Vila Galé desiste de resort na Bahia criticado por estar em potencial reserva indígena

18-11-2019 (19h52)

Foto: Vila Galé
Foto: Vila Galé

O grupo hoteleiro português Vila Galé anunciou que vai abandonar o projecto do resort Vila Galé Costa do Cacau, na Bahia, que tem sido criticado por estar num local de potencial reserva indígena.

"Não é de nosso interesse que um hotel resort Vila Galé nasça com a iminência de um clima de guerra, ainda que injusta e sem fundamento, como são exemplo as ameaças proferidas na embaixada de Portugal em Brasília e algumas declarações falsas, dramáticas e catastróficas que deveriam envergonhar quem as profere", sublinha o grupo num comunicado.

O grupo hoteleiro português diz que "tem vindo a ser alvo de «ataques» por alguns que abraçam causas mediáticas, só aparentemente justas, e usam de falsidades, sem sequer procurarem minimamente obter a verdade dos factos".

A Vila Galé recorda que em Abril de 2017 "foi convidada pelo Governo da Bahia e Prefeitura de Una para realizar um investimento num mega resort para ajudar ao desenvolvimento da região de Una, tendo sido estabelecida uma parceria com a empresa proprietária dos terrenos".

A empresa garante que realizou todos os estudos e projectos, que foram "aprovados pelas autoridades competentes", e que, "ao longo de todo esse tempo, não surgiu qualquer reclamação ou reivindicação, apesar de ser pública e notória em toda a região a notícia do projecto".

"No local e num raio de muitos quilómetros não havia nem há qualquer tipo de ocupação/utilização, nem sinais de qualquer actividade extrativista por parte de quem quer que seja", sublinha a Vila Gale, acrescentando que "não existe qualquer reserva indígena decretada para esta área, nem previsão de a vir a ser".

"Passaram três mandatos governamentais anteriores, com vários ministros da Justiça e nenhum deles aprovou a demarcação das terras indígenas", assegura a empresa hoteleira.

"Entretanto, tratando-se de um tema delicado que suscita estados emocionais por parte de alguns sectores, fomos acusados de falsidades inconsistentes e graves", acrescenta.

A Vila Galé revela então que vai ser forçada a "abandonar este projecto", "apesar de os projectos estarem aprovados e terem o apoio explícito da Prefeitura de Una, do Governo Estadual da Bahia e dos órgãos de Turismo do Governo Federal, por se tratar de uma obra de maior relevância económica e social", acusando ainda "alguns poucos sem razão prejudicarem toda uma população que se vê privada da oportunidade de ter emprego num projecto de prestígio".

O portal de jornalismo de investigação "The Intercept" avançou em finais de Outubro que a Fundação Nacional do Índio (Funai) tinha recebido, em Julho, um pedido do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) - órgão vinculado ao Ministério do Turismo do Brasil - para encerrar o processo de demarcação de uma reserva indígena no Sul da Bahia, para a construção do hotel de luxo (clique para ler: Embratur quer viabilizar resort Vila Galé em reserva indígena no Sul da Bahia).

Em resposta no dia 29 de Outubro, o grupo Vila Galé declarou num comunicado de imprensa que "não existem indígenas" no local onde pretende instalar um hotel (clique para ler: Vila Galé garante que "não existem indígenas" no local onde quer instalar hotel no Sul da Bahia).

 

Clique para ver mais: Vila Galé

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Neya Lisboa Hotel distinguido com um Energy Globe Award

03-07-2020 (18h47)

O Neya Lisboa Hotel, a primeira unidade do grupo Neya Hotels, foi distinguido com um Energy Globe Award, que destaca "projectos inovadores no sector da eficiência energética, energias renováveis e conservação de recursos em prol do ambiente".

Vila Galé anuncia novidades nas zonas exteriores dos seus hotéis

03-07-2020 (16h54)

O Grupo Vila Galé, de acordo com o programa anual de renovações dos seus hotéis, tem novidades em zonas exteriores de alguns dos seus hotéis, incluindo um novo lounge com espreguiçadeiras e sofá no Vila Galé Ericeira.

Meliá reabre hotéis no Norte de Espanha e na Comunidade Valenciana

02-07-2020 (19h29)

A Meliá Hotels International anunciou a reabertura de seis hotéis no Norte de Espanha e dez hotéis na Comunidade Valenciana.

Dom Pedro Madeira reabre a 16 de Julho

02-07-2020 (19h07)

O 4-estrelas Dom Pedro Madeira Ocean Beach Hotel, situado na costa leste da ilha da Madeira, a 5 minutos do Aeroporto Internacional da Madeira, vai reabrir a 16 de Julho com o selo Clean & Safe do Turismo de Portugal.

Bruxelas lança processo de infração a Portugal pelos ‘vouchers’ para reembolsos de clientes

02-07-2020 (13h19)

A Comissão Europeia decidiu hoje lançar processos de infração contra Portugal e outros nove Estados-membros por violação das leis comunitárias sobre direitos dos passageiros ao admitir vouchers para reembolsar clientes por viagens não efectuadas devido à pandemia de covid-19.

Opinião e Análise