e Análise