SABIR ganha concurso para transformar Quinta do Paço de Valverde em hotel

16-10-2020 (11h05)

A Universidade de Évora assina hoje com a empresa SABIR Investimentos o contrato de concessão da Quinta do Paço de Valverde, no âmbito do Programa Revive, para a transformação do imóvel numa unidade hoteleira.

“O conjunto patrimonial da Quinta do Paço de Valverde, com construção do início do século XVI e classificado como imóvel de interesse público, está integrado no Polo da Mitra” da Universidade de Évora, a alguns quilómetros da sede de concelho, explicou ontem a academia alentejana.

Com uma área bruta de construção de quase 7.500 metros quadrados, o imóvel será reconvertido numa unidade hoteleira pela empresa SABIR Investimentos, que ganhou o concurso público de concessão no âmbito do Programa Revive, acrescentou.

A cerimónia de assinatura do contrato está marcada para as 15h30 de hoje, mas é antecedida por uma visita à propriedade, uma hora antes, orientada por Filipe Themudo Barata, professor do Departamento de História da Universidade de Évora.

Na sessão, estão previstas as intervenções da reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e da diretora da SABIR Investimentos, Shahenaz Sadruin Ibrahim Ali.

“A iniciativa, que decorrerá em conformidade com as recomendações de segurança da Direção-Geral da Saúde (DGS), contará ainda de alguns representantes dos organismos regionais envolvidos”, acrescentou a academia alentejana.

Segundo a Universidade de Évora, a propriedade já foi alvo de obras de recuperação, que incidiram nas capelas de S. João do Deserto, de S. Teotónio e das Penhas, e, recentemente, “recebeu financiamento para a reabilitação dos sistemas hidráulicos e a consolidação dos muros e pavimentos”, no âmbito do Programa Valorizar, dinamizado pelo Turismo de Portugal.

A quinta possui um paço episcopal, de inícios do século XVI, que serviu de local de descanso para os membros da diocese, tendo, posteriormente, sido aí fundado um convento de frades capuchos, cuja comunidade se instalou em 1517.

Na altura do lançamento do concurso público, foi divulgado que, da área a concessionar, faz parte um conjunto patrimonial constituído pela Quinta do Paço de Valverde, Capela e Claustro da Mitra, mata, várias pequenas capelas, jardim de Jericó e lago, aqueduto, sistema hídrico e horta, entre outras valências.

Após a extinção das ordens religiosas, em 1834, ficou na posse do Estado, que aí instalou um Posto Agrário, mais tarde Escola Prática de Agricultura e, depois, a Escola de Regentes Agrícolas, agregada, até hoje, à Universidade de Évora.

O Programa Revive é uma iniciativa conjunta dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças, com a colaboração das autarquias e a coordenação do Turismo de Portugal. A iniciativa abre o património imobiliário público ao investimento privado, através da concessão da sua exploração, por concurso público, para o desenvolvimento de projectos turísticos que preservem e valorizem a identidade histórica, cultural e social do país.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

AM + PM investe 5,6 milhões de euros para reabilitar Forte da Barra de Aveiro para fins turísticos

28-10-2020 (15h12)

A AM + PM ganhou a concessão por 50 anos do Forte da Barra de Aveiro, em Ílhavo, através do Programa Revive, e vai investir 5,6 milhões de euros na sua reabilitação para fins turísticos.

Hoti Hotéis assina acordo amanhã para transformar Palacete dos Condes Dias Garcia em hotel

28-10-2020 (14h54)

A Hoti Hotéis assina amanhã o acordo para transformar o Palacete dos Condes Dias Garcia, em São João da Madeira, num hotel de 4-estrelas, com um investimento de cerca de quatro milhões de euros.

Iberostar oferece testes à covid-19 e estada prolongada a hóspedes dos seus hotéis nas Caraíbas e Brasil

27-10-2020 (16h30)

A Iberostar Hotels & Resorts lançou para o mercado o “Travel at Ease”, um programa para cobrir as despesas relacionadas com a covid-19 que os seus hóspedes possam ter na República Dominicana, Jamaica, México e Brasil.

Hilton escolhe o Porto para estrear a marca Tapestry Collection em Portugal

27-10-2020 (11h35)

A Hilton vai estrear a sua marca de hotéis de luxo Tapestry Collection em Portugal no início do próximo Verão, com o Sé Catedral Hotel Porto, uma unidade com 77 quartos, bar e restaurante.

Resolução que limita deslocações entre concelhos não isenta reservas prévias em hotéis

27-10-2020 (10h17)

O diploma que limita deslocações entre concelhos de 30 de Outubro a 3 de Novembro não isenta as deslocações de pessoas com reservas em hotéis realizadas antes do anúncio da medida, embora inclua excepções como idas a espectáculos em concelhos limítrofes ao da residência habitual.

Opinião e Análise