easyJet vai ter base em Faro a partir de 15 de Junho

11-06-2021 (10h51)

Foto: H. Goussé, Airbus
Foto: H. Goussé, Airbus

A companhia aérea lowcost easyJet vai contar com uma base no Aeroporto de Faro, no Algarve, com três aeronaves Airbus A319, a partir da próxima terça-feira, 15 de Junho.

De acordo com o jornal regional Sul Informação, a companhia aérea vai contar com uma base no Aeroporto de Faro, com três A319 que vão fazer ligações com 18 destinos internacionais.

A base da easyJet vai contar com funcionários transferidos de outras bases em Portugal e no estrangeiro.

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Estudo da Oliver Wyman prevê falta de pilotos na Europa em 2022

03-08-2021 (15h17)

De acordo com um estudo da consultora Oliver Wyman, a Europa vai ter falta de pilotos em 2022, mais precisamente menos 790 pilotos do que aqueles que serão necessários.

Cabo Verde aprovou três hotéis avaliados em mais de 400M euros no final de Julho

03-08-2021 (14h52)

O Governo cabo-verdiano aprovou na última semana de Julho convenções de estabelecimento para a construção de três empreendimentos turísticos no arquipélago, ultrapassando 400 milhões de euros de investimento privado.

Iberia ultrapassou British Airways e foi a companhia do IAG líder em tráfego de passageiros

02-08-2021 (16h36)

A Iberia foi a companhia do IAG que mais tráfego de passageiros transportou no segundo trimestre, superando a British Airways, tradicionalmente a líder, nomeadamente pela liderança no transporte entre a Europa e a América do Norte.

IAG prevê ter este trimestre 45% da capacidade de transporte de passageiros de 2019

02-08-2021 (16h31)

O IAG, grupo que integra a British Airways, a Iberia, a Vueling, a Aer Lingus e a Level, anunciou que prevê aumentar a sua capacidade de transporte de passageiros dos 21,9% do período homólogo de 2019 no segundo trimestre para “cerca de 45%” este trimestre, época alta no Hemisfério Norte.

Vacinação ou testes são obrigatórios para trabalhos específicos em Hong Kong

02-08-2021 (16h30)

Funcionários públicos, professores e cuidadores de Hong Kong têm de ser vacinados contra a covid-19 ou ser testados duas vezes por semana a seu custo, anunciou hoje a chefe do Governo, Carrie Lam.

Opinião e Análise