Governo prolonga apoio à retoma progressiva das empresas

30-07-2021 (12h19)

Foto: Unsplash / Omid Armin
Foto: Unsplash / Omid Armin

As empresas que enfrentem quebras de facturação iguais ou superiores a 25% vão poder continuar a aceder ao apoio à retoma progressiva enquanto existirem restrições associadas à pandemia, anunciou o Governo.

“Foi aprovado o decreto-lei que prolonga o apoio à retoma progressiva, enquanto existirem restrições associadas à pandemia”, anunciou o Governo num comunicado citado pela Lusa.

De acordo com o Governo, também as empresas que enfrentem quebras de facturação iguais ou superiores a 75% poderão continuar a reduzir o período normal de trabalho até 100%.

“Essa redução de 100% está disponível para a totalidade dos trabalhadores caso as empresas se enquadrem nos sectores de bares, discotecas, parques recreativos e fornecimento ou montagem de eventos”, esclarece.

Para as empresas dos restantes sectores de actividade, a redução do período normal de trabalho continua a estar limitada a 75% dos trabalhadores, devendo as empresas manter os estabelecimentos abertos.

“Adicionalmente, as empresas que acederem a este instrumento passam a estar impedidas de proceder a despedimentos no prazo de 90 dias após a cessação do apoio [actualmente, essa proibição vigora durante 60 dias]”, acrescenta.

O Governo explicou que “esta prorrogação tem como objectivos o reforço do horizonte de confiança e previsibilidade para as empresas, o estímulo à abertura das actividades económicas e o alargamento do horizonte de proteção dos postos de trabalho”.

(Notícia Lusa)

 

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: Empresas&Negócios

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pandemia enfatizou importância da sustentabilidade na aviação – CEO da TAP

16-09-2021 (17h22)

A CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, disse hoje que indústria da aviação foi “bastante afectada” pela pandemia de covid-19 e, com esta crise, ganharam importância as questões da sustentabilidade.

Portugal espera atingir este ano metade das receitas turísticas de 2019

16-09-2021 (16h49)

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, disse que Portugal espera atingir este ano metade das receitas turísticas de 2019, pré-pandemia, mantendo "a ambição" de alcançar em 2027 a marca de 28 mil milhões de euros.

Pandemia alertou para necessidade de gerir turismo em excesso - Pedro Siza Vieira

16-09-2021 (16h30)

A pandemia de covid-19 mostrou que “o problema do turismo em excesso precisa de ser gerido”, disse hoje o ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, durante uma conferência em Évora.

Maior navio de cruzeiros do mundo chega à Europa em Maio de 2022

16-09-2021 (15h54)

A Royal Caribbean anunciou que vai posicionar o maior navio de cruzeiros do mundo na Europa a partir de Maio de 2022, o Wonder of the Seas, que fará itinerários no Mediterrâneo com embarques em Barcelona e Roma.

Emirates quer recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 agentes de serviços aeroportuários

16-09-2021 (15h00)

A Emirates lançou uma campanha para recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 agentes de serviços aeroportuários para o seu hub no Dubai, com vista à recuperação das operações nos próximos seis meses.

Opinião e Análise