Quebras no alojamento turístico atenuaram-se em Julho para a ordem dos 40%

14-09-2021 (15h05)

As quebras de dormidas, de proveitos e de rendimento médio por quarto disponível (RevPAR) no alojamento turístico em Portugal face a 2019, pré-pandemia, atenuaram-se para a ordem dos 40% em Julho, segundo os dados divulgados hoje pelo INE.

O alojamento turístico português somou 4,5 milhões de dormidas em Julho, menos 45% que no mês homólogo de 2019, o que corresponde a uma redução significativa face à quebra de 68,1% que tinha registado em Julho do ano passado.

Os dados mostram que os estabelecimentos de alojamento turístico somaram em Julho 296,9 milhões de euros de proveitos totais e 223,4 milhões de euros de proveitos de aposento, menos 44,5% e menos 46,7% que em Julho de 2019, respectivamente. Em Julho de 2020, as quebras dos proveitos totais e dos proveitos de aposento atingiram 70,5%.

Já a quebra do rendimento médio por quarto disponível (RevPAR) face a Julho de 2019, antes da pandemia, atenuou-se de 63% em 2020 para 42% este ano.

Os dados indicam que o RevPAR situou-se em 40,4 euros em Julho deste ano, que compara com 70 euros em Julho de 2019, antes da pandemia, e 25,9 euros em Julho do ano passado.

Ver também:

Dormidas de residentes em Portugal superam nível pré-pandemia pela primeira vez

 

Clique para ver mais: Alojamento turístico português

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Presidente do Grupo Minor, Dillip Rajakarier, espera um "grande salto" na procura turística

26-10-2021 (15h26)

Portugal está a “abrir caminho” na recuperação turística e deverá registar um “grande salto” na procura devido ao alívio das restrições e à ampla cobertura vacinal contra a covid-19, disse hoje o presidente executivo do grupo tailandês Minor.

Hotéis de Espanha tiveram em Setembro quase metade dos turistas estrangeiros pré-pandemia

25-10-2021 (14h16)

Já com 75,6% da oferta a funcionar, a hotelaria espanhola esteve em Setembro com menos 25,4% de turistas, pelo decréscimo de não residentes em 47,2%, que o ‘magro' aumento do mercado doméstico em 2,8% não chegou para compensar.

Grupos hoteleiros espanhóis planeiam investir 500 milhões de euros na República Dominicana até 2024

25-10-2021 (10h49)

Os 16 grupos hoteleiros espanhóis que integram a Inverotel, associação de investidores espanhóis no turismo das Caraíbas, planeiam investir 498 milhões de euros na República Dominicana até 2024.

Pandemia atira novos projectos da Hoti Hotéis para 2028

20-10-2021 (15h29)

A Hoti Hotéis concentrou os seus esforços durante a pandemia em renovações das unidades hoteleiras, conseguindo subidas de preço médio, mas viu-se obrigada a adiar a abertura de novos hotéis, que, segundo o CEO do Grupo, aguardam a “reabertura gradual do mercado de financiamento”, e deverão ser inaugurados até 2028.

Pestana abre hotel em Tânger a 4 de Novembro

18-10-2021 (17h13)

O Pestana Hotel Group anunciou hoje que o seu novo Pestana Tânger City Center Hotel Suites & Apartments vai abrir em soft opening no dia 4 de Novembro, um 4-estrelas com 120 suites e apartamentos T1 e T2.

Opinião e Análise