Falência da Thomas Cook “é um reordenamento do sector”, OMT

10-10-2019 (00h10)

O director executivo da Organização Mundial do Turismo (OMT), Manuel Butler, afirmou que a falência da Thomas Cook “é um reordenamento do sector” no contexto da “transformação brutal” que está a viver o turismo a nível mundial.

A falência do operador turístico britânico é “uma notícia triste”, já que para uma organização que promove o turismo é sempre uma “má notícia” quando desaparece um dos seus actores, mas este desaparecimento enquadra-se no “momento disruptivo” que vive o sector, afirmou o responsável, citado pela agência EFE.

“Os fluxos turísticos e a vontade de viajar mantém-se” e, além disso, viajar “é um bem de primeira necessidade”, pelo que o mercado voltará à normalidade, acrescentou Manuel Butler.

O operador turístico britânico Thomas Cook anunciou falência em 23 de Setembro último, depois de não ter conseguido obter fundos necessários para garantir a sobrevivência.

A falência levou as autoridades a organizar um repatriamento de cerca de 600 mil turistas em todo o mundo.

Em Portugal, o Governo disponibilizou uma linha de crédito para as empresas afectadas pela insolvência do operador turístico Thomas Cook, com um montante até 1,5 milhões de euros, para financiar necessidades de tesouraria.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Thomas Cook

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: OMT

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Brussels Airlines planeia retomar 30% dos seus voos na Europa e 40% dos de longo curso entre Junho e Agosto

25-05-2020 (15h50)

A Brussels Airlines vai voltar a operar para 59 destinos, que representam 30% dos voos programados para o Verão na Europa e 40% dos de longo curso, entre os meses de Junho e Agosto, e espera ter 50% da operação total no final do ano.

TAP já tem calendário de ‘desconfinamento’ com retoma ‘a sério’ a partir de 1 de Julho

25-05-2020 (15h48)

A operação da TAP só vai realmente ‘descolar' a partir de 1 de Julho, de acordo com o calendário divulgado pela companhia, que mostra ter previsto manter 11 voos por semana até ao fim deste mês, aumentar para 27 no mês de Junho e atingir um total de 247 a partir de 1 de Julho.

Incêndio na aerogare da Graciosa afectou apenas a zona de cargas

25-05-2020 (14h51)

O Governo dos Açores está a avaliar os danos na aerogare da ilha Graciosa após um incêndio registado no local no Domingo, que terá afectado apenas a zona de cargas.

Casa das Pipas reabre enoturismo a 1 de Junho

25-05-2020 (13h46)

A Casa das Pipas, em Celeirós do Douro no concelho de Sabrosa, vai voltar a receber hóspedes a partir de 1 de Junho, com a implementação de novas regras sanitárias.

PortoBay Falésia reabre a 9 de Junho com um terço da capacidade

25-05-2020 (13h36)

O Hotel PortoBay Falésia, em Olhos d'Água, no Algarve, vai reabrir no dia 9 de Junho com um terço da capacidade para assegurar "mais espaço nas suas facilidades".

Opinião e Análise