Estados Unidos lideraram aumento de dormidas no alojamento turístico português em Janeiro

15-03-2019 (16h22)

Gráfico: INE
Gráfico: INE

Os Estados Unidos subiram este Janeiro a líder de aumento de dormidas no alojamento turístico português, com mais 16,2 mil, embora em variação percentual o maior aumento seja da China, com +30,4%, segundo os dados do INE publicados hoje.

Os dados mostram que no entanto o aumento de dormidas de residentes na China foi em 7,9 mil, para 33,8 mil, enquanto a subida do mercado dos Estados Unidos foi em 23,9%, para 83,9 mil.

Os dados do INE indicam que o alojamento turístico português teve este Janeiro 2,976 milhões de  dormidas, 32,4% ou 963 mil de residentes no país e 67,6% ou dois milhões de residentes no estrangeiro.

O mercado líder foi o Reino Unido, tradicional primeiro emissor para o alojamento turístico português, com 337,8 mil dormidas, seguido da Alemanha, com 252,8 mil, Espanha, com 169,9 mil, França, com 154,2 mil, Brasil, com 211,4 mil, e Países Baixos, com 114,1 mil.

Depois, já com menos de cem mil dormidas, vieram Itália, com 86 mil, os Estados Unidos, com 83,9 mil, Suécia, com 46,2 mil, Dinamarca, com 41,5 mil, Polónia, com 38,2 mil,  China, com 33,8 mil, Irlanda, com 32,8 mil, Bélgica, com 29,6 mil, Suíça, com 26,9 mil, e Canadá, com 26,2 mil, a que se somam mais 328,1 mil de outros emissores não especificados.

Assim, o primeiro mês deste ano começou com o alojamento turístico a contabilizar 32,4% de dormidas de residentes no país e 67,6% de residentes no estrangeiro, com 11,3% do Reino Unido, 8,5% da Alemanha, 7,1% do Brasil, 5,7% de Espanha, 5,2 de França, 3,8% dos Países Baixos, 2,9% de Itália, 2,8% dos Estados Unidos, 1,6% da Suécia, 1,4% da Dinamarca, 1,3% da Polónia, 1,1% da China, 1,1% da Irlanda, 1% da Bélgica, 0,9% do Canadá, 0,9% da Suíça e 11% de outros mercados não especificados.

O que teve o maior aumento em relação a Janeiro de 2018 foi os Estados Unidos, com mais 16,2 mil dormidas, seguindo-se Reino Unido, com mais 14 mil, Brasil, com mais 9,1 mil, Espanha, com mais 8,2 mil, China, com mais 7,9 mil, Itália, com mais 5,3 mil, Irlanda, com mais 3,3 mil, Canadá, com mais 3,3 mil, Bélgica, com mais 1,5 mil, Suécia, com mais 607, e Dinamarca, com mais 532, a que acrescem ainda mais 13,8 mil de  outros emissores não especificados.

A penalizar a evolução no primeiro mês deste ano estiveram as quebras de dormidas de residentes em França, que foram os que tiveram o maior decréscimo, com menos 9,2 mil, seguidos dos Países Baixos, com menos 6,9 mil, Alemanha, com menos 3,8 mil, Polónia, com menos 2,1 mil, e Suíça, com menos 400.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Lufthansa prevê retomar este mês voos de Frankfurt e Munique para Lisboa, Faro e Porto

05-06-2020 (16h59)

A companhia de aviação alemã Lufthansa programou voar já a partir de meados este mês de Junho de Frankfurt e Munique para Lisboa, Faro e Porto.

Swiss planeia voar de Genebra e Zurique para Portugal a partir deste mês

05-06-2020 (16h54)

A Swiss, companhia aérea do Grupo Lufthansa, planeia retomar os voos para vários destinos europeus a partir de Junho, incluindo Lisboa, Faro e Porto.

Brussels programa voos para Lisboa, Faro e Porto em Junho

05-06-2020 (16h32)

A Brussels Airlines programou retomar os voos para vários destinos europeus a partir de Junho, incluindo Lisboa, Faro e Porto.

Emirates anuncia extensão da rede para 29 cidades a partir de 15 de Junho

05-06-2020 (16h13)

A Emirates, maior companhia de aviação do mundo em transporte internacional de passageiros, anunciou que a partir de dia 15 vai ter voos para mais 16 cidades, entre as quais Manchester, Zurique, Viena, Amsterdão, Copenhaga e Dublin, na Europa.

Universal Orlando Resort reabre hoje, 5 de Junho, os seus parques temáticos ao público geral

05-06-2020 (16h11)

Os parques temáticos do Universal Orlando Resort, no estado norte-americando da Flórida, Universal Studios Florida, Islands of Adventure e Volcano Bay reabrem hoje, 5 de Junho, ao público geral, com capacidade limitada e uma série de medidas de segurança.

Opinião e Análise