Airbnb anuncia 250 milhões de dólares para anfitriões afectados por cancelamentos

31-03-2020 (13h26)

A plataforma de aluguer de alojamento Airbnb anunciou que vai investir 250 milhões de dólares para ajudar os anfitriões afectados por cancelamentos de reservas para entradas entre 14 de Março e 31 de Maio.

O anúncio foi feito pelo CEO do Airbnb, Brian Chesky, numa carta aos anfitriões onde também sublinha que a política de cancelamento por Circunstâncias Atenuantes foi alargada a todas as reservas para entradas nas unidades de alojamento até 31 de Maio.

Com a nova política, um cliente que tenha efectuado uma reserva antes de 14 de Março para entradas antes de 31 de Maio “poderá cancelar a reserva e obter um reembolso total ou um crédito de viagem se for afectado pela Covid-19 e não puder viajar”.

Sobre o apoio aos anfitriões, o Airbnb anuncia que vai pagar 25% do que o anfitrião normalmente receberia através da sua política de cancelamento, uma medida que será aplicada retroactivamente sobre todos os cancelamentos relacionados com a pandemia de covid-19 para entradas entre 14 de Março e 31 de Maio.

O pagamento pela empresa começa a ser emitido a partir de Abril, sublinha o Airbnb, acrescentando que “os hóspedes com reservas feitas até 14 de Março ainda poderão cancelar e receber um reembolso standard ou crédito de viagem equivalente a 100% do que pagaram”.

A empresa também criou um fundo de 10 milhões de dólares para “«Superhosts» que alugam a sua própria casa e precisam de ajuda para pagar o aluguer ou hipoteca, além de anfitriões «Experience» de longa data”.

“A partir de Abril, os anfitriões podem solicitar subsídios de até 5.000 dólares que não precisam ser reembolsados”, acrescenta a carta assinada por Brian Chesky, CEO do Airbnb.

Para ver mais no site da Airbnb clique aqui e aqui.

 

Clique para ver mais: Airbnb

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Turismo em Portugal teve “interrupção quase total” no mês de Abril, INE

29-05-2020 (19h33)

O alojamento turístico português, que em Abril de 2019 recebera 2,3 milhões de hóspedes e contabilizara 5,94 milhões de dormidas, este ano ficou por 68 mil hóspedes e 193,8 mil dormidas, tendo quebras em 97,1% e em 96,7%, respectivamente, de acordo com "a estimativa rápida" do INE divulgada hoje.


AHP propõe à Booking que aceite protelar devolução de dinheiro de reservas canceladas

29-05-2020 (19h13)

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal anunciou ter proposto à Booking, maior agência online em venda de estadas na hotelaria, que leve em conta as suas dificuldades de tesouraria e aumentem os prazos de devolução das reservas canceladas pela covid-19.

Pestana espera ter metade dos hotéis abertos em Setembro

29-05-2020 (15h15)

O Pestana Hotel Group, que vai reabrir dez hotéis e pousadas no dia 5 de Junho, avançou ao PressTUR esperar ter metade das suas unidades hoteleiras em funcionamento em Setembro.

Hoti Hotéis reabre nove hotéis a 5 de Junho

28-05-2020 (15h11)

O Grupo Hoti Hotéis, que tem 18 unidades hoteleiras em Portugal, anunciou que vai reabrir nove hotéis no dia 5 de Junho e tem previsto abrir mais dois até ao final de Junho.

The Vintage House reabre amanhã, 29 de Maio

28-05-2020 (14h26)

O The Vintage House, em Pinhão no Douro, vai reabrir amanhã, 29 de Maio, com o selo Clean & Safe e dois programa para casais ou famílias.

Opinião e Análise