Pestana prevê reabrir hotel em Salvador no final do próximo ano

11-12-2019 (18h38)

José Roquette e José Theotónio
José Roquette e José Theotónio

O Grupo Pestana está a trabalhar em projectos de renovação do hotel Pestana Bahia, em Salvador, fechado desde 2016, e prevê reabrir "metade do hotel" no final do próximo ano, avançou hoje José Theotónio, CEO do grupo hoteleiro.

O compromisso com a Prefeitura “é que apresentemos os projectos de arquitectura até Março do próximo ano”, que deverão levar cerca de “três ou quatro meses” a ser aprovados, indicou o executivo em encontro com a imprensa hoje em Lisboa.

Depois disso, começam “as obras para poder reabrir o hotel até ao final do ano”, sublinhou José Theotónio, acrescentando que o hotel tem outras componentes “imobiliárias e até comerciais e também isso terá que ser licenciado nesta fase”.

“Um hotel que esteve fechado dois anos e que está no sítio onde está, com toda aquela maresia, obviamente que tem ali alguma degradação e por isso é preciso adaptá-lo”, pormenorizou (para ler mais clique: Pestana Salvador fecha a seguir ao Carnaval sem previsão de reabertura).

José Theotónio avançou que o grupo está programar, “pelo menos numa primeira fase, reabrir o hotel só com 206 unidades. Ou seja, não reabrir a totalidade. Fazer a renovação de todo o edifício, mas só reabrir com cerca de 206 quartos. Tinha 420. Portanto, reabrir metade do hotel”.

“Se o mercado reagir bem, abrem mais unidades [de alojamento]. Se o mercado ainda não estiver lá, temos que esperar”, disse.

O CEO do grupo Pestana, contudo, indica ter expectativas positivas. “Foram feitos investimentos importantes” em Salvador, designadamente uma nova ala no aeroporto e um novo centro de convenções. Se o centro funcionar bem “o hotel vai ter uma boa vida”, prognostica  José Theotónio.

“O Brasil estava a bater no fundo. Os anos de 2017 e 2018 foram muito maus. Foram anos praticamente de breakeven. Este 2019, começámos a ver a luz ao fundo do túnel, há uma melhoria muito grande”, afirmou o executivo.

José Roquette, chief development officer do grupo Pestana, salientou, por sua vez, que "o mercado de Salvador sempre teve uma componente muito forte de turismo internacional, que caiu muito nos últimos anos e agora parece poder voltar a recomeçar. E sempre foi um destino muito importante de conferências dentro do mercado brasileiro. E perdeu também isso com o tempo. Portanto, [a reabertura do hotel] é um pouco uma aposta neste retomar da economia”.

A imprensa brasileira avançava em meados de Novembro que o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, tinha anunciado a reabertura do hotel Pestana em Salvador enquadrado num programa de incentivos fiscais, com um desconto de 40% no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Ver também:

Receitas do Grupo Pestana sobem para 450 milhões de euros este ano

 

Clique para ver mais: Pestana Hotel Group

Clique para ver mais: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Accor pondera despedir 1.000 trabalhadores em todo o mundo

05-08-2020 (19h02)

O grupo hoteleiro Accor está a ponderar despedir mil trabalhadores em todo o mundo, entre um universo de 18.000, após ter registado um prejuízo de 1.512 milhões de euros no primeiro semestre de 2020.

Novo hotel em Valpaços aposta em spa com com tratamentos à base de azeite

05-08-2020 (13h33)

Valpaços, no distrito de Vila Real, Trás-os-Montes, conta com uma nova unidade hoteleira que, localizada num concelho produtor de azeite de Trás-os-Montes DOP (Denominação de Origem Protegida), tem como diferencial precisamente um spa com tratamentos à base de azeite.

Iberostar aposta no tratamento de dados com soluções da Minsait

04-08-2020 (14h11)

A Minsait, que pertence à Indra, anunciou o fornecimento de uma solução analítica completa concebida para centralizar e gerir todos os dados ao grupo de turismo Iberostar.

Pandemia ‘destruiu’ cerca de 20 milhões de dormidas no alojamento turístico português até Junho

03-08-2020 (14h59)

A pandemia provocou uma quebra de dormidas no alojamento turístico português que se situa na ordem dos 20 milhões, de acordo com os dados divulgados hoje pelo INE, que indica 1,07 milhões de pernoitas no mês de Junho, elevando para 10,5 milhões o total no semestre.

Portugueses proporcionam “ligeira melhoria” em Junho da actividade turística em Portugal

03-08-2020 (11h21)

O mercado dos residentes em Portugal, proporcionou ao turismo um mês de Junho ‘ligeiramente' menos negativo que os anteriores, informou hoje o INE, que indicou que uma queda das suas dormidas no alojamento turístico duas décimas menor que os 60%, enquanto da parte do turismo internacional a queda manteve-se acima dos 95%.

Opinião e Análise