‘Delfim’ de Antonoaldo Neves escolhido para novo CEO da TAP

30-07-2020 (19h39)

Fonte oficial do Ministério das Infra-estruturas já confirmou à Lusa que Ramiro Sequeira, promovido a COO da TAP por Antonoaldo Neves, é a escolha do Governo para substituir o gestor brasileiro em CEO da companhia portuguesa.

Fontes da companhia indicaram ao PressTUR que Ramiro Sequeira foi uma contratação de Antonoaldo Neves, então para dirigir o controlo operacional da companhia (que assegura a gestão da operação no dia a dia), em substituição de um quadro que tinha sido director de Vendas em Portugal, mas que o gestor brasileiro não contava entre os seus ‘fiéis’.

Facto é que o ex-Iberia foi promovido ainda na gestão de Antonoaldo Neves a Chief Operating Officer (COO) da TAP, que é o primeiro responsável operacional da companhia, ‘abaixo’ apenas do CEO.

Ora é este quadro, obviamente de confiança de Antonoaldo Neves, que o ministro que quis ‘despachar’ o gestor brasileiro da TAP a grande velocidade escolheu para suceder ao ex-CEO.

Ramiro Sequeira irá liderar a TAP até à escolha de um nome definitivo, para a qual o governo contratou uma empresa de caça talentos.

 

Clique para mis notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Companhia aérea brasileira Azul regista prejuízo de 450 milhões de euros no segundo trimestre

14-08-2020 (18h45)

A companhia aérea brasileira Azul registou um prejuízo de 2,9 mil milhões de reais (450 milhões de euros) no segundo trimestre de 2020, segundo balanço financeiro divulgado pela empresa.

EuroAtlantic vai ter novo horário na ligação para Bissau

14-08-2020 (18h12)

A euroAtlantic vai começar voar para a Guiné-Bissau num novo horário, com chegada diurna à capital guineense, a partir de 4 de Setembro, informou a companhia aérea.

Brasileira Azul lança empresa de aviação regional

12-08-2020 (20h37)

A companhia aérea brasileira Azul lançou na terça-feira uma nova subsidiária para o mercado de voos regionais, denominada Azul Conecta, que pretende chegar a 200 cidades nos próximos anos.

Portugal mantém-se no final de Julho a 8ª maior origem/destino de passageiros dos aeroportos espanhóis

12-08-2020 (17h03)

Os aeroportos espanhóis contabilizaram 1,077 milhões de passageiros em voos de/para Portugal nos primeiros sete meses deste ano, o que mantém o país como 8ª maior origem/destino de passageiros, ainda que a pandemia tenha causado uma quebra em 66% ou 2,087 milhões.

Pandemia já tirou mais de 105 milhões de passageiros aos aeroportos espanhóis

12-08-2020 (15h35)

Os aeroportos espanhóis tiveram em Julho quase sete milhões de passageiros, mas ainda assim ficaram 76,3% ou 22,4 milhões abaixo do mês homólogo de 2019, elevando a quebra desde o início do ano para 106,8 milhões (-67,9%), de acordo com os dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis recolhidos pelo PressTUR.

Opinião e Análise