Todos os passageiros do navio de cruzeiros que hoje chegou a Lisboa farão testes de despistagem

22-03-2020 (15h02)

Foto: MSC Cruzeiros
Foto: MSC Cruzeiros

A directora nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Cristina Gatões, garantiu que todos os 1.300 passageiros que chegaram hoje de manhã a Lisboa no navio de cruzeiro MSC Fantasia “terão que ser objeto de testes de despistagem” ao novo coronavírus pela Direção-Geral da Saúde.

O Governo já tinha anunciado que as autoridades portuguesas iniciaram uma operação de repatriamento de mais de 1.300 passageiros que chegaram hoje a Lisboa num navio de cruzeiro, 27 deles portugueses, no âmbito das medidas de combate à covid-19.

Em declarações à imprensa, a diretora nacional do SEF deixou claro que “o processo relativamente aos portugueses demorará, para já, o tempo que for necessário para a Direção-Geral da Saúde fazer os procedimentos de início dos testes e obter o resultados em segurança”.

“Todos os cidadãos que estão a bordo deste navio para poderem desembarcar terão que ser objeto de testes de despistagem e isso é feito pela Direção Geral da Saúde e serão feitos à medidas que houver possibilidade de proceder ao seu embarque para que regressem aos países de origem”, assegurou.

De acordo com uma nota do Ministério da Administração Interna (MAI), o navio de cruzeiro MSC Fantasia, proveniente do Brasil, chegou hoje a Lisboa com 1.338 passageiros, 27 deles portugueses.

O MAI indicou também que os restantes passageiros são de 38 países (maioritariamente da União Europeia, Reino Unido, Brasil e Austrália) e que a operação decorre “em articulação com diversas embaixadas destes países”.

A operação conjunta pretende fazer “cumprir as determinações vigentes, de modo a assegurar a saúde pública”, determinadas pelo estado de emergência, e decorrerá ao longo dos próximos dias.

O Governo português anunciou a 13 de Março a proibição de desembarque de passageiros de cruzeiros, sem interditar os navios de atracarem e portos nacionais (clique para ler: Governo proíbe desembarque de passageiros de cruzeiros).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Royal Caribbean conclui aquisição da totalidade da Silversea Cruises

13-07-2020 (13h22)

O Grupo Royal Caribbean, que comprou uma participação de dois terços da Silversea Cruises em Julho de 2018, anunciou que comprou as acções remanescentes e passou a ser proprietário da totalidade da companhia.

Carnival vai vender 13 navios de cruzeiros este ano

13-07-2020 (11h49)

A Carnival Corporation, que detém companhias como a Costa Cruzeiros ou a AIDA, anunciou que vai antecipar a redução da sua frota este ano, tendo previsto vender um total de 13 navios de cruzeiros, oito dos quais nos próximos 90 dias.

Reino Unido desaconselha viagens de cruzeiros

10-07-2020 (13h24)

O Governo do Reino Unido emitiu um aviso a desaconselhar viagens de cruzeiros devido à pandemia da covid-19 e com base nas recomendações das autoridades de saúde inglesas.

MSC Cruzeiros junta grupo de especialistas para ajudar a desenvolver protocolo de segurança

09-07-2020 (17h48)

A MSC Cruzeiros criou o grupo de especialistas Covid Blue-Ribbon para ajudar no desenvolvimento de um protocolo de segurança que cumpra as orientações estabelecidades para lidar com as consequências da pandemia do novo coronavírus.

Companhias de cruzeiros juntam especialistas em saúde para definir padrões de segurança

08-07-2020 (16h21)

As empresas de cruzeiros Royal Caribbean Cruises e Norwegian Cruise Line juntaram vários especialistas em saúde para definir os “padrões de segurança e saúde para as companhias de cruzeiros”, esperando ter as primeiras recomendações até ao final de Agosto.

Opinião e Análise