MSC Seashore traz novidades em relação aos navios da sua classe

19-02-2021 (18h54)

Imagem: MSC Cruzeiros
Imagem: MSC Cruzeiros

A MSC Cruzeiros vai inaugurar o seu maior navio, o MSC Seashore, em Agosto, a primeira embarcação da subclasse Seaside EVO, que traz novidades em relação aos navios da classe Seaside.

O MSC Seashore, desenhado para climas quentes e para promover o contacto com o mar, dispõe de vastas áreas exteriores, sendo que "65% das áreas públicas foram reimaginadas para criar algo verdadeiramente único para os nossos hóspedes", afirmou o executive chairman da MSC Cruzeiros, Pierfrancesco Vago, citado em comunicado.

Vago particularizou ainda o novo design da popa, que permitiu a criação do Cabaret Rouge, um lounge com dois decks que oferece vista panorâmica sobre o mar, e ainda o novo design da área dos cinco restaurantes de especialidade, o "Chef's Court no deck 8", que também proporciona vista para o exterior.

A zona de buffet também dispõe de uma nova área para refeições ao ar livre, na popa, bem como um Sky Bar, no topo do navio. O Top 19 Solarium vai estar disponível para os hóspedes com pacote Aurea.

Ao todo, o MSC Seashore vai dispôr de 13.000 metros quadrados de área exterior, com uma promenade, que no total conta com 540 metros, uma ponte de vidro sobre o deck 16, 22 metros acima da infinity pool no deck 8, e elevadores panorâmicos na popa.

O executive chairman da companhia também salientou as seis piscinas da embarcação, que contam com um novo design e incluem "uma impressionante e alargada piscina magrodome de dois decks e uma incrível infinity pool na popa".

A infinity pool, que se prolonga até ao final da popa, dispõe de uma parede de vidro, que oferece vista para o mar. O navio também tem duas banheiras de hidromassagem com 20 lugares voltados para o mar, e uma Jungle Pool com tecto retráctil.

O Seashore dispõe ainda da Long Island Pool, no deck 18, que conta com uma ilha com chafariz 360 graus, uma área lounge dentro de água e um parque aquático.

"Continuamos a inovar não só em termos do nosso design e da experiência dos hóspedes, mas também com o nosso uso de tecnologia de ponta", continuou Pierfrancesco Vago, salientando que o "MSC Seashore vai ser o primeiro navio de cruzeiros do mundo a ter o novo sistema de sanitização de ar desenvolvido pela Fincantieri".

O sistema Safe Air permite a eliminação de 99% de vírus e bactérias através do recurso a lâmpadas UV-C.

O navio vai contar com "tecnologia ambiental de última geração com melhorias na eficiência energética, os mais recentes sistemas para reduzir emissões de gases, bem como um avançado sistema de tratamento de águas residuais com padrões de purificação mais elevados que a maioria das estações de tratamento de água em terra", concluiu.

No que diz respeito ao MSC Yacht Club, este vai ser o maior da frota, com 3.000 metros quadrados, abrangendo quatro decks conectados por escadarias Swarovski.

Os clientes do MSC Yacht Club têm acesso a uma experiência premium com tudo incluído, comodidades privadas, serviço de mordomo 24h, acesso ao Top Sail Lounge e a um restaurante gourmet privado.

O sundeck, com 2.000 metros quadrados, com piscina privativa e uma nova banheira de hidromassagem com oito lugares também está disponível.

Esta zona conta com 131 suites de cinco categorias, incluindo as duas Owner's Suites, que dispõem de uma área de 98 metros quadrados, varanda privativa com banheira de hidromassagem, sala de estar e de jantar separadas, e uma parede de vidro panorâmica.

O navio, depois da sua inauguração vai fazer a sua primeira temporada no Mediterrâneo, com escala em Génova, Nápoles e Messina, em Itália, La Valetta, em Malta, Barcelona, em Espanha, e Marselha, em França, antes de seguir para os Estados Unidos, onde vai fazer cruzeiros à saída de Miami.

A partir de Novembro de 2021, o navio vai fazer itinerários nas Caraíbas Orientais e Ocidentais, e nas Bahamas, com escalas na ilha privada da companhia, a Ocean Cay MSC Marine Reserve.

Clique para ver mais: Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Air France KLM diz que em Junho verificou os primeiros sinais “visíveis” de recuperação das reservas de voos

30-07-2021 (15h31)

O grupo Air France KLM, terceiro maior da aviação na Europa, informou hoje que considera que em Junho, pela primeira vez desde o início da pandemia do covid-19, foram “visíveis” os sinais de recuperação das reservas de voos.

Turismo de Portugal abre 13 centros para promover “capacitação digital”

30-07-2021 (15h25)

O Turismo de Portugal anunciou hoje a abertura de 13 centros “EUSOUDIGITAL”, com o objectivo de “promover a capacitação digital dos portugueses e em particular do sector turístico”, segundo um comunicado.

Reino Unido voltou em Junho a ser o maior emissor turístico para o alojamento turístico português

30-07-2021 (14h58)

As dormidas de turistas britânicos no alojamento turístico português acentuaram a recuperação em Junho, mês em que representaram 9,4% das pernoitas de estrangeiros, quando um ano antes não passavam de 1,2%.

Pandemia de covid-19 ‘bate’ mais fortemente nas três maiores regiões turísticas portuguesas

30-07-2021 (14h30)

Lisboa, Algarve e Madeira, as três maiores regiões turísticas portuguesas, são as que têm este primeiro semestre de 2021 as quebras mais fortes de dormidas no alojamento turístico em relação ao período homólogo de 2019, pré-pandemia.

Ryanair prolonga ligações entre Faro e Newcastle para o Inverno

30-07-2021 (13h18)

A Ryanair anunciou que vai manter durante o Inverno as suas ligações entre Faro, no Algarve, e Newcastle, em Inglaterra, com dois voos por semana.

Opinião e Análise