Lufthansa vai reduzir a sua frota em mais aeronaves que o previsto

22-09-2020 (13h23)

Foto: Lufthansa
Foto: Lufthansa

O grupo aéreo Lufthansa anunciou que vai eliminar mais empregos e reduzir em 150 aviões a dimensão da sua frota, ao invés dos 100 previstos, porque a recuperação após a paralisação causada pela pandemia "tem sido mais lenta do que esperado".

A Lufthansa indicou que quer reduzir a sua frota, que tem um total de 763 aviões, em 150 aparelhos até 2025, quando até agora previa prescindir de 100 aviões.

A companhia, que perde actualmente cerca de 500 milhões de euros por mês, considerou que a redução da sua frota vai levar a "um aumento" de postos de trabalho "excedentários", depois de já ter anunciado que pretendia eliminar 22 mil empregos.

A Lufthansa não revelou o número exacto de empregos suplementares que podem vir a ser eliminados, tendo referido apenas que quer alcançar acordos para limitar o número de despedimentos, em particular através de trabalho a tempo parcial com cortes salariais.

"Os números de reservas e de passageiros têm baixado de novo com o fim do período de viagens" de verão, indicou a Lufthansa em comunicado.

No quarto trimestre, o grupo Lufthansa, que detém a Swiss, Austrian Airlines e a Brussels Airlines, espera agora que a oferta represente entre 20% e 30% do nível que tinha na mesma altura do ano passado, quando inicialmente apontava para 50%.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Fitur adiada para 19 a 23 de Maio de 2021

19-10-2020 (17h25)

A próxima Feira Internacional de Turismo de Madrid (Fitur) realiza-se de 19 a 23 de Maio de 2021, em vez de finais de Janeiro, como inicialmente previsto.

França destrona Reino Unido e ascende a primeiro emissor para Portugal

19-10-2020 (15h34)

Em tempos de pandemia, França ascendeu à liderança dos emissores para Portugal, com os gastos dos seus residentes a atingirem 33,1% do total de receitas turísticas portuguesas no mês de Agosto e 21% no conjunto dos primeiros oito meses do ano.

NAV Portugal geriu menos 60,4% movimentos no 3º trimestre

19-10-2020 (15h20)

O prestador de serviços de navegação no espaço aéreo português geriu 89,701 movimentos no terceiro trimestre de 2020 , menos 60,4% que no período homólogo de 2019, mas quase mais 500% que no segundo trimestre deste ano.

Hyatt vai abrir um hotel nos antigos escritórios do BPI na Baixa de Lisboa

19-10-2020 (14h09)

A norte-americana Hyatt, que tem mais de 900 hotéis em 65 países, anunciou planos para abrir o primeiro hotel da marca Andaz em Lisboa, que ocupará cinco edifícios na Baixa da cidade, incluindo os antigos escritórios do BPI.

Receitas turísticas portuguesas tiveram em Agosto a maior queda do ano

19-10-2020 (13h45)

Os gastos de turistas estrangeiros em Portugal, que são contabilizados pelo banco central como receitas turísticas, tiveram em Agosto a maior queda do ano, tendo ficado 1.564,09 milhões de euros abaixo do mês homólogo de 2019.

Opinião e Análise