Fórum de Investimento de Cabo Verde adiado

27-04-2020 (17h25)

A edição de 2020 do Fórum de Investimento de Cabo Verde, que em Julho deveria reunir na ilha do Sal dezenas de empresários internacionais, investidores e políticos, foi adiada devido à pandemia de covid-19, anunciou o Governo cabo-verdiano.

“O adiamento do fórum de investimento deve-se à verificada evolução da situação em relação ao coronavírus (covid-19), e à decisão da Organização Mundial da Saúde (OMS) em declarar a crise do novo coronavírus uma pandemia”, lê-se num comunicado do Governo.

O Fórum de Investimento de Cabo Verde de 2020 estava previsto para a ilha do Sal, de 1 a 3 de Julho, “devendo uma nova data ser anunciada oportunamente”.

“De sublinhar que a decisão deste adiamento está alinhada com as directivas do executivo cabo-verdiano para fazer face a esta crise de saúde pública”, acrescenta o comunicado do Governo.

A primeira edição do Cabo Verde Investment Fórum aconteceu em Julho de 2019, também na ilha do Sal, com a assinatura de memorandos de entendimento para financiamento e contratos de investimento privado de cerca de 1.500 milhões de euros, em 41 projetos, nomeadamente do sector do turismo.

Seguiu-se, em Setembro, uma edição do Cabo Verde Investment Fórum em Boston, para captar investimentos na diáspora cabo-verdiana nos Estados Unidos.

“Sentado em casa ninguém consegue nada hoje. Temos de promover Cabo Verde, nós não estamos sozinhos no mundo”, afirmou, anteriormente o vice-primeiro-ministro, Olavo Correia, numa resposta às críticas da oposição, que contesta as verbas públicas gastas nestes eventos promocionais.

Olavo Correia, que é também ministro das Finanças, garantiu, aquando do lançamento do fórum de 2020, que o Governo pretende incentivar a mobilização de empresários para investir em Cabo Verde, disponibilizando para o efeito a rede diplomática e consultores técnicos para “apoiar a concretização de projectos de investimento”.

Internacionalmente, as autoridades cabo-verdianas apresentam a estabilidade política, económica e social do país, aliada à posição geoestratégica do arquipélago, no centro das rotas mais importantes no Atlântico, e ao sucesso do turismo, como factores de atracção do investimento privado.

Cabo Verde conta 109 casos da covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (55), da Boa Vista (53) e de São Vicente (1). Um destes casos, um turista inglês de 62 anos – o primeiro diagnosticado com a doença no país, em 19 de Março -, acabou por morrer na Boa Vista, enquanto outros dois doentes já foram dados como recuperados.

Desde 18 de Abril que está em vigor um segundo período de estado de emergência, mantendo-se suspensas as ligações interilhas e a obrigação geral de confinamento, além da proibição de voos internacionais.

A declaração do actual estado de emergência prevê para as ilhas da Boa Vista, Santiago e São Vicente, todas com casos de covid-19, que permaneça em vigor até às 00h00 de 2 de Maio.

Nas restantes seis ilhas habitadas, sem casos diagnosticados da covid-19, a prorrogação do estado de emergência foi mais curta, e terminou às 00h00 de 26 de Abril.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: África

Clique para ver mais: Feiras & Eventos


Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Bienal de Arte de Riga reinventa-se online e começa a 21 de Maio

14-05-2020 (12h31)

A Bienal Internacional de Arte de Riga - RIBOCA2, na Letónia, que deveria começar no próximo Sábado, 16 de Maio, vai decorrer online a partir de dia 21, com conversas e um filme com a exposição inacabada como cenário.

Lisboa sobe a 2º maior destino mundial de congressos e reuniões internacionais

12-05-2020 (17h12)

Com mais 38 que em 2018, alcançando um total de 190, Lisboa subiu quatro posições no ranking das cidades com mais congressos e reuniões internacionais elaborado pela ICCA (do inglês para International Congress and Convention Association), beneficiando nomeadamente de uma maior concentração desses eventos na capital.

BTL2020 cancelada e BTL2021 já marcada para Março

08-05-2020 (17h49)

A Fundação AIP, que já tinha adiado a edição deste ano da BTL para o fim deste mês, nos dias 27 a 31, anunciou hoje a decisão de cancelar o evento "devido à situação mundial que se vive atualmente com a pandemia da covid-19 e seguindo as recomendações da DGS - Direção Geral de Saúde e da OMS - Organização Mundial de Saúde"

Prazo para reagendar espectáculos gratuitos após restrições reduzido

30-04-2020 (14h16)

O prazo para as entidades públicas reagendarem os espectáculos de entrada livre, quando terminarem as restrições impostas devido à covid-19, foi encurtado de 24 para 18 meses, segundo uma rectificação hoje publicada em Diário da República.

Rock in Rio adiado para 2021

03-04-2020 (13h04)

O festival de música Rock in Rio Lisboa, que estava previsto para os dias 20, 21, 27 e 28 de Junho, foi adiado um ano devido à pandemia do novo coronavírus.

Opinião e Análise