Operadores portugueses fazem balanço positivo das vendas para Cuba

16-10-2018 (17h47)

A avaliação dos operadores turísticos Sonhando, Solférias, Jolidey e Travelplan às vendas de Cuba este ano é positiva, disseram ao PressTUR os seus representantes ontem em Lisboa, corroborando aos números mais recentes das chegadas de portugueses à ilha, que indicam um crescimento de 13% entre Janeiro e Setembro.

Cuba, conforme o PressTUR noticiou ontem, recebeu até ao final de Setembro 25.592 turistas portugueses, mais 2.950 que nos primeiros nove meses de 2017 (clique para ler: Cuba recebeu mais de 25 mil turistas portugueses até Setembro).

“Continuamos a crescer. Estamos cada vez mais a vender não só no Verão, mas no ano inteiro”, disse João Cruz, da Solférias, que falava ao PressTUR durante o workshop “Autêntica Cuba”, uma iniciativa do Ministério de Turismo de Cuba (clique para ler: Workshop Autêntica Cuba começa segunda-feira em Lisboa).

Fora do período de Verão, época em que a programação é baseada sobretudo nos charters de Lisboa para Varadero e Cayo Coco, a Solférias está a comercializar “outros destinos, como Cayo Santa Maria, que não conseguimos encaixar no charter” e Trinidad, “que [os portugueses] vão descobrindo cada vez mais por causa dos circuitos”.

Os programas fora do Verão têm “uma estada média maior, de nove, dez ou onze noites”, salientou João Cruz, acrescentando que a estratégia do operador passa por procurar vender mais outros destinos como “Holguín, Guardalavaca e Santiago de Cuba”, o que dependerá da melhoria da operação dos voos internos.

A Solférias prevê fechar o ano com cerca de 1.800 clientes em Cuba, mais cerca de 8% que em 2017, ano em que a passagem do furacão Irma pelas Caraíbas obrigou ao cancelamento de algumas partidas de voos charter de Lisboa para Cuba.

O volume de facturação com os programas para Cuba, que é o 6º destino da Solférias em vendas, deverá ficar 15% acima de 2017, indicou João Cruz, que assinalou que “as pessoas estão a ficar em hotéis de melhor qualidade e a ficar mais tempo no destino”.

Paulo Paulos, do operador turístico Sonhando, por sua vez, salientou que “Cuba aguentou firme” este ano face ao aparecimento de “muitas ofertas” e novos destinos este Verão.

“Continua a ser o destino nº1 para a Sonhando”, disse Paulo Paulos, acrescentando que, porém, o número de clientes não deverá superar o do ano passado

Para Júlio Silva, da Travelplan, o balanço das vendas para Cuba este Verão é “muito positivo, continua a ser o nosso destino nº1”.

A sua previsão é fechar as vendas deste ano para Cuba nos mesmos valores que o ano passado, embora tenha expectativa de uma melhoria com a programação de Inverno em voos regulares da Air Europa, companhia de aviação que integra o mesmo grupo da Travelplan, a Globalia.

“Ao contrário dos anos anteriores, não tivemos que baixar muito o preço e conseguimos encher antecipadamente a operação para Cuba, que este ano praticamente foi a 100%”, afirmou Nuno Fouto, do operador turístico Jolidey, salientando também o impacto dos furacões em 2017.

“No ano passado fomos obrigados a cancelar, devido aos furacões, três ou quatro rotações [da operação charter]. Este ano felizmente não aconteceu. Então terminamos acima do ano passado em termos de número de passageiros”, disse Nuno Fouto, acrescentando que o preço médio por cliente também foi mais elevado este ano.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Cuba

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Jet2.com programa 45 voos por semana de oito cidades britânicas para Faro em Agosto

14-07-2020 (16h42)

A low cost britânica Jet2.com, do Dart Group, de que fazem parte também o operador Jet2holidays tem programados 45 voos por semana de oito cidades britânicas para Faro, com preços desde 40 euros em Agosto, bem como outros oito para o Funchal, de sete origens no Reino Unido.

Dom Pedro Vilamoura reabre a 1 de Agosto

14-07-2020 (16h20)

O 4-estrelas Dom Pedro Vilamoura vai reabrir a 1 de Agosto com o selo Clean & Safe, concluindo as reaberturas das unidades do Grupo Dom Pedro no Algarve.

American Airlines programa retoma dos voos Filadélfia – Lisboa para 27 de Março

14-07-2020 (15h47)

A American Airlines, maior companhia de aviação do mundo que interrompeu os voos de/para Lisboa devido à pandemia de covid-19, tem programado retomar as ligações entre o seu hub de Filadélfia e a capital portuguesa no início do Verão IATA 2021.

Breeze Airways de David Neeleman adia início das operações para 2021

14-07-2020 (15h32)

A Breeze Airways, fundada por David Neeleman e que tinha previsto começar a voar em finais de 2020, adiou o início das operações para 2021.

Emirates prevê despedimento de 15% dos seus funcionários

13-07-2020 (16h52)

A Emirates, que já cortou 10% dos seus postos de trabalho, cerca de 6.000 funcionários, planeia despedir até 9.000 trabalhadores, que representam 15% do número de empregados antes da pandemia, afirmou o presidente da companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos (EAU).

Opinião e Análise