Hotéis Bahia Principe no México usam sistema de redes para impedir sargaço nas praias

23-07-2019 (13h47)

A rede hoteleira Bahia Principe instalou um sistema de redes no mar para impedir que o sargaço chegue às praias dos seus hotéis na Riviera Maya, no México, e está a revelar “bons resultados”, segundo descreve.

“Além dos habituais trabalhos de limpeza”, a empresa instalou “uma série de redes, mediante as quais ficaram protegidas todas as praias do nosso complexo”, sublinha uma informação da rede hoteleira, que faz parte do Grupo Piñero, como o operador turístico Soltour.

As redes foram instaladas nas praias do complexo da Bahia Principe na Riviera Maya, que inclui os hotéis Luxury Bahia Principe Akumal, Luxury Bahia Principe Sian Ka`an, Grand Bahia Principe Coba e Grand Bahia Principe Tulum.

A iniciativa implicou a contratação de “uma empresa de serviços marítimos especializada e de tecnologia de ponta”, com objectivo de “eliminar em 95% o impacto da chegada do sargaço às praias”.

“Trata-se de um sistema não invasivo, respeitoso para com a fauna e a flora marinha, que conta com os materiais e tecnologias mais sofisticados, assim como uma equipa multidisciplinar de biólogos marinhos, oceanógrafos, engenheiros e mergulhadores de uma companhia de navegação com mais de 20 anos de experiência em trabalhos de manutenção, logística e serviços marítimos”, descreve o comunicado.

A informação é complementada por quatro imagens que revelam os resultados após 50 dias de trabalho. As imagens, segundo a descrição da rede hoteleira, “mostram os bons resultados obtidos até à data, confiando que estas melhoras sejam mais visíveis ainda nos próximos dias e semanas”.

A iniciativa “enquadra-se no firme compromisso da companhia com a sustentabilidade, formando uma gestão integrada de todos os aspectos que influem num sistema litoral: os ambientais, naturalmente, mas também os sociais”.

A rede hoteleira “conta com o apoio técnico de várias empresas de consultadoria ambiental e engenharia, a participação e colaboração de organismos oficiais e ministérios competentes na matéria de cada um dos países, assim como a participação de várias universidades e da sua Fundação Ecológica Eco-bahia, que ajudarão a avaliar a implantação e efectividade das medidas”.

“Continuamos a trabalhar incansavelmente para que a sua experiência de férias seja inesquecível”, conclui o comunicado.

 

Clique para ver mais: Caraíbas

Clique para ver mais: México

Clique para ver mais: Bahia Principe

Clique para ver mais: Soltour

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Casa das Pipas reabre enoturismo a 1 de Junho

25-05-2020 (13h46)

A Casa das Pipas, em Celeirós do Douro no concelho de Sabrosa, vai voltar a receber hóspedes a partir de 1 de Junho, com a implementação de novas regras sanitárias.

PortoBay Falésia reabre a 9 de Junho com um terço da capacidade

25-05-2020 (13h36)

O Hotel PortoBay Falésia, em Olhos d'Água, no Algarve, vai reabrir no dia 9 de Junho com um terço da capacidade para assegurar "mais espaço nas suas facilidades".

Eco Beach Tent by Billiton integra Green Pearls

25-05-2020 (12h06)

O Eco Beach Tent by Billiton, na ilha de Bilitung na Indonésia, integra a plataforma de comunicação e informação de unidades hoteleiras sustentáveis Green Pearls.

Universidade Europeia organiza hoje webinar "Novos desafios nas cadeias hoteleiras"

22-05-2020 (15h09)

A Universidade Europeia vai organizar hoje o webinar "Novos desafios nas cadeias hoteleiras", com o administrador do Grupo Vila Galé Gonçalo Rebelo de Almeida.

Oásis Atlântico divulga medidas para prevenir a propagação da covid-19 nos seus hotéis

22-05-2020 (11h22)

O grupo português Oásis Atlântico, que tem hotéis em Cabo Verde, Marrocos e Brasil, está a divulgar as medidas que implementou nos seus hotéis para prevenir a propagação da covid-19, incluindo reforço da limpeza e redução de capacidade em restaurantes e bares.

Opinião e Análise