Cunard só volta aos cruzeiros a partir de 25 de Março de 2021

25-08-2020 (15h01)

A companhia de cruzeiros Cunard, que tem os navios Queen Elizabeth, Queen Mary 2 e Queen Victoria, prolongou a suspensão das suas operações de Novembro para 25 de Março de 2021.

A decisão decorre das recomendações do governo britânico sobre viagens e da complexidade das viagens mundiais organizadas pela companhia, segundo um comunicado.

A Cunard prevê voltar a navegar com o Queen Elizabeth a partir de 25 de Março de 2021, com o Queen Mary 2 a partir de 18 de Abril de 2021 e com o Queen victoria a partir de 16 de Maio de 2021.

Citado no comunicado, o presidente da Cunard, Simon Palethorpe, lamentou os cancelamentos das viagens programadas e justificou a decisão: “simplesmente não achamos que seja sensato começar a navegar novamente com nossa programação actual”.

O navio Queen Elizabeth regressou ao Reino Unido e devido à “contínua incerteza sobre a reabertura de muitos portos e países” terá a sua programação alterada em 2021.

Todas as partidas do Queen Elizabeth para o período entre 26 de Março de 2021 e 13 de Dezembro de 2021 pela Austrália, Japão e Alasca serão canceladas.

“Estas viagens serão substituídas por um programa de férias europeias de menor duração, de três a 14 noites, com partida de Southampton”, a começar no final de Março de 2021 “com uma série de viagens panorâmicas ao redor da costa da Cornualha, da costa Oeste da Irlanda e das ilhas escocesas”, frisou o presidente da Cunard.

Os itinerários do Queen Elizabeth, continuou Simon Palethorpe, terão escalas em Amesterdão com pernoita na cidade, “bem como viagens para destinos do Norte e do Sul da Europa, incluindo a Noruega e a Costa Ibérica, com vários desses roteiros a incluir pernoitas em cidades”.

A temporada do Queen Elizabeth será concluída com uma série de viagens de sete e de 14 noites no Mediterrâneo, com partidas de Barcelona.

Todas as viagens do Queen Elizabeth estarão disponíveis para reservas a partir de 29 de Setembro.

O executivo acrescentou que o Queen Mary 2, que teve a sua volta ao mundo reduzida este ano e cancelada a do próximo, fará uma volta ao mundo clássica em 2022, que substitui as viagens planeadas para começar a 3 de Janeiro de 2022 e 3 de Abril de 2022, incluindo a viagem para a América do Sul.

O novo itinerário de 118 noites começa em Nova Iorque no dia 3 de Janeiro de 2022 e inclui paragens na Grécia, Dubai, Sri Lanka, Singapura, Vietname, Hong Kong, Austráli e Bali, antes de regressar a Southampton, fazendo escalas em Abu Dhabi, Omã, Itália e Portugal. O Queen Mary 2 navegará pelo Canal de Suez tanto na viagem de ida quanto na volta.

O itinerário poderá ser reservado como volta ao mundo completa ou como um de seis sectores, estando as vendas disponíveis a partir de 8 de Setembro.

Os clientes afectados podem receber um voucher com a totalidade do valor pago e um bónus de 25% ou pedir o reembolso através do website da companhia.

 

Clique para ver mais: Cunard

Clique para ver mais: Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hyatt anuncia primeiro hotel na Suécia

29-10-2020 (12h19)

A rede hoteleira Hyatt Hotels vai ter o seu primeiro hotel na Suécia, o Hotell Reisen, em Estocolmo, que vai integrar a marca The Unbound Collection by Hyatt a partir do início de 2021.

Ryanair vai voar Lisboa – Colónia no próximo Verão

29-10-2020 (11h59)

A Ryanair anunciou ao mercado que vai voar entre Lisboa e Colónia duas vezes por semana a partir de 28 de Março de 2021.

Quebra em Agosto menor que em Londres dá liderança dos aeroportos europeus a Paris CDG

28-10-2020 (16h32)

O Aeroporto de Paris Charles de Gaulle no final de Agosto era o aeroporto europeu com mais passageiros este ano, de acordo com dados do ACI Europe, que lhe atribui um total de 17,92 milhões de passageiros, mais 202,6 mil que Londres Heathrow, tradicionalmente o nº 1 europeu, mas que em Agosto teve menos 721,9 mil passageiros que o principal aeroporto da capital francesa.

Moscovo teve em Agosto os dois aeroportos europeus com mais passageiros

28-10-2020 (15h51)

Os dois aeroportos da capital russa, Moscow Domodedovo e Sheremetyevo, foram os aeroportos europeus com mais passageiros no mês de Agosto, destronando os ‘gigantes’ Londres Heathrow, Paris Charles de Gaulle, Frankfurt, Amesterdão Schiphol e Istambul, de acordo com os dados publicados pelo Airports Council Internacional (ACI) Europe.

APECATE pede regras “claras” para realização de eventos

28-10-2020 (15h50)

A Associação Portuguesa de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) pediu ao Governo através de um comunicado “orientações específicas e claras para o setor”, considerando que “o que tem ocorrido é uma análise casuística de situações”.

Opinião e Análise