Divulgação do Algarve é o principal contributo do Grande Prémio de F1, AHETA

20-10-2020 (16h50)

Foto: Shen Liu / Unsplash
Foto: Shen Liu / Unsplash

O principal contributo económico do Grande Prémio de Portugal em Fórmula 1, que vai decorrer de 23 a 25 de Outubro, será a divulgação internacional do Algarve, através da cobertura mediática e da continuidade da prova na região, afirmou hoje o presidente da AHETA.

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão, vai acolher no Domingo a 12.ª prova do Mundial de Fórmula 1, mas o presidente da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) considera necessário “garantir, em termos de futuro a continuidade do evento”, já que, além dos fluxos turísticos que gera, tem “um peso mediático enorme”.

“O principal impacto [económico] tem a ver com a cobertura mediática internacional e o seu contributo para a promoção e divulgação do Algarve internacionalmente, o que é um impacto francamente positivo”, considerou Elidérico Viegas, em declarações à agência Lusa.

O responsável reconheceu que o impacto directo, calculado através da ocupação das unidades hoteleiras nas imediações no circuito, casos da Praia da Rocha e do Alvor, está “muito aquém do que seria normal”.

“Há hotéis [nessa zona] com boas expectativas de ocupação. Não são muito elevadas, já não eram, e ainda menos agora com o agravamento da pandemia”, referiu Elidérico Viegas, sublinhando que o evento vai atrair, sobretudo, espectadores nacionais, devido às restrições nos países de origem de potenciais interessados, e à lotação do autódromo estar “muito reduzida”.

Elidérico Viegas reconheceu que os hotéis vão beneficiar das estadas dos portugueses, “apesar de curtas”, e das “pessoas que gravitam à volta do evento”, que envolve “bastante gente”, havendo hotéis “que vão encerrar imediatamente a seguir” à prova.

No Domingo, o administrador do AIA admitiu que o limite máximo para a corrida deve rondar os 27.500 espectadores, cerca de um terço da capacidade do recinto.

Em meados de Setembro, Paulo Pinheiro estimava que a vinda da Fórmula 1 a Portugal poderia representar um impacto directo na economia da região algarvia superior a 100 milhões de euros.

Inicialmente, foram colocados à venda cerca de 46.000 bilhetes, mas as restrições poderão impossibilitar a existência de lugares de peão, e eventual distribuição pelas bancadas.

Paulo Pinheiro admitiu ainda a existência de "várias desistências" de estrangeiros, "que, ou não conseguiram viagem, ou estão com receio" de assistir à corrida.

O Mundial de Fórmula 1 regressa a Portugal 24 anos depois, desta vez ao circuito algarvio, que vai acolher o Grande Prémio de Portugal entre sexta-feira e Domingo, dia da 12.ª corrida da temporada.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

IAG só prevê ter este trimestre 20% da capacidade de há um ano

01-03-2021 (16h39)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, de que fazem parte a British Airways, a Iberia, a Vueling e a Aer Lingus, só prevê ter este trimestre 20% da capacidade que teve há um ano, sem avançar mais além desse período dada a “elevada incerteza” que predomina.

MSC Seaside volta aos cruzeiros a 1 de Maio

01-03-2021 (16h36)

A MSC Cruzeiros anunciou que o MSC Seaside vai voltar aos cruzeiros a 1 de Maio, juntando-se assim ao MSC Grandiosa que está a fazer itinerários no Mediterrâneo Oriental.

Comissão Europeia propõe este mês passe digital para permitir retoma das viagens

01-03-2021 (16h03)

A Comissão Europeia vai propor este mês um “Digital Green Pass” com indicações de vacinação, teste negativo ou recuperação recente da covid-19 para que se possa retomar a mobilidade, “que muitos Estados esperam ocorra em toda a Europa antes de Maio”.

Vila Galé junta 2.500 colaboradores de Portugal e do Brasil em convenção digital

01-03-2021 (15h43)

A Vila Galé começa hoje a sua convenção anual que vai reunir pela primeira vez todos os 2.500 colaboradores de Portugal e do Brasil em simultâneo, em formato digital, além de convidados como a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e o ministro de Turismo do Brasil, Gilson Machado Neto.

Ritz-Carlton Yacht Collection recebe o seu primeiro navio em Abril

01-03-2021 (15h04)

A Ritz-Carlton Yacht Collection vai receber a sua primeira embarcação, o Evrima, a 22 de Abril, depois de uma subsidiária da proprietária do navio ter tomado controlo do estaleiro onde este está a ser construído.

Opinião e Análise