Mês de férias no Brasil ‘dá’ mais 51,7 mil dormidas ao alojamento turístico português

16-09-2019 (14h19)

Gráfico: INE
Gráfico: INE

Apesar das quebras de dormidas de nove dos 16 maiores emissores internacionais, a hotelaria portuguesa acabou Julho com mais 111,6 mil dormidas de turistas residentes no estrangeiros, graças nomeadamente ao aumento de 51,7 mil dormidas de residentes no Brasil, onde o mês de Julho é um dos mais fortes em turismo e viagens.

Dados publicados hoje pelo INE indicam que o alojamento turístico português somou 5,658 milhões de dormidas em Julho, que é um novo recorde para este mês, para o qual contaram principalmente o Brasil, com o maior aumento de todos os principais emissores internacionais, seguido por Espanha, com mais 48,5 mil pernoitas, Irlanda, com mais 30,8 mil, Estados Unidos, com mais 29,8 mil, Itália, com mais 13,6 mil, e China, com mais 7,3 mil, a que o conjunto dos outros emissores não especificados acrescentaram um aumento em 30 mil.

Ainda assim, o maior emissor para a hotelaria portuguesa em Julho manteve-se o Reino Unido, que é o único a ultrapassar o milhão de dormidas, com 1,089 milhões, que correspondem a 19,3% do total de dormidas de residentes no estrangeiro no mês.

Seguiu-se Espanha, com 12,1%, num total de 684 mil, à frente da Alemanha, com 10%, num total de 566 mil, e França, com 8,4%, num total de 472,5 mil.

O Brasil subiu a 5º maior emissor internacional, tendo ultrapassado pela primeira vez a marca de 300 mil pernoitas num mês, com 333,7 mil, equivalendo a 5,9% do total de pernoitas no mês, seguido pelos Estados Unidos, que pelo segundo mês consecutivo ultrapassou também as 300 mil pernoitas, com praticamente 320 mil (5,7% do total).

Depois veio o total de dormidas de residentes na Irlanda, com 294,4 mil (5,2% do total de pernoitas de turistas residentes no estrangeiro), que tal como Brasil e Estados Unidos ultrapassaram os Países Baixos, de onde a hotelaria portuguesa teve 278,2 mil dormidas em Julho, equivalendo a 4,9% do total do mês.

Seguiram-se as dormidas de residentes em Itália, com 3,1% do total de dormidas de residentes no estrangeiro, com 175,1 mil, Bélgica, com 3% (169,5 mil), Polónia, com 2,4% (135,9 mil), Suíça, com 2,2% (124 mil), Canadá, com 1,8% (104,6 mil), Dinamarca, com 1,3% (73 mil), Suécia, com 1% (57,7 mil), e China, também com 1% do total (54,5 mil pernoitas em Julho).

O conjunto de mercados não especificados somou 724,5 mil dormidas em Julho, representando 12,8% do total de dormidas de turistas residentes no estrangeiro neste mês.

A informação do INE permite verificar que em Julho deste ano diminuiu ‘o peso’ dos mercados internacionais nas dormidas no alojamento turístico português, de 69,6% em Julho de 2018 para 69,4% este ano.

Consequentemente, o mercado dos residentes em Portugal foi mais relevante, com um total de 2,49 milhões de pernoitas no alojamento turístico, +2,7% ou mais 65,2 mil que no mês homólogo de 2018.

 

Para ler mais clique:

Maioria dos maiores emissores internacionais faz menos dormidas na hotelaria portuguesa em Julho

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Remodelado Onyria Quinta da Marinha Hotel vai reabrir a 9 de Junho

26-05-2020 (16h49)

O Onyria Quinta da Marinha Hotel foi alvo de um projecto de renovação e rebranding avaliado em 3,5 milhões de euros, e vai reabrir ao público a 9 de Junho com o selo Clean & Safe do Turismo de Portugal.

NAU Hotels & Resorts vai reabrir sete hotéis entre 31 de Maio e 27 de Junho

26-05-2020 (15h09)

A NAU Hotels & Resorts vai reabrir sete unidades hoteleiras desde 31 de Maio até 27 de Junho com a certificação Clean & Safe do Turismo de Portugal e um protocolo interno com medidas de segurança e saúde.

CEO da TUI elogia “clareza” de Espanha sobre reabertura ao turismo

26-05-2020 (10h47)

O CEO da TUI, maior grupo turístico europeu, elogiou a “clareza” de Espanha sobre o início da temporada de férias, por garantir a “milhões de turistas” que podem fazer férias no país.

Casa das Pipas reabre enoturismo a 1 de Junho

25-05-2020 (13h46)

A Casa das Pipas, em Celeirós do Douro no concelho de Sabrosa, vai voltar a receber hóspedes a partir de 1 de Junho, com a implementação de novas regras sanitárias.

PortoBay Falésia reabre a 9 de Junho com um terço da capacidade

25-05-2020 (13h36)

O Hotel PortoBay Falésia, em Olhos d'Água, no Algarve, vai reabrir no dia 9 de Junho com um terço da capacidade para assegurar "mais espaço nas suas facilidades".

Opinião e Análise