Quebra de dormidas na hotelaria espanhola chega a quase 200 milhões no fim de Setembro

23-10-2020 (16h58)

Barcelona
Barcelona

O fim do Verão trouxe um novo agravamento do impacto da pandemia na hotelaria espanhola, que no mês de Setembro registou uma quebra de pernoitas de turistas residentes no estrangeiro em 93,1%, com quebras do número de turistas em 90,5% e da estada média em 27,9%.

Os dados divulgados hoje pelo INE de Espanha indicam que a hotelaria do país está no fim de Setembro com -71% de dormidas que no período homólogo de 2019, que significam menos 196,7 milhões que há um ano, baixando de 277,3 milhões para 80,5 milhões.

A informação mostra que ‘a parte de leão’ dessa quebra deve-se aos emissores internacionais, cuja quebra de dormidas eleva-se a 143,4 milhões (-79,4%), com realce para menos 38,8 milhões de turistas britânicos (-84,3%), menos 26,7 milhões de alemães (-79,7%), menos 11,1 milhões de franceses (-73,8%), menos 6,6 milhões de italianos (-79,5%), menos 5,6 milhões de holandeses (-77,2%) e menos 5,36 milhões de norte-americanos (-85,7%).

Estas quebras reflectem decréscimos do número de turistas nos hotéis, bem como um decréscimo da estada média em 5,3%.

O mercado doméstico permitiu à hotelaria espanhola atenuar o impacto dessas quebras, mas não anulá-las, já que também regista um decréscimo de hóspedes residentes no país em 52,4% ou 21,6 milhões, para 19,6 milhões e um decréscimo da sua estada média em 6%, para 2,2 noites.

Assim, além da quebra de 143,4 milhões de dormidas de turistas residentes no estrangeiro, a hotelaria espanhola acumula no fim de Setembro um decréscimo das pernoitas de residentes no país em 55,2% ou 53,36 milhões, com a qual a quebra total de dormidas no período sobe para 196,78 milhões (-71%, para 80,53 milhões).

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Meliá anuncia dois hotéis em Nha Trang, no Vietname

03-12-2020 (12h14)

A Meliá Hotels International anunciou os hotéis Gran Meliá Nha Trang e Meliá Nha Trang, em Nha Trang, no Vietname, que têm inauguração prevista para 2023.

Dormidas de portugueses subiram em Outubro no Algarve com a Fórmula 1

02-12-2020 (15h46)

O Algarve conseguiu a única variação positiva de dormidas no alojamento turístico português durante o mês de Outubro, nas pernoitas de turistas residentes em Portugal, que o INE atribui à realização do Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, que se disputou no Autódromo do Algarve, em Portimão, no final do mês.

Holanda foi a ‘boa surpresa’ em Outubro para o alojamento turístico português

02-12-2020 (15h06)

A Holanda foi a excepção mais inesperada em Outubro às quebras de dormidas no alojamento turístico português, ao registar o menor decréscimo relativo de todos os principais emissores, de acordo com a estimativa rápida divulgada pelo INE.

Hilton anuncia novos hotéis em Cascais, Gaia e São Miguel

02-12-2020 (13h04)

A Hilton anunciou que vai abrir mais três hotéis em Portugal até 2023, em Cascais, Vila Nova de Gaia e em São Miguel, nos Açores, com as suas marcas Hilton, Curio Collection e DoubleTree.

Bairro Alto Hotel volta a encerrar temporariamente devido à pandemia

27-11-2020 (09h08)

O Bairro Alto Hotel voltou a encerrar temporariamente, justificando a decisão com “as sucessivas renovações do Estado de Emergência e as novas medidas de contenção e prevenção, cada vez mais restritivas, impostas pelo Governo português”.

Opinião e Análise