Efeito Páscoa ‘custa’ 400 mil dormidas à hotelaria espanhola

24-04-2019 (15h30)

Os hotéis de Espanha tiveram este mês de Março menos 400 mil dormidas (-1,8%) que em Março de 2018, que foi o mês das férias da Páscoa, enquanto este ano foi em Abril.

Os dados publicados pelo INE espanhol indicam que os hotéis de Espanha tiveram este Março 21,51 milhões de dormidas, quanto no mês homólogo de 2018 tinham somado 21,91 milhões.

Mas o próprio Instituto recomenda que não se compare apenas Março com o mês homólogo de 2018, “dado que em 2019 a Semana Santa se celebrou em Abril e em 2018 teve lugar em Março e Abril”, acrescentando que assim é “conveniente” fazer a comparação entre o conjunto os dois meses.

Os dados mostram que embora a tendência seja desfavorável a este ano, os hotéis espanhóis tiveram ainda assim um ligeiro aumento das dormidas de turistas estrangeiros em Março (+0,3% ou mais 39,8 mil) e que a quebra foi provocada, portanto, pelo decréscimo do mercado doméstico, que é mais ‘sensível’ à Páscoa e, assim, teve uma quebra das dormidas em 4,9%.

Entre os mercados internacionais que em Março tiveram alta das dormidas nos hotéis espanhóis conta-se o português, com um aumento em 3,7% ou 8,1 mil pernoitas, somando 229,3 mil.

Os dados do INE espanhol indicam que essa subida das dormidas ficou a dever-se a um forte aumento do número de turistas portugueses que estiveram alojados nos hotéis, com uma subida em 14,9% ou 13,9 mil, para 107,4 mil, com a qual foi superado o efeito de um decréscimo da estada média em 9,7%, para 2,1 noites.

Apesar desta subida das dormidas em Março, Portugal é um dos mercados que no trimestre tem queda das dormidas nos hotéis espanhóis em 1,7% ou 8,8 mil, para 523,2 mil.

Esta quebra ocorre apesar de uma aumento do número de turistas portugueses que se alojaram em hotéis espanhóis nos primeiros três meses deste ano, o qual subiu 4,6% ou 11,2 mil, para 252,4 mil, devido à quebra da estada média, que baixa 6%, para 2,1 noites.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria espanhola

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

AHP diz que 2020 é “um ano perdido” para a hotelaria, apesar de “alguns balões de oxigénio”

04-06-2020 (14h34)

As expectativas da hotelaria portuguesa para o segundo semestre deste ano “não são tão negativas como se admitia”, mas “não temos dúvida que para a hotelaria vai ser substancialmente um ano perdido”, afirmou hoje a CEO da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Cristina Siza Vieira.

Hilton Vilamoura reabre a 1 de Julho

04-06-2020 (14h09)

O Hilton Vilamoura - As  Cascatas Golf Resort & Spa vai reabrir a 1 de Julho, com metade da sua capacidade de alojamento, medidas de segurança adaptadas como o distanciamento social nas áreas públicas, o programa Hilton CleanStay, e ainda o selo Clean & Safe.

The Yeatman reabre amanhã, 5 de Junho, com novidades

04-06-2020 (12h07)

O 5-estrelas The Yeatman vai reabrir amanhã, 5 de Junho, renovado e com novidades que incluem barbecues informais no terraço e novos programas de alojamento.

Reabre amanhã, 4 de Junho, o Riu Plaza Miami Beach

03-06-2020 (17h39)

O Riu Plaza Miami Beach, a primeira unidade Riu Plaza nos Estados Unidos, vai reabrir amanhã 4 de Junho, com o protocolo de segurança da cadeia hoteleira.

Garden Rooftop by imperium reabre a partir de 6 de Junho

03-06-2020 (16h56)

O Garden Rooftop by imperium, em Lisboa, vai receber os seus primeiros hóspedes a partir de 6 de Junho, com o selo Clean & Safe do Turismo de Portugal.

Opinião e Análise