Royal Caribbean investe 150 milhões de euros na renovação do Oasis of the Seas

24-05-2019 (11h39)

Imagem: Royal Caribbean
Imagem: Royal Caribbean

A Royal Caribbean, representada em Portugal pela Melair Cruzeiros, anunciou que vai investir 165 milhões de dólares (cerca de 150 milhões de euros) para renovar em 63 dias o seu emblemático navio Oasis of the Seas.

“A maior e mais surpreendente revitalização dentro do projecto Royal Amplified até hoje”, assim é anunciada a renovação do navio, que coincide com a celebração do seu 10º aniversário.

O projecto de renovação do Oasis of the Seas, que volta aos mares em Novembro, inclui “a recriação do deck da piscina, inspirada nas Caraíbas, que contará com um parque aquático infantil - Splashaway Bay, e um bar exclusivo The Lime & Coconut; o aclamado Music Hall, até agora exclusivo da Classe Quantum; o trio de escorregas aquáticos Perfect Storm e o escorrega mais alto em alto mar, Ultimate Abyss”.

As novidades incluem ainda “o primeiro conceito de barbecue a bordo, o Portside BBQ, e um local dedicado ao karaoke, o Spotlight Karaoke”.

Assim, prevê a companhia, “o revolucionário navio irá proporcionar uma nova experiência de férias em família com experiências inéditas, e com as mais recentes atracções da Royal Caribbean International”.

Depois da renovação, a partir de 24 de Novembro, o navio fará uma temporada nas Caraíbas, com itinerários de sete noites à saída de Miami.

Em Maio de 2020, a Royal Caribbean prevê que o Oasis of the Seas se torne “o maior navio a navegar ao largo de Nova Iorque”. Nessa altura, o navio vai passar a fazer itinerários de sete noites a partir de Cape Liberty, Nova Jersey, com escalas que incluem as Bahamas e a recém-transformada ilha da Royal Caribbean, Perfect Day at Cococay.

“Com a oportunidade de mudar a indústria uma vez mais, fomos ALL-IN com a maior e mais ousada revitalização até hoje. O Oasis of the Seas irá certamente surpreender quando chegar a Miami em Novembro e a Nova Iorque em Maio de 2020”, disse Michael Bayley, presidente e director executivo da Royal Caribbean International, citado no comunicado.

Além do Oasis of the Seas, a Royal Caribbean está a renovar gradualmente outros navios através do programa que designou Royal Amplified. O plano prevê a renovação de 10 navios em quatro anos, com um investimento de mais de mil milhões de dólares, cerca de 900 milhões de euros.

Para ver os destalhes da renovação clique:

Royal Caribbean mostra como vai ficar o Oasis of the Seas após a renovação (com fotos e vídeo)

 

Clique para ver mais: Royal Caribbean

Clique para ver mais: Oasis of the Seas

Clique para ver mais: Melair Cruzeiros

Clique para ver mais: Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Royal Caribbean prolonga suspensão de operações até final de Outubro

07-08-2020 (17h21)

O grupo Royal Caribbean anunciou que decidiu estender a suspensão das suas partidas até 31 de Outubro deste ano, com excepção dos embarques da China e da Austrália.

MSC Cruzeiros anuncia medidas de higiene e segurança

04-08-2020 (18h16)

A MSC divulgou os detalhes do seu novo protocolo "para apoiar o recomeço das operações no Mediterrâneo, criado para proteger a saúde e a segurança dos passageiros, tripulação e as comunidades locais" onde os navios fazem escala, que incluem teste à Covid-19 antes do embarque.

Noruega suspende desembarques de cruzeiros durante duas semanas após surto em navio

04-08-2020 (15h52)

O Governo norueguês anunciou que vai impedir nas próximas duas semanas o desembarque de cruzeiros nos seus portos, após a confirmação de um surto de Covid-19 num navio da companhia Hurtigruten.

Cabo Verde corta 25% do investimento no terminal de cruzeiros em São Vicente

27-07-2020 (16h24)

O Governo cabo-verdiano vai cortar um quarto do investimento que previa fazer este ano na construção do terminal de cruzeiros em São Vicente, uma empreitada de 26 milhões de euros e lançada a concurso público no início do ano.

Princess Cruises prolonga suspensão de operações até 15 de Dezembro

23-07-2020 (18h12)

A Princess Cruises prolongou a suspensão das suas operações até 15 de Dezembro, “devido ao progresso da covid-19 e tendo em conta as decisões dos governos, autoridades sanitárias e companhias aéreas sobre restrições de viagem”.

Opinião e Análise