Hotéis 5-estrelas e alojamento local são as unidades com maiores aumentos de dormidas até Abril

17-06-2019 (16h59)

Os hotéis de 5-estrelas, com mais 117,9 mil dormidas nos primeiros quatro meses deste ano que no período homólogo de 2018 e os alojamentos locais, com mais 165,2 mil, são os estabelecimentos que maiores aumentos de dormidas tiveram no primeiro quadrimestre, em que o alojamento turístico português somou 16,67 milhões de dormidas, em alta de 3,9% ou 618,7 mil.

Os dados publicados hoje pelo INE indicam aumentos de dormidas no quadrimestre em 6,4% nos 5-estrelas, que compara com um aumento médio de dormidas em hotéis de 3,3%.

Os hotéis de 5-estrelas somaram assim 1,958 milhões de dormidas nos primeiros quatro meses do ano, o que equivale a 11,7% das dormidas totais em estabelecimentos portugueses.

O segundo maior aumento de dormidas em hotéis foi nos 3-estrelas, com mais 102,4 mil, seguidos pelos 4-estrelas, com mais 88,69 mil, e por fim os 2 e 1-estrela, com mais 28,3 mil.

O aumento médio de dormidas em hotéis foi de 3,3%, para 10,54 milhões, com +6,4% nos 5-estrelas, que somaram 1,958 milhões, +1,8% nos 4-estrelas, que é a categoria com mais peso na oferta, atingindo um total de 5,132 milhões, +4,4% nos 3-estrelas, para 2,417 milhões, e +2,8% nos 2 e 1-estrela, para 1,035 milhões.

O tipo de estabelecimentos com maior aumento de dormidas no quadrimestre foram os alojamentos locais, que o INE define como “estabelecimentos que prestem serviços de alojamento temporário, mediante remuneração, mas que não reúnam os requisitos para serem considerados empreendimentos turísticos”.

O Instituto acrescenta que inclui “as pensões, albergarias, motéis e estalagens anteriormente classificadas como Outros alojamentos turísticos” e que só são incluídos os que têm 10 ou mais camas.

Estes estabelecimentos somaram 2,15 milhões de dormidas no primeiro quadrimestre, superando os hotéis-apartamentos (1,853 milhões), as pousadas e quintas da Madeira (219,8 mil), os apartamentos turísticos (985,9 mil) e os aldeamentos turísticos (567,6 mil).

A informação do INE indica que registaram um aumento de dormidas em 8,3% ou 165,2 mil e especifica que “os estabelecimentos designados como hostel representaram 22,7% das dormidas em alojamento local e 2,9% das dormidas totais, no período acumulado até Abril”.

“As dormidas em hostel concentraram-se principalmente na AM Lisboa (56,0% do total nacional), com destaque para o município de Lisboa (47,6%), e no Norte (23,9%), em particular no município do Porto (17,4%)”, diz a informação do INE que informa ainda que Lisboa e Porto foram os dois municípios com maiores quotas relativas de dormidas no alojamento local, respectivamente com 35,1% e 12,5%).

Já para a hotelaria, “os municípios de Lisboa e Albufeira contribuíram com as maiores quotas, desde o início do ano (22,1% e 11,9%)”.

A informação ainda que a Área Metropolitana de Lisboa concentrou 28,7% das dormidas nos primeiros quatro meses, à frente do Algarve, com 27,6%, e acrescenta que “considerando os estabelecimentos de alojamento local, desde o início do ano, a AM Lisboa representou 42,6% das dormidas, secundada pelo Norte com uma quota de 22,4%”.

 

Para ler mais clique:

Portugal ultrapassa quatro milhões de turistas estrangeiros no primeiro quadrimestre

INE realça ‘efeito Páscoa’ nos resultados da hotelaria portuguesa em Abril

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Alojamento turístico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pestana espera ter metade dos hotéis abertos em Setembro

29-05-2020 (15h15)

O Pestana Hotel Group, que vai reabrir dez hotéis e pousadas no dia 5 de Junho, avançou ao PressTUR esperar ter metade das suas unidades hoteleiras em funcionamento em Setembro.

Hoti Hotéis reabre nove hotéis a 5 de Junho

28-05-2020 (15h11)

O Grupo Hoti Hotéis, que tem 18 unidades hoteleiras em Portugal, anunciou que vai reabrir nove hotéis no dia 5 de Junho e tem previsto abrir mais dois até ao final de Junho.

The Vintage House reabre amanhã, 29 de Maio

28-05-2020 (14h26)

O The Vintage House, em Pinhão no Douro, vai reabrir amanhã, 29 de Maio, com o selo Clean & Safe e dois programa para casais ou famílias.

Stay Hotels retoma actividade a 4 de Junho

28-05-2020 (12h11)

O grupo Stay Hotels vai retomar actividade a 4 de Junho com a reabertura de cinco unidades hoteleiras com o selo Clean & Safe do Turismo de Portugal.

Grupo Água Hotels Spa & Resorts vai reabrir quatro hotéis a partir de Junho

27-05-2020 (16h09)

O Grupo Água Hotels Spa & Resorts vai reabrir quatro das suas cinco unidades hoteleiras em Portugal a partir de 2 de Junho.

Opinião e Análise